in , ,

Técnicas para administrar suas finanças

Técnicas para administrar suas finanças

Cuidar bem das próprias finanças é fundamental ao longo de toda a vida, e deve ser aprendido desde a infância. 

Mas, mesmo diante dessa necessidade, guardar dinheiro não faz parte da cultura do brasileiro.

É por isso que o Brasil é um dos países que possui os maiores índices de endividamento e tantas pessoas são inseridas nos órgãos de proteção ao crédito.

A falta de organização financeira pode prejudicar severamente o orçamento pessoal impedir que a pessoa realize seus planos e sonhos.

Os impactos são vivenciados no dia a dia, mas ainda mais sentidos quando o indivíduo se vê impossibilitado de concretizar seus objetivos, como comprar um carro, fazer uma viagem, investir em um imóvel próprio, dentre outros.

Isso gera sentimento de frustração e cria um ciclo vicioso que se repete ao longo da vida, e o arrependimento começa a aparecer.

A boa notícia é que existe uma solução simples para isso, inclusive para quem ganha apenas um salário.

A organização financeira pode mudar a realidade de uma pessoa e é sobre isso que vamos falar aqui.

Você vai entender a importância de administrar bem suas finanças, aprender algumas técnicas e conhecer seus benefícios.

Importância de administrar bem as finanças

Saber lidar com o dinheiro é muito importante para fazer o salário durar o mês todo, mesmo durante períodos de crise. 

Apesar de driblar a inflação ser uma tarefa árdua para muitos brasileiros, mesmo assim, é possível dar conta do recado.

Muito além de pagar as contas, comprar os itens necessários para o dia a dia, poupar e investir, também é importante compreender como usar melhor o próprio dinheiro, e o nome disso é administração financeira.

Uma pessoa que pretende fazer abertura de empresa Eireli precisa de organização financeira assim como quem quer comprar um carro ou simplesmente viver uma vida sem se preocupar com dinheiro.

Uma boa gestão requer a compreensão da importância das finanças pessoais, pois o salário vai render o suficiente para pagar as despesas fixas, ter acesso a lazer e tirar alguns planos do papel.

As pessoas precisam ter controle e anotar tudo o que entra e sai do orçamento, incluindo as contas fixas, variáveis e gastos inesperados.

Quem vive com outras pessoas precisa conscientizá-las a respeito desses gastos para que todos caminhem na realização de um projeto de vida.

Muitos sonham acordado e acreditam que projetos como uma viagem Internacional só são possíveis para quem tem muito dinheiro, mas na verdade, conhecer e controlar a própria finança é tudo o que você precisa fazer para chegar lá.

Contar com uma consultoria financeira pode ajudar se a situação estiver muito bagunçada, mas colocar em uma planilha desde o aluguel até o cafezinho que você toma na padaria de manhã pode fazer toda a diferença no seu bolso.

É uma maneira de visualizar os gastos que você pode cortar, despesas que podem ser adequadas e substituídas, dentre outras práticas que vão melhorar sua realidade.

A tecnologia é uma aliada nesse processo, pois existem inúmeros aplicativos que auxiliam no planejamento financeiro, organizando o orçamento de várias maneiras, gerenciando contas bancárias e organizando os gastos por categorias.

Por falar nisso, no próximo tópico, vamos dar algumas dicas para você administrar melhor suas finanças.

Importância de administrar bem as finanças

Dicas para administrar melhor as finanças

Algumas estratégias, embora simples, ajudam de maneira eficiente a administrar melhor o próprio dinheiro, e dentre as mais eficazes estão:

Gastar menos que o salário

Essa regra é válida para qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. Tanto é que não faltam histórias de pessoas que já tiveram muito dinheiro, mas que simplesmente quebraram por gastar mais do que ganhavam.

Não se trata de um truque, mas sim de uma realidade, pois você deve viver um padrão de vida correspondente à sua renda isso a realidade.

Por exemplo, uma pessoa que ganha 2 mil por mês, não pode ter despesas superiores a 1400. O valor que sobra deve ser poupado ou usado em investimentos.

Se o indivíduo tem um objetivo, como realizar tratamentos capilares, gastar menos do que ganha é ainda mais importante.

Se você tem um pouco mais de dificuldade em se controlar, ao pagar as contas, todo o dinheiro que sobrar deve ser colocado em uma poupança e ficar longe do seu alcance.

Atente-se a armadilhas

O consumidor brasileiro se vê diante de tantas oportunidades que é praticamente impossível resistir a elas. Quantas propagandas de produtos você já viu hoje e quantos deles você gostaria de comprar?

Além dos gastos por impulso, fazer empréstimos, usar o cheque especial ou entrar em um financiamento pode prejudicar a saúde financeira da sua casa.

Procure driblar essas situações pensando no seu planejamento financeiro e nos problemas que elas podem trazer.

Uma pessoa que está seguindo uma dieta e precisa comprar marmita fit para semana, se começar a agir por impulso pode prejudicar até mesmo a dieta.

Procure não dar atenção a todas as propagandas e anúncios que você vê, e quando for comprar alguma coisa, é interessante negociar para tentar um desconto.

Registrar todos os gastos

Um aplicativo ou planilha podem se tornar verdadeiras ferramentas para acompanhar de perto suas finanças e controlar melhor o dinheiro. 

Registre todas as suas despesas fixas e variáveis, como:

  • Aluguel;
  • Água;
  • Luz;
  • Internet;
  • Cartão de crédito;
  • Alimentação;
  • Transporte.

Ao fazer esse registro, é possível analisar as movimentações por categoria e visualizar quais são os gastos que estão extrapolando o seu orçamento.

Fazer uma reserva financeira

Algumas pessoas acreditam que pagar as contas em dia e sobrar dinheiro para comer é o suficiente, mas isso não é verdade.

Fazer uma reserva é fundamental para arcar com os gastos anuais, como IPTU, IPVA, material escolar, dentre outras despesas comuns em certas épocas do ano.

Some todas elas e divida por 12 para saber a quantia que precisa reservar todos os meses, e assim ter dinheiro para arcar com outras despesas importantes, como tratamentos para impotência.

Seguir essas dicas pode mudar a realidade das suas finanças e trazer muitos benefícios para o seu bolso.

Benefícios de cuidar bem das finanças

Benefícios de cuidar bem das finanças

Controlar bem as suas finanças traz muitos benefícios que são sentidos em curto, médio e longo prazos, e dentre os que mais se destacam estão:

Reduz o estresse ea ansiedade

A falta de dinheiro pode fazer qualquer pessoa ter crises de estresse e ansiedade, e o que determina se você vai passar por isso ou não é a maneira como administra seus recursos financeiros.

Para tirar férias em estadias em Campos do Jordão, trocar de carro ou simplesmente não se estressar, a melhor coisa é ter controle sobre as finanças.

Ao ver que a situação está sob controle, ninguém fica ansioso ou com sentimento negativo, e existem até mesmo pesquisas relacionadas a esse assunto.

Uma delas foi realizada pelo SPC (Serviço Nacional de Proteção ao Crédito) mostrou que 69% das pessoas inadimplentes se sentem mais ansiosas ao contrair dívidas.

De acordo com o mesmo levantamento, o endividamento é responsável pelo estresse em 64% dos consumidores, que se sentem culpados, com baixa autoestima e angustiados por não conseguirem pagar suas contas.

Ajuda a realizar sonhos

O planejamento financeiro ajuda a economizar e a poupar dinheiro, 2 atitudes que fazem o capital crescer ao longo do tempo. E quem tem dinheiro guardado consegue realizar seus sonhos e alcançar seus objetivos.

Por exemplo, uma pessoa que deseja fazer um tour pela Europa precisa dispor de uma boa quantia, e para quem está endividado, esse sonho pode parecer impossível, mas não é.

Outro exemplo é quem quer reformar a casa e precisa contratar serviços de reforma em geral

Tudo isso requer organização financeira, e ao administrar bem suas finanças, é possível alcançar qualquer meta.

Melhora a relação com o dinheiro

Lembrando que precisamos comprar coisas no dia a dia, mas o consumo não deve ser uma válvula de escape para preencher momentos de ansiedade ou até mesmo de alegria.

Para algumas pessoas, qualquer coisa é desculpa para gastar dinheiro, mas isso vai prejudicar as finanças ao longo do tempo.

Ter controle sobre atitudes impulsivas faz do dinheiro um aliado e não um inimigo, é por isso que algumas empresas preferem investir em serviços administrativos terceirizados que sabem cuidar melhor de suas finanças.

Considerações finais

Sendo assim, o planejamento financeiro é essencial, mesmo que você não tenha nenhum planejamento ou um objetivo estabelecido no momento.

Só de poder respirar aliviada no fim do mês já é uma grande coisa, além disso, quanto mais você controla suas finanças, menos precisa trabalhar.

Seguindo nossas dicas, você vai cuidar melhor do seu bolso e evitar o estresse e a dor de cabeça que a falta de dinheiro pode trazer.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comece administrar seu tempo e veja os benefícios

Comece administrar seu tempo e veja os benefícios

Como criar um plano de negócios

Como criar um plano de negócios?