in , , , , ,

4 dicas para aumentar suas vendas

4 dicas para aumentar suas vendas

O setor de vendas é muito importante para um empreendimento. Por meio dessa etapa é que são gerados os rendimentos e também se firma o negócio no mercado.

Contudo, muito mais que entregar o produto para um cliente, a venda é um sistema complexo.

Repleto de estratégias e caminhos que possibilitam uma experiência inesquecível para os consumidores, essa ação precisa ser pensada como uma oportunidade de fidelizá-lo e, assim, gerar ainda mais vendas, tornando-a um hábito para o consumidor.

Para levar esse processo a ser mais assertivo, é necessário que a empresa possua uma área voltada especialmente para essa questão.

Neste caso, estamos falando do departamento de vendas, que cuidará de todas as etapas do gerenciamento da receita. 

A importância do departamento de vendas 

Formado por profissionais que possuem experiência e estudos voltados para a venda, a formação dessa repartição é essencial para que pontos positivos e negativos sejam identificados, de forma que possam ajudar no desenvolvimento de estratégias.

Além disso, ter especialistas voltados somente para essa questão acaba evitando o desencontro de informações, tomada de decisões incorretas, falhas e até mesmo que o negócio declare falência.

Graduados ou estudantes de algumas área que podem integrar o departamento de vendas são:

  • Administração;
  • Engenharia de produção;
  • Marketing;
  • Gestão comercial;
  • Tecnólogo em vendas.

Contar com pessoas desses setores ou de áreas afins torna o processo de troca mais fácil, pois criam caminhos para que os vendedores passem até chegar no cliente e entregar a ele o que tanto procura.

Este caminho é feito de comunicação, capacitações, discursos motivacionais, análise do mercado e do público-alvo, além de ações mais específicas, como o desenvolvimento de condições especiais, ou seja, a famosa promoção.

O setor também ficará atento a datas importantes do ano, principalmente aquelas que aquecem o mercado com uma maior procura de produtos, como o Natal, Ano Novo, Dia das Mães e tantas outras presentes no calendário.

Dessa forma, seja com o objetivo de vender livros, eletrodomésticos ou janela com esquadria de alumínio, o departamento de vendas proporcionará um ambiente mais favorável para que esse consumo ocorra de forma satisfatória para ambos os lados.

Afinal, essa sensação de sucesso precisa atingir tanto a empresa quanto o cliente, principalmente ao considerar que fidelizar um consumidor é essencial para atingir novas pessoas e manter uma receita fixa para o empreendimento. 

Sobre a fidelização do cliente 

Vamos supor que uma empresa não consiga manter a venda constante para os seus consumidores. Ou seja, sempre há o surgimento de novos clientes, mas eles não compram de maneira recorrente.

Esse problema é muito comum em todos os negócios, pois existe a percepção de que a venda precisa acontecer de forma rápida, de modo que o produto, como pratos prontos hospitalar, sejam logo passados para a frente e o dinheiro se faça presente no caixa.

Mas é um erro que pode custar muito caro para o negócio, já que quando um consumidor não volta para adquirir novamente um produto, especialmente aqueles que precisam ser consumidos com um certo período de tempo, significa que ele não gostou da experiência.

Não ter uma experiência agradável, que gera encantamento, leva a uma não divulgação da empresa. Isso porque o cliente poderá repassar para amigos, família, colegas de trabalho ou até mesmo publicar na internet a experiência que obteve com o empreendimento.

Sobre a fidelização do cliente 

Por isso, é importante investir em estratégias que façam esse cliente se tornar fixo. Ou seja, um serviço como o de lavagem de sofá a domicilio deve ser feito a cada seis meses no móvel do consumidor, assim, estratégias para lembrá-lo precisam ser criadas.

Nesse caso, o departamento de vendas, na etapa conhecida como pós-venda, poderá enviar mensagens perguntando como foi a experiência do cliente, questionar se ele precisa de algo, se o produto ainda está como ele gosta e também lembrá-lo da próxima lavagem.

Antes disso, caso esteja de acordo com o plano traçado pelo setor, também há a possibilidade de já deixar agendado com o cliente o serviço que ocorrerá no próximo semestre.

Essa tática pode ser aplicada a diversos negócios, como um que vende esquadrias de pvc sob medida, consultas dermatológicas, venda de marmitas congeladas, e assim por diante.

Mas não é apenas dessa forma que se fideliza um cliente. Há também outros passos muito importantes que precisam ser colocados em prática para que essa fidelização seja completa e ainda mais intensa.

Conhecer o consumidor, buscar a opinião dele sobre o serviço, oferecer um atendimento humanizado e ágil, além de criar um programa de recompensas, são mecanismos que sempre marcam presença na lista de estratégias de fidelização.

Isso porque essas ações fazem o cliente se sentir ouvido, especial e até mesmo ver vantagem em consumir os produtos do empreendimento, principalmente quando há a entrega de brindes, como presentes e descontos.

Dessa forma, apostar tanto no setor de vendas quanto em técnicas que gerem uma experiência especial no consumidor produz grandes benefícios para a companhia, e os que mais geram destaque são:

  • Reduz o custo de aquisição de clientes;
  • Receita fixa;
  • Diminui as chances de cancelamento;
  • Gera marketing.

Com isso, ter esses dois campos dentro do negócio possibilita um maior desempenho da marca, um crescimento favorável no mercado e também maior rentabilidade, já que as vendas se tornarão maiores e mais frequentes. 

O marketing e as vendas 

Para conquistar novos clientes e expandir ainda mais o negócio, existe uma área focada em estratégias comunicativas que impactam o mercado: é o famoso e popular marketing.

É por meio dele que as equipes de vendas pensam em maneiras de divulgar o produto ou serviço, com o objetivo de alcançar uma maior proporção do público-alvo.

Para isso, são utilizadas as redes sociais, como o tráfego pago e também influenciadores digitais, que com a criação de conteúdo conseguem passar para os seus seguidores as informações sobre o produto de forma mais natural e que gere influência.

A divulgação também pode ocorrer por meio do marketing tradicional. Nesse contexto, um serviço torno de repuxo pode ser divulgado em outdoors, propagandas na televisão, rádio, jornais e revistas.

Há empresas que apostam na junção desses dois tipos de divulgação, pois conhecendo os seus clientes, sabem que eles consomem ambos os tipos de conteúdos.

Ademais, para que o marketing seja benéfico para as vendas, é preciso que tanto os vendedores quanto aqueles que desenvolvem as estratégias estejam alinhados sobre o que desejam atingir. Assim, é crucial que os dois grupos saibam:

  • Quais são as suas metas;
  • Compartilhem os dados adquiridos;
  • Façam reuniões semanais;
  • Analisem as métricas.

Quando há essa comunicação bilateral, as chances das estratégias funcionarem e as vendas crescerem tornam-se ainda maiores, posto que cada grupo sabe quais são as dores que precisam ser atingidas. 

Formas de otimizar as vendas

Existem vários meios de impulsionar as vendas de um negócio. Além dos itens citados acima, como a criação de um departamento específico, estratégias de fidelização e marketing, também há outros meios para conquistar esse sucesso.

Cada tópico que será esclarecido a seguir, quando trabalhados em conjunto, promovem a otimização da troca entre empresa e cliente. 

Formas de otimizar as vendas

1 – Impulsionamento de anúncios

Ligado diretamente ao marketing, o impulsionamento de postagens e anúncios é benéfico para empresa, pois cria uma autoridade no mundo digital e, quando bem desenvolvido, também pode passar para o mundo concreto.

A criação de conteúdo contribui muito para gerar no público desejo e também segurança com o produto que está sendo vendido.

Ou seja, um corrimão de inox para banheiro pode ser divulgado por meio do impulsionamento.

Seja através de e-mail marketing, vídeo nas redes sociais sobre as vantagens do produto ou anúncios nos navegadores e plataformas de vídeo, como o YouTube.

2 – Estratégia de preço

Ter uma noção de quanto cobrar pelo produto ou serviço é fundamental para se destacar no mercado.

Porém, essa estratégia não se resume apenas no desenvolvimento de promoções, mas também na implementação do upsell e cross sell.

Essas duas técnicas consistem em o vendedor oferecer ao consumidor os produtos mais caros de uma forma natural, mostrando outros serviços do empreendimento.

3 – Recuperação de clientes  

Trazer de volta os clientes que se afastaram é essencial para gerar mais receita e também divulgação.

Logo, se o seu negócio que oferece serviços, como o de aluguel de furadeira de impacto, apresentou uma baixa de consumidores, há sempre uma solução.

Para resgatar esse público, pode-se criar programas promocionais, enviar mensagens ou convidá-los para pequenas experiências especiais.

4 – Programa de vantagens

O acúmulo de pontos a cada vez que uma pessoa compra o produto ou paga pelo serviço estimula um maior consumo e, dessa forma, aumenta o rendimento. Além disso, o consumidor se sentirá “preso” a esse benefício.

Por exemplo, a cortina romana sob medida é um produto que está sendo vendido. Se o comprador indicar mais dois amigos para essa empresa, ele ganha algum presente ou desconto na próxima aquisição.

Considerações finais

Apostar em uma boa estratégia de vendas é um investimento que gera muitos benefícios, especialmente para a receita do empreendimento, que se expandirá.

Além disso, faz com que a empresa se torne referência no mercado e atinja outros setores e público, o que gera benefícios não só para o campo das vendas, mas também para outras áreas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Por que a conservação de alimentos é tão importante

Por que a conservação de alimentos é tão importante?

A importância da contabilidade nas empresas

A importância da contabilidade nas empresas