in ,

5 curiosidades sobre a aromaterapia 

5 curiosidades sobre a aromaterapia 

Você conhece a técnica de aromaterapia e seu poder de atuação na saúde física e psicológica? Muitas pessoas já utilizaram essa técnica visando uma melhoria na saúde, mesmo sem conhecer sua denominação. 

Não é uma técnica recente, mas, cada vez mais vem ganhando seu espaço no mercado e principalmente como uma forma de tratamento, visando o fator de ser mais natural, menos agressivo e mais saudável.  

A aromaterapia é uma técnica que se assemelha a manifestação e relação das plantas para com a sua polinização. Ou seja, é um método que faz referência e tem como base a aromatização. 

Mesmo que seja algo natural, é sempre importante fazer um acompanhamento ou mesmo solicitar a orientação de um profissional ou especialista na área de aromaterapia, pois assim como possui uma influência positiva, se trabalhado incorretamente pode ser um exagero, gerando resultados além do esperado.

Mas, tecnicamente, o que é aromaterapia? 

O que significa o termo aromaterapia? 

O método de utilização da aromaterapia, trata-se de uma técnica natural que a partir do uso de aromas encontrados em óleos essenciais (óleo hidrófobo que contém compostos químicos) que por sua vez são extraídos de plantas; seus  nutrientes, compostos, matérias, substâncias e mecanismos irão agir como um  estimulante em diferentes áreas do cérebro. 

Cada óleo essencial é extraído de uma planta, flor, fruto, semente e folhagem diferente, então por sua vez, atuam direcionadas cada uma para uma finalidade no cérebro. Para isso, cada tratamento possui um óleo essencial destinado para.  

Em quais tratamentos a aromaterapia pode ser utilizada? 

Os tratamentos que a aromaterapia oferece podem variar de acordo com o tipo de óleo essencial utilizado, ou seja, cada óleo possui uma função, uma atuação no corpo. 

A aromaterapia pode ser utilizada para:

  • bem estar psicológico;
  • bem estar físico;
  • para hidratação potente da pele;
  • como um anti-inflamatório;
  • antisséptico;
  • como melhora no aspecto da pele;
  • para dermatites, entre outras muitas funções.

Tudo depende da necessidade do indivíduo e se possível, da indicação de um profissional.

Qual o método de utilização da aromaterapia e seus óleos essenciais é mais comum? 

O método mais comum de utilização da aromaterapia e seus óleos essenciais, é a técnica inalação do aroma do óleo essencial, seja por um inalador profissional ou por cordões individuais (sempre com apenas de 2 a 3 gotas do óleo).

Qual o método de utilização da aromaterapia e seus óleos essenciais é mais comum? 

A inalação do aroma do óleo irá fazer um caminho das narinas para os neurônios olfatórios, iniciando sua atuação. 

Um método bastante utilizado também é aplicação do óleo como massagens terapêuticas, principalmente como um curativo no local de necessidade de aplicação, sempre em uma quantidade e intervalo de tempo indicados por um profissional. Visando sempre o cuidado e a cautela.  

5 curiosidades sobre a aromaterapia

1. O tratamento de aromaterapia transfere diretamente todos os nutrientes e benefícios da flora, para o indivíduo. Sendo um tratamento que visa resultado natural.

2. Os óleos essenciais utilizados na aromaterapia podem tratar transtornos psicológicos como a ansiedade.

3. A utilização do óleo essencial da aromaterapia, pode atuar como um  benefício para o crescimento saudável do cabelo.

4. A aromaterapia a partir da utilização do óleo essencial de lavanda, pode  atuar como um repelente de insetos, bactericida e diurético.

5. A inalação dos óleos (a aromaterapia) atua diretamente das narinas para os neurónios, resultado imediato.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

E-mail marketing como ele pode impulsionar suas vendas

E-mail marketing: como ele pode impulsionar suas vendas?

O que acontece se o bebê não dormir de dia

A importância das sonecas e quando acontecem as transições+