in , , ,

Coleta seletiva: Importância e vantagens

Coleta seletiva Importância e vantagens

Há uma série de ações sustentáveis que ganharam destaque nos últimos tempos, sendo a coleta seletiva uma das principais. É com a ajuda dela que se pode contar com um meio ambiente mais preservado e conservado para as futuras gerações. 

O problema do descarte inadequado do lixo traz uma série de prejuízos para a saúde das pessoas e para o ecossistema em geral. Afinal, ele pode impactar negativamente na natureza e render prejuízos para as mais diferentes espécies. 

Aqui entra também a questão do tempo de decomposição de vários tipos de materiais. Se eles não forem destinados corretamente, é possível que fiquem acumulados em regiões inadequadas, gerando transtornos para esses locais. 

Não à toa, é cada vez mais comum encontrar lixeira ecológica de madeira plástica em empresas e estabelecimentos que valorizam a sustentabilidade e agem com comprometimento social. 

Dessa forma, elas investem em diferentes ações de preservação do meio ambiente, coletando materiais que não devem ser descartados no lixo comum e fazendo a destinação correta desses produtos. 

Um caso bastante conhecido é o da coleta de pilhas e baterias, que possuem um alto potencial de contaminação se foram desprezados em uma lixeira comum, uma vez que as substâncias utilizadas na produção desses itens podem trazer malefícios à saúde. 

Sendo assim, conhecer melhor o processo de coleta seletiva e saber como aplicá-lo adequadamente na sua casa ou empresa, é a melhor maneira de participar ativamente de atos ecologicamente corretos. 

Por isso, se você deseja saber o que é a coleta seletiva, a importância e os benefícios que ela traz, siga na leitura deste conteúdo e amplie os seus conhecimentos sobre o assunto. 

O que é a coleta seletiva?

Quando se pensa em coleta seletiva, uma das possibilidades que surge no horizonte é a da reciclagem de papel e cartão, ou seja, a separação desses elementos pode ser fundamental para que ocorra a produção de novos produtos com o que já foi descartado. 

De fato, a coleta seletiva visa dar o destino correto para diferentes tipos de materiais, para que eles possam ser reaproveitados e diminuam os índices de poluição no nosso planeta. 

Ela se trata do processo onde os resíduos são separados conforme a sua composição, para que eles sejam encaminhados e retrabalhados, evitando o simples descarte na natureza. 

A coleta seletiva pode ser colocada em prática por qualquer pessoa, por empresas de diferentes setores e por instituições especializadas, que serão responsáveis por separar o lixo produzido conforme a sua constituição, em recipientes diferentes para cada um deles. 

É também importante frisar que existe a Política Nacional de Resíduos Sólidos, na qual se estabelece a coleta seletiva como uma obrigação de todos os municípios, sendo que eles possuem metas com um volume mínimo que deve ser trabalhado em cada localidade.

Como a coleta seletiva deve ser feita?

Para que a coleta seletiva seja feita adequadamente, é preciso separar os materiais conforme a sua composição. Assim, uma empresa de detergente que incentive o processo no seu estabelecimento pode disponibilizar recipientes para coletar itens variados.

Como a coleta seletiva deve ser feita?

As famosas lixeiras coloridas ajudam as pessoas na identificação do que deve ser descrito em cada recipiente, conforme o material. Alguns deles são: 

  • Papel (azul);
  • Plástico (vermelho);
  • Metal (amarelo);
  • Vidro (verde);
  • Madeira (preto);
  • Orgânico (marrom);
  • Entre outros.

Além desses tipos de materiais, há ainda aqueles que podem ter sido contaminados ou conter radioatividade, como o lixo produzido em ambientes hospitalares, que precisam ser destinados de modo bem específico. 

Outro exemplo é o entulho proveniente de uma obra, que deve ser descartado por meio da locação de caçamba entulho, já que esse tipo de estabelecimento poderá levar o material gerado para os locais especializados na coleta desse tipo de produto. 

Para estimular esse hábito, é comum que os órgãos governamentais e ONGs que promovem a sustentabilidade invistam em campanhas de conscientização, para que a população aprenda a importância de descartar o lixo corretamente.

Quem faz a coleta seletiva?

Depois de separar os materiais conforme a sua constituição, é possível encontrar a coleta seletiva de duas maneiras principais: no porta-a-porta e fazendo a entrega em PEVs (Pontos de Entrega Voluntária). 

No formato porta-a-porta, é comum que os municípios estipulem um dia da semana para recolher apenas materiais separados para reciclagem, que costuma ser diferente dos dias da coleta comum. 

Para as companhias maiores, como hospitais, estabelecimentos comerciais e industriais, existem empresas especializadas nesse serviço, prestando-o para os seus clientes. 

Enquanto isso, nos PEVs, que estão sempre localizados em áreas estratégicas para o recolhimento de grandes volumes de materiais, a coleta seletiva deve ser deixada no local, sendo posteriormente encaminhada para os estabelecimentos especializados. 

Dessa maneira, é de suma importância que as pessoas saibam reconhecer do que são feitos os produtos que ela adquire, seja um porta papel de acrílico ou uma caixa de presente de papelão, para que saiba dar o destino correto após o seu uso. 

Ao tomar esse cuidado, as latas de alumínio, os papéis e papelão, os orgânicos, etc., serão  sempre conduzidos à destinação correta, garantindo que cada um desses elementos possa ser reutilizado de maneira consciente. 

A importância da coleta seletiva

Apesar de já ser uma ação bastante conhecida, muitas pessoas ainda não aderiram ao processo de separação de materiais, por qualquer motivo que seja. 

No entanto, é essencial que a prática seja realizada pelo maior número de pessoas possível, pois é uma forma de contribuir com a sustentabilidade e investir em ações ecologicamente corretas.

Quando um material não é separado da maneira adequada, a sua reciclagem se torna inviável. Isso porque cada tipo possui um processo específico, de modo que se ocorre a mistura de vários elementos, ele pode se tornar muito custoso ou mesmo não ser possível. 

Por isso, é importante separar sempre os materiais secos dos rejeitos, assim como dos orgânicos. 

Um serviço de limpeza para eventos, por exemplo, pode investir no treinamento da sua equipe para que ela esteja apta para separar corretamente o lixo do local, de maneira a oferecer um trabalho qualificado e sustentável. 

Nesse processo, os materiais secos podem ser reaproveitados, dando origem a novos produtos. Os rejeitos não podem ser reciclados, sendo descartados sem nenhum tipo de utilidade. Já os orgânicos vão ser trabalhados e convertidos em adubo. 

Sendo assim, é fundamental que a separação seja feita da maneira correta, seja em uma residência ou em uma empresa, o que vai garantir que os processos de coleta e de reciclagem possam ser concluídos com sucesso. 

Por isso, é possível dizer que a coleta seletiva é uma ação de grande importância e que precisa ser estimulada constantemente.

Os benefícios da coleta seletiva

Como não poderia deixar de ser, a coleta seletiva pode trazer benefícios para a sociedade, sendo por isso cada vez mais estimulada e promovida em ações de publicidade e conscientização da população. 

Assim, depois que um adesivo redondo personalizado é utilizado e cumpre o seu papel, o descarte dele deve ser feito de modo correto, de maneira que a sua produção possa ser sempre ecologicamente correta. 

Afinal, é com esse tipo de ação que se conquista vantagens como:

  • Menos extração de recursos minerais;
  • Menor risco de contaminação;
  • Geração de empregos;
  • Educação ambiental.

Com a coleta seletiva e os processos de reciclagem, é possível reduzir drasticamente a extração de recursos minerais na natureza. Isso impacta diretamente em uma série de ações prejudiciais ao meio ambiente. 

Enquanto se emite menos gases com a produção de novos produtos, também se reduz os riscos de contaminação do solo e da água, pois os materiais são levados para o destino correto, sendo trabalhados de maneira assertiva. 

Ao mesmo tempo, a economia de um país é beneficiada, uma vez que se reduz os custos de produção, se compra materiais reutilizáveis por preços menores e é possível gerar novos empregos, garantindo um ciclo produtivo rentável e sustentável. 

Vale mencionar que a coleta seletiva também ajuda na educação ambiental da população. 

Isso porque além de aprender as vantagens desse tipo de ação, as pessoas e as empresas também podem buscar maneiras alternativas de atender às suas necessidades. 

Os benefícios da coleta seletiva

Um exemplo disso é o uso de rótulos biodegradáveis em vez dos convencionais, já que esse material se decompõe naturalmente, sendo confeccionado a partir de matéria-prima biológica. 

As empresas que buscam ações sustentáveis para implementar internamente podem optar pelo uso de papéis reciclados, além de evitar copos descartáveis no local, reduzindo a sua produção de lixo diária. 

Em paralelo, uma família pode desenvolver métodos ecológicos na sua casa, aprendendo a reutilizar produtos que seriam descartados com facilidade e evitando adquirir produtos que sejam nocivos à saúde.

Ações simples como as mencionadas neste artigo podem ser essenciais para estimular a sociedade a participar mais ativamente do cuidado com o planeta, implementando a coleta seletiva no seu dia a dia. 

Por isso, se você ainda não investe em práticas sustentáveis na sua rotina, mude os seus hábitos o quanto antes para que todos possam desfrutar de vantagens no curto, no médio e no longo prazo. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Qual é o melhor cartão de crédito universitário

Qual é o melhor cartão de crédito universitário?

Como criar uma conta no Google

Como criar uma conta no Google?