in , ,

5 dicas de como iniciar um negócio bem estruturado

5 dicas de como iniciar um negócio bem estruturado

Por trás de uma empresa bem-sucedida existe um negócio bem estruturado, ou seja, algo pensado e administrado em todos os seus aspectos.

Inclusive, o sonho de muitas pessoas é abrir o próprio negócio, e assim poder trabalhar com o que gosta e não viver mais sob a supervisão de um chefe.

Além disso, é uma maneira de obter lucros maiores, o que pode garantir mais qualidade de vida e bem-estar. Só que abrir uma empresa, apesar de fácil, exige muito trabalho e capacidade dos empreendedores.

É preciso planejar muito bem o que será feito, estruturar a empresa e, aí sim, começar a ter lucro. O problema é que muitos negócios não vão pra frente, justamente porque seus proprietários não fizeram o que era necessário.

Investir em um objetivo para vê-lo desmoronar por falta de estrutura é um grande prejuízo, mas que pode ser evitado se você souber como guiá-lo. E esse processo começa antes mesmo de sua empresa existir.

Pensando nisso, neste artigo, vamos mostrar como você precisa se preparar para iniciar um negócio, daremos dicas para evoluí-lo e quais são os benefícios de estruturá-lo. Acompanhe.

Como se preparar para iniciar um negócio

Antes de alugar um ponto e entrar em contato com os fornecedores, o empreendedor precisa se preparar para abrir a sua empresa. Isso requer reunir um conjunto de habilidades e conhecimentos.

Você precisa entender o mercado que pretende se inserir, como é o seu público, bem como planejar as etapas que vai percorrer.

Por exemplo, se seu objetivo é abrir uma imobiliária com foco em locação de escritórios e sala reunião pequena, também deve pensar no marketing, como manter o fluxo de caixa controlado e ter criatividade para inovar.

Só que antes de definir tudo isso, primeiro você tem que saber que tipo de negócio pretende abrir. Se ainda não souber, pode buscar ideias e inspirações na internet.

Além de escolher um nicho, ainda pode ter acesso a dicas para montá-lo, além de entender de que maneira o Sebrae o classifica.

Também é importante saber se você tem perfil empreendedor. Isso envolve conhecer o mercado em que pretende atuar e ainda montar o plano de negócios.

Feito isso, é o momento de reunir algumas informações sobre a empresa que deseja abrir, pois é dessa forma que ela será mais consistente. Veja, por exemplo, o que você precisa em relação aos seguintes tópicos:

  • Localização ideal;
  • Marketing;
  • Finanças;
  • Mercado atual.

A partir dessas informações, o futuro proprietário de um negócio de suporte técnico para relógio de ponto digital para pequenas empresas, por exemplo, pode fazer o seu plano de negócios e posicionar melhor a sua companhia.

Depois, é o momento de analisar suas finanças e correr atrás de crédito junto aos bancos e financeiras, e também fornecedores.

Feito isso, você já está pronto para registrar sua nova empresa e começar a estruturá-la. Para saber como, confira o próximo tópico.

Dicas para estruturar o seu negócio

Estruturar um pequeno negócio vai depender exclusivamente de você, então, este é o momento de se atentar a algumas práticas essenciais para o sucesso.

Entre as principais, podemos citar:

1.    Fazer algumas avaliações

É importante avaliar seus clientes e potenciais clientes, bem como o mercado que você acabou de se inserir. Também é interessante observar o trabalho que seus concorrentes têm feito, principalmente os que mais se destacam.

Se o seu negócio é uma empresa de segurança bancária, por exemplo, mensure a quantidade de clientes que sua concorrência possui e se a localização que você escolheu está adequada para atraí-los.

Inclusive, é importante ter um espaço para estacionamento, pois isso traz mais comodidade aos seus clientes e futuros clientes.

Conheça bem as tendências de consumo e saiba que os modismos são passageiros, portanto, esse tipo de observação deve ser de longo prazo.

1.    Fazer algumas avaliações

2.    Ter uma boa equipe

É importante contar com, pelo menos, uma pessoa para te auxiliar no dia a dia. Ela deve ser escolhida com base em alguns critérios, dando preferência para aquelas com quem tem mais afinidade.

Uma dica é começar com algum familiar e, conforme o negócio for crescendo, investir em novas contratações.

Quando chegar esse momento, observe o ambiente de trabalho e as características da sua empresa. Isso porque, além de pensar em locação de espaço comercial, você precisará de pessoal qualificado para expandir ainda mais.

Depois de contratada, é importante avaliar como está o desempenho dessa pessoa, bem como se ela cumpre as tarefas que lhe foram designadas.

Mantenha sempre a postura de líder, não de chefe, para que possa agir de maneira justa e assertiva. Um bom líder é motivacional e inspirador, além de prezar por um bom clima organizacional.

3.    Controlar o financeiro

Nunca misture sua vida financeira com a vida financeira de seu negócio. Elas precisam estar sempre separadas e serem independentes.

Uma transportadora cargas pequenas de sucesso, por exemplo, conta com o auxílio de consultores financeiros.

É com a ajuda e recomendações deles que você evitará endividamentos, como entrar no cheque especial ou extrapolar o uso do cartão de crédito.

Ter um com controle financeiro é essencial para garantir o bom andamento de seu negócio e também dos seus rendimentos.

Controle bem os gastos e priorize investimentos que estejam de acordo com a realidade do seu negócio e de sua situação financeira. Assim, você evita juros e problemas com bancos e financeiras.

4.    Ter uma boa comunicação

Uma comunicação clara, direta e abrangente é importante tanto na hora de falar com seus clientes quanto com seus colaboradores.

Invista em reuniões para avaliar o andamento da empresa e para definir metas. Assim, fica mais fácil estabelecer prioridades, bem como pensar de que maneira agir.

Divulgue as informações com quem trabalha com você e acompanhe seu desempenho. Com relação aos seus clientes, invista em marketing dentro de suas possibilidades.

Isso, principalmente, quando se fala de marketing digital, pois ele traz soluções adequadas para diferentes tipos de negócios, como uma empresa terceirizada de motoboy, e de qualquer tamanho.

5.    Investir em tecnologia

A tecnologia é uma aliada e ajuda os pequenos negócios a crescerem. O simples uso de uma maquineta para pagamento é de grande valia, principalmente porque, hoje em dia, poucas pessoas usam dinheiro em espécie.

Para estruturar o seu negócio ainda mais, conte com ferramentas e softwares voltados para a gestão do negócio, como financeiro, por exemplo.

Também existem ferramentas CRM que fortalecem a relação da sua empresa com seus clientes, para que você possa sempre encontrar mais oportunidades de negócio.

Benefícios de um negócio bem estruturado

Independentemente de seu mercado de atuação, tanto uma empresa de confecção de crachá com chip quanto uma loja, é necessário estruturar bem o seu negócio.

Não faltam razões para isso, sendo que a primeira delas é a sobrevivência da sua empresa. Os primeiros meses serão menos lucrativos, pois os resultados começam a aparecer depois de um tempo, podendo levar mais de um ano.

Se a sua empresa está bem estruturada, você consegue passar por esse período com mais tranquilidade e otimismo.

Negócios bem estruturados também têm mais chances de crescer, sendo que crescer significa mais lucros. Com as práticas certas e os investimentos necessários, uma gráfica de banner informativo, por exemplo, atrai mais clientes.

A estrutura também garante mais rentabilidade, pois você terá condições de atender às demandas do mercado sem se perder no meio do caminho.

Toda a parte financeira também é favorecida e você evita situações negativas, como a necessidade de empréstimos, atraso de pagamentos e contas.

Manter o financeiro de seu negócio sempre em ordem é a melhor maneira de garantir que ele vá para a frente. E se porventura você desistir ou decidir mudar de mercado, pode fazer isso sem problemas e sem prejuízos.

Benefícios de um negócio bem estruturado

Por fim, uma empresa bem estruturada, mesmo que pequena, é mais bem vista pelos consumidores. Isso porque toda a sua parte física, qualidade de produtos e serviços, bem como o engajamento dos colaboradores são bem melhores.

Se os clientes enxergam uma marca bem consolidada, então eles se interessam por ela, principalmente porque sabem que é de confiança.

Conclusão

Talvez seja o momento de tirar a sua ideia do papel e começar a investir no sonho de ter sua própria empresa. Boas ideias sempre são bem-vindas, sendo que unidas a um bom planejamento e boas práticas, o sucesso é garantido.

Neste artigo, você leu algumas dicas importantes para que o seu negócio comece do jeito certo e se mantenha firme e bem estruturado ao longo do trajeto.

Temos certeza de que com elas você vai começar com o pé direito, e sua empreitada será um diferencial dentro do mercado de atuação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Endereço fiscal é viável para novas empresas 

Endereço fiscal: é viável para novas empresas? 

A importância da preservação do meio ambiente

A importância da preservação do meio ambiente