in , ,

7 dicas para empreender nas redes sociais

7 dicas para empreender nas redes sociais

O conceito de empreender mudou muito depois que a internet se tornou parte do nosso dia a dia. Ela trouxe até nós canais que mudaram a maneira como nos relacionamos, consumimos e nos informamos.

Dentre as plataformas digitais que mais se destacam estão as redes sociais. Por meio delas, os usuários podem manter contato com pessoas do mundo todo.

Ainda, podem saber mais sobre seus artistas preferidos e se comunicar com empresas de qualquer tipo de segmento. São redes que influenciam a maneira como os usuários vivem, o que compram, para onde vão, dentre outras particularidades.

As redes sociais conquistaram as pessoas e, por conta disso, as empresas também precisam estar lá. Essas plataformas aumentam o alcance da marca e alavancam as estratégias de marketing digital.

Qualquer tipo de organização pode fazer parte delas, independentemente de seu segmento e tamanho, tanto para se relacionar e interagir com o público-alvo, quanto para vender.

As vendas por meio das redes sociais estão crescendo a cada dia, o que traz para as empresas mais um canal para aumentar seus lucros.

No entanto, para obter bons resultados com as redes sociais, é necessário saber como empreender nessas plataformas, e é sobre isso que vamos falar neste artigo. Por isso, continue a leitura!

A importância das redes sociais para os negócios

As redes sociais se transformaram em um dos principais canais para as marcas que desejam se conectar com seus clientes.

Elas estão presentes na rotina das pessoas, e o acesso a elas se intensificou depois da popularização dos dispositivos móveis, como os tablets e os smartphones.

Elas também podem ser acessadas por um notebook novo, portanto, os usuários passaram a ter um lugar especial para interagir com as empresas. Estas, por sua vez, têm acesso a muitas vantagens, como:

  • Compartilhar sua visão;
  • Obter informação em tempo real;
  • Personalizar a comunicação;
  • Realizar vendas;
  • Segmentar seu público.

Essas plataformas funcionam como uma vitrine virtual, onde é possível compartilhar a visão do negócio, seu propósito e no que acredita.

Também são excelentes ferramentas para obter dados e estatísticas em tempo real acerca da eficiência da comunicação, além de saber o que as pessoas pensam sobre o seu negócio.

Dessa forma, a organização pode investir em melhorias contínuas em suas estratégias de marketing, para obter resultados mais satisfatórios.

As redes sociais ainda permitem que a marca estabeleça uma comunicação personalizada com o público. Isso é possível graças a um contato próximo com os seguidores, que traz informações valiosas sobre eles.

Assim como uma empresa que aluga barraquinha de comida festa infantil consegue se relacionar com seu público-alvo nos eventos, ela pode usar essas plataformas como canais de venda.

Contudo, é importante entender que esse tipo de ação só funciona com os usuários que seguem a página do negócio, visto que são pessoas que já conhecem um pouco mais a marca.

Quando a companhia publica ou impulsiona sua publicação, consegue direcioná-la para uma audiência apropriada, que se mostra mais engajada e relevante.

Então, todos os esforços, como tempo e dinheiro, trazem mais retorno, uma vez que são direcionados a quem realmente tem afinidade com os produtos e serviços.

Todas as possibilidades fizeram com que as redes sociais crescessem muito e se tornassem um ótimo espaço para os empreendedores, mas é preciso saber empreender nelas.

Como empreender nas redes sociais?

Para empreender nas redes sociais e obter ótimos retornos, é necessário investir em algumas estratégias. Entre as mais eficazes, podemos mencionar:

Como empreender nas redes sociais?

1. Estabeleça uma (ou mais) personas

Saber quem é seu público-alvo é importante, mas de dentro dele, podemos retirar algumas características semelhantes que formam a sua persona.

A persona é um personagem que representa o perfil de cliente ideal de um pet shop de banho e tosa delivery ou de qualquer outro tipo de negócio. Esse personagem tem nome, idade, gênero, profissão, escolaridade, estado civil, necessidades, desejos e objetivos.

Com base nessas informações, as ações da sua empresa nas redes sociais serão mais bem-sucedidas. Para criar a sua persona, você pode fazer pesquisas entre seus clientes e, assim, reunir dados compatíveis entre eles.

2. Conhecer cada plataforma

Existem diferentes redes sociais usadas pelas pessoas e empresas, como o Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube.

O Facebook é a maior de todas e conta com bilhões de usuários ao redor do mundo. Nele, é possível publicar fotos, vídeos, compartilhar postagens do seu blog, interagir com os usuários, entre outras possibilidades.

Já o Instagram é uma rede social visual, ou seja, um nutricionista esportivo pode publicar fotos, vídeos e interagir com os seguidores por meio de outras funcionalidades como os Stories ou Reels.

O Twitter é um espaço para compartilhar pensamentos e ideias em formato de textos e imagens com até 280 caracteres.

Entretanto, o LinkedIn é uma plataforma voltada para a interação entre profissionais e empresas, como um grande networking. Nele, o usuário preenche informações profissionais e pode ser muito vantajoso para empresas B2B.

Por fim, o YouTube é a maior plataforma de streaming gratuita do mundo, onde as marcas podem criar canais para divulgar conteúdos em formato de vídeo, e veicular propagandas pagas.

3. Faça um planejamento e crie um calendário de postagens

Agora que você já sabe como funciona cada rede social, reúna-se com sua equipe em uma sala comercial por hora e decida qual ou quais delas vai usar para empreender.

Feito isso, defina quais são as metas do seu negócio nessas plataformas. Elas precisam ser mensuráveis, atingíveis, relevantes e ter um tempo estimado para realização.

É importante criar um calendário e incluir datas comemorativas, períodos de promoção e outras informações relevantes para os compartilhamentos.

Além disso, crie um calendário para organizar as publicações, mantendo um ritmo adequado, que não lote o perfil ou o deixe abandonado por muito tempo.

Se você se propôs a publicar todos os dias, uma vez ao dia, siga esse fluxo, visto que dessa forma os seguidores saberão que o perfil está ativo e a empresa funciona de maneira organizada.

4. Cuidar bem das imagens

As imagens são fundamentais para as redes sociais, principalmente se a sua empresa for trabalhar mais com redes sociais como o Instagram.

Invista em fotografias de qualidade, principalmente quando elas forem mostrar seu produto ou serviço. Por exemplo, uma loja de massas congeladas não pode publicar fotos dos produtos embalados.

Para atrair o cliente, é interessante preparar um dos pratos com bastante capricho e tirar fotos bonitas e de qualidade. Além disso, gifs, memes, gráficos, banner informativo e vídeos são muito bem-vindos.

5. Investir em conteúdo

Os materiais relevantes fazem parte de uma das estratégias mais importantes do marketing digital: o marketing de conteúdo.

Trata-se da criação de materiais ricos e que gerem valor para o público-alvo, com o objetivo de atrair as pessoas para o seu negócio.

Para criar seus conteúdos, descubra quais são os assuntos que interessam à sua audiência. Por exemplo, se você tem uma loja de cosméticos, pode criar postagens com dicas de maquiagem, cuidados com a pele, dentre outros.

Todos os materiais devem estar sempre atualizados, assim como as informações referentes ao negócio.

Nesse caso, uma fabricante de adesivo lacre de segurança precisa manter seus dados, como endereço, telefone e horário de atendimento em dia.

6. Interagir é fundamental

Não basta postar conteúdos e achar que é o suficiente. É necessário interagir com os seguidores quando eles comentam nas publicações.

Não se relacionar com as pessoas nessas plataformas causa impressão de desleixo ou de que seu negócio não está disposto a falar com elas.

Para se ter uma ideia da importância dessa interação, cerca de 80% dos usuários esperam que a marca responda em até 24 horas.

Além dessa rapidez, é importante mostrar o seu conhecimento e manter o bom humor, mesmo quando o comentário é uma crítica ou uma reclamação.

6. Interagir é fundamental

7. Monitorar os resultados

Toda empresa, como uma montadora de stand para evento deve monitorar os resultados de suas ações nas redes sociais, assim como faz com outras estratégias de marketing.

Veja como está o número de cliques, o alcance das postagens, o horário da publicação, a qualidade do conteúdo, entre outras informações similares.

Ao identificar algo que não está funcionando bem, faça os ajustes necessários para que o seu negócio obtenha resultados cada vez melhores.

Conclusão

As redes sociais vieram para ficar, e mesmo que elas mudem com o passar do tempo, tirando ou colocando novas funcionalidades, é inegável a presença delas no cotidiano das pessoas.

São os melhores canais digitais hoje para interagir com o público e estar sempre perto dos consumidores. Não importa qual seja o seu mercado de atuação, se não estiver nas redes sociais, pode perder boas oportunidades de negócio.

Neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre esses sites e de que forma eles podem ajudar a sua empresa. Com as dicas que demos aqui, certamente você vai empreender e crescer em seu mercado de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quiropraxia entenda mais sobre

Quiropraxia: entenda mais sobre

Cursos que auxiliam ao profissional de venda de carros

Cursos que auxiliam ao profissional de venda de carros