in , ,

Chef de cozinha: por onde começar na profissão?

Chef de cozinha por onde começar na profissão

Então você quer ser chefe de cozinha, não é mesmo? Ótima escolha! A profissão de chefe de cozinha – também conhecida como chef de cuisine – está em ascensão nos dias de hoje. Um dos motivos disso é a grande popularidade da profissão, a qual está aparecendo cada vez mais nas mídias, com programas de televisão próprios e até personagens famosas posando em anúncios por aí.

A história dos chefs começou em 1990 aqui no Brasil, quando vários profissionais de gastronomia da França desembarcaram em nosso território. De fato, a presença deles transformou nossos conceitos de comida e cozinha, os quais nos influenciam até hoje – não me diga que nunca ouviu alguém falar “tompero” na tv?

Antes de continuarmos nosso papo gastronomístico, precisamos confessar uma cosia: a profissão de chef de cuisine é bem mais difícil – e menos glamourosa – do que parece. Ela envolve dedicação, estudo, trabalho duro e muito suor. Então vamos aprender mais sobre essa área de atuação magnífica:

O que faz um chef de cuisine?

O chefe de cozinha tem um papel muito importante no restaurante: ele comanda a cozinha e tudo o que acontece nela. Dessa forma, um chef está sempre preocupado com o preparo dos pratos, a limpeza do ambiente, a qualidade da comida e até mesmo os sentimentos de seus ajudantes. 

Além disso, uma de suas responsabilidades é dar um toque especial nos pratos, assim como desenvolver receitas novas. Para realizar esta tarefa, não basta jogar qualquer coisa no prato e esperar que seus clientes gostem: é preciso entender sobre a harmonia e combinações complexas de sabores.

Por fim, fica sob a responsabilidade do chef de cuisine selecionar os melhores ingredientes para os pratos, rotacionar o cardápio, manter uma estética agradável, organizar os pedidos e designar tarefas. Ufa! Quanta coisa. Imagina só o trabalhão que deve ser gerenciar uma cozinha com vários funcionários e centenas de pedidos.

O que faz um chef de cuisine

Como iniciar a carreira?

Comece a cozinhar. É isso aí, não tem muito segredo: se você quer ser um chefe de cozinha, procure ganhar experiência nessa área. Além disso, quanto mais pratos fizer, melhor será sua habilidade de cozinhar e isso é imprescindível para quem quer trabalhar em uma cozinha. Não precisa ser nada extraordinário no começo – apenas não matar sua família intoxicada já está valendo.

Quando você dominar o básico, como acertar a textura da gema do ovo frito de acordo com o desejado, dominar o ponto da carne e fazer um arroz inesquecível, já estará na frente de muita gente que faz curso superior em gastronomia. De fato, para formar um bom chef de cuisine, é necessário muita experiência na função, algo que só  as aulas teóricas não podem oferecer.

Já sei cozinhar, e agora?

Agora que você já sabe algumas coisas na cozinha, é hora de procurar cultivar soft skills – habilidades que vão além da culinária em si. Como seu objetivo é ser um chefe de cozinha, você precisa praticar liderança e comando. Uma forma de fazer isso é colocar familiares e amigos para te ajudar no preparo de pratos.

Mesmo que essas pessoas não entendam nada de culinária, é seu dever fazer com que os pratos saiam saborosos – na medida do possível, claro. Esse desafio vai te tirar da sua zona de conforto e fará com que tenha a experiência de comandar uma equipe. Assim, você vai sentir na pele o que um chef de cuisine passa no dia a dia e vai desenvolver algumas habilidades essenciais para a profissão.

Quando te colocarem para gerenciar a cozinha de um restaurante, com funcionários experientes e qualificados, com certeza essa experiência de gerenciar “leigos” será um diferencial em sua atuação. Afinal de contas, trabalhar com profissionais é bem mais fácil do que com pessoas sem experiência na função.

Já sei cozinhar, e agora

Como se destacar na cozinha?

A melhor maneira para se destacar nessa profissão é aprendendo cada vez mais sobre pratos, culinária de diferentes culturas e técnicas secretas de cozinha. É importante entender sobre alimentos low carb, hipercalóricos, veggie, e assim por diante. Assim, para agilizar seu processo de aprendizado, o melhor a ser feito é realizar cursos na área.

Existem cursos de alta qualidade sobre culinária por todo o Brasil. No entanto, antes de mergulhar de cabeça em um deles, faça uma pesquisa sobre as pessoas que ministram o curso e suas competências. A maioria dos cursos de gastronomia, bacharelado ou técnico, requer um investimento inicial elevado – e você não vai querer se frustrar com seu instrutor. Dessa forma, procure por indicações, veja as atividades do professor e, se possível, entre em contato com ele.

Por fim, se você decidir que ser um chefe de cozinha é seu maior objetivo na vida, faça um intercambio – de preferência para a França. Esta opção envolve um investimento financeiro alto, mas certamente vai te encaminhar para seu objetivo. Você terá destaque no mercado e será muito valorizado.

Tire um tempo para refletir sobre sua situação atual e decidir qual caminho vai tomar. No entanto, não deixe de colocar a mão na massa: a prática leva à perfeição.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Como contratar um síndico profissional pode afetar a vida dos condôminos

Como contratar um síndico profissional pode afetar a vida dos condôminos?

6 Dicas para Criar Imagens para Anúncios no Instagram

6 Dicas para Criar Imagens para Anúncios no Instagram