in , ,

A importância da alimentação saudável para crianças

A importância da alimentação saudável para crianças

A época de crescimento precisa de uma série de cuidados. Por isso, pensar em alimentação saudável para crianças é um importante passo, principalmente para manter uma vida mais leve e com mais bem-estar.

Essa primeira etapa da vida é uma fase onde tudo é um aprendizado, e as crianças passam por muitas transformações. Por isso, quando fazemos essas mudanças acontecerem de forma natural e saudável, melhores serão os resultados a longo prazo.

Nesse ponto, é importante frisar que a alimentação é parte importante do dia a dia. O que comemos impacta diretamente em todas as nossas atividades, desde o funcionamento do corpo até energia e disposição.

Algumas atividades especiais, como academia para crianças, demandam energia e um controle maior da alimentação, tornando essencial o conhecimento neste tema, principalmente para conseguir bons resultados desde pequeno.

Por isso, é importante ter um cuidado direcionado à alimentação desde o início da vida. Quanto mais saudável for a alimentação de uma criança, melhor será o desenvolvimento dela.

Inclusive, a infância é uma fase de desenvolvimento. Isso significa que as crianças ainda estão descobrindo o mundo ao seu redor, ou seja, estão mais propensas a aprender e experimentar novas possibilidades. Por isso, esta fase é muito importante para a criação de uma rotina saudável.

Para ajudar no processo, você pode criar um banner colorido com diversos tipos de alimentos, criando uma atividade lúdica que dê pontos para alimentos mais saudáveis. Isso certamente fará a criança se interessar em experimentar.

Lembre-se, a criança ainda está numa fase de adaptação, e é quando você deve buscar incentivar e inserir alimentos saudáveis na rotina dela.

Isso porque na infância é quando nosso corpo absorve a maior quantidade de nutrientes, provenientes da alimentação. Por isso, opte por alimentos nutritivos e variados. Além disso, a criança está criando seu paladar, então o incentivo de verduras e frutas é ideal.

Ao criar um hábito alimentar em uma criança, as chances de que isso passe para a vida dela é grande, criando um adulto que não terá problemas em se alimentar corretamente e receber os benefícios de uma boa dieta.

Assim, esta é uma das fases mais importantes da vida, então ter saúde é primordial. Os bons hábitos alimentares permitem que a criança tenha mais disposição para se divertir, praticar esportes, estudar e, claro, para viver.

Outra ideia de incentivo para uma alimentação saudável, são alguns brinquedos infláveis personalizados, eles podem ter o formato dos alimentos ricos em proteínas, deixando toda a fase da alimentação mais lúdica e simples para o pequeno.

Alimentos que não podem faltar

Entre os principais nutrientes que uma criança precisa, como os carboidratos, proteínas e vitaminas, existem alimentos variados que servem como catalisadores, garantindo uma boa nutrição através da alimentação.

Dentre os alimentos disponíveis, alguns são essenciais na dieta de qualquer criança, e fazem muito bem para a saúde dos pequenos. Sendo eles:

Ovos

O ovo é um alimento muito nutritivo, uma ótima fonte de proteína e de gorduras. Tanto a clara quanto a gema possuem nutrientes importantes para o desenvolvimento de uma criança, como a albumina e vitaminas A, D e K.

Uma escola de recreação infantil é um excelente lugar para começar a apresentar alimentos como o ovo, uma vez que a refeição que será fornecida é a mesma para todos os alunos. Isso acaba incentivando as crianças a experimentarem.

O ovo também é rico em colina, um nutriente que ajuda na transmissão de impulsos nervosos, sendo um importante elemento para o desenvolvimento estrutural do cérebro.

Arroz e feijão

Uma das misturas mais tradicionais da culinária brasileira, o arroz com feijão é importante para a saúde em qualquer idade. Na infância, então, é essencial. Isso porque ambos se misturam perfeitamente, suprindo as ausências de proteína um do outro.

Além disso, os grãos trazem algumas características únicas e essenciais. O arroz, por exemplo, é uma ótima fonte de energia, enquanto o feijão apresenta proteína e fibra.

Arroz e feijão

Anote o roteiro de alimentação dos pequenos em uma agenda personalizada com nome, lembrando sempre de incluir essa mistura tão tradicional e necessária para um bom desenvolvimento.

Mesmo quando você mistura estes dois itens com outros elementos, como leguminosos, isso ainda ajuda a diminuir a velocidade de absorção dos carboidratos, tornando a alimentação mais saudável.

Banana

A banana é uma das frutas mais bem aceitas pelas crianças, uma vez que seu sabor doce e a textura são agradáveis e de fácil absorção. Além disso, ela traz uma série de benefícios para a saúde.

Isso porque a banana é rica em:

  • Magnésio;
  • Potássio;
  • Complexo B;
  • Triptofano.

Estes elementos ajudam em uma série de fatores, como a saúde dos ossos, músculos, sistemas nervoso e cardiovascular, bem como ajudam a manter o bom humor. Para crianças, cujos ossos e músculos ainda estão em constante desenvolvimento, é um alimento ideal.

Caso você utilize os serviços de um fornecedor de refeições coletivas, verifique a possibilidade de incluir bananas na refeição, uma vez que são muito boas para crianças em fase de desenvolvimento.

Além disso, são responsáveis por ativar a atenção, sendo um excelente alimento para ser consumido antes de estudar ou de ir para a escola.

Abacate

O abacate é uma fruta que foi pouco aceita durante um bom tempo, em grande parte por sua grande quantidade de gorduras. Entretanto, é justamente neste ponto que está sua grande vantagem.

As gorduras do abacate são ricas e essenciais para desenvolver o sistema nervoso central de um bebê, além de controlar o nível de colesterol. 

As gorduras presentes na fruta são similares às encontradas em oleaginosas e azeites, sendo uma excelente opção de alimentação.

Para fazer a adaptação para os pequenos, é possível misturar o abacate com outras frutas, como bananas e mangas, criando assim uma vitamina. 

Laranjas

A laranja é tradicionalmente conhecida por ser uma excelente fonte de vitamina C. Além de auxiliar com gripes e resfriados, essa vitamina é fundamental para a formação dos ossos e do colágeno, além de melhorar a cicatrização e ajudar a absorver ferro.

Entretanto, essa não é a única vantagem da fruta. O bagaço da laranja é uma boa fonte de fibras, ajudando na sensação de estar saciado e alimentando as bactérias boas do intestino.

A alimentação saudável, com consumo de frutas como a laranja é fundamental, uma vez que nem sempre você poderá levar o pequeno ao médico, caso ele adoeça por falta de vitaminas. Mas mesmo que você conte com um médico ao domicílio, ainda é necessário o consumo da fruta.

Outras frutas cítricas também possuem essa combinação e podem ser usadas como alternativas, como é o caso da mexerica, limão, abacaxi, maracujá, entre outros.

Cenoura

Este alimento é um coringa na alimentação das crianças. Isso porque ele pode ser servido de várias formas, nas refeições, cozido ou até mesmo cru, como um petisco. A cor laranja da cenoura se dá ao fato do alimento ser rico em carotenóides.

Esses nutrientes são potentes antioxidantes, ajudando principalmente na saúde dos olhos e da pele. Além disso, a cenoura também é rica em fibras e potássio, e por ter um gosto adocicado, costuma ser aceita pelas crianças com mais facilidade.

Brócolis

O brócolis é um alimento essencial, mas nem sempre bem aceito, inicialmente. Isso porque as crianças costumam estranhar a textura e o gosto. Entretanto, vale a pena investir no alimento por conta da quantidade de benefícios que ele oferece.

Para incentivar a alimentação, uma boa ideia é apelar para o lado lúdico do brócolis. Seu formato em flor permite preparações diferentes e divertidas, com novas formas e desenhos que podem atrair a atenção da criança.

Além disso, ele pode ser preparado com outros alimentos que já façam parte do paladar da criança, para que o costume comece a ser feito.

Brócolis

Oleaginosas

As oleaginosas são um grupo de alimentos, muitas vezes, oferecidos de uma vez. Tratam-se de castanhas, nozes e sementes, que podem servir como um lanche rápido ou podem ser misturados na alimentação tradicional.

Esses alimentos são ricos em ácidos graxos insaturados, e possuem alta concentração de óleos essenciais para o desenvolvimento, como o ômega 3. Eles são excelentes fontes de energia, principalmente para os pequenos.

Eles também costumam ser gostosos e crocantes, facilitando a inserção na alimentação. Entretanto, é preciso tomar cuidado com alguns produtos prontos, pois eles possuem grandes quantidades de sódio, o que pode acabar prejudicando a experiência.

Uma das vantagens das oleaginosas é que até mesmo em um buffet para aniversário infantil elas podem ser usadas, tornando-se um snack saudável para a festa. Ou seja, a alimentação saudável continua até em momentos de lazer.

Considerações finais

Não existe uma fórmula perfeita de como alimentar as crianças para evitar problemas no futuro. Entretanto, uma alimentação saudável pode ser a base para toda uma vida mais regrada e sem problemas crônicos de saúde.

Portanto, investir na alimentação saudável durante essa fase de desenvolvimento, acaba criando hábitos bons e resultados que serão vistos ao longo de toda a vida das crianças.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas para cuidar bem do seu carro

Dicas para cuidar bem do seu carro

O que é e para que serve o adestramento de cães

O que é e para que serve o adestramento de cães