in ,

Conheça a blefaroplastia sem corte

Conheça a blefaroplastia sem corte

O olhar entrega o cansaço e a idade. Por mais que se tenham cuidados diários com a região, por vezes, o acúmulo de gordura e flacidez modificam o aspecto do local, tornando-o envelhecido. Uma das formas de correção da condição é por meio da blefaroplastia sem corte

A blefaroplastia sem corte consiste em tratamento estético feito por cirurgião plástico em consultório e com o auxílio de tecnologias como o Laser CO2 e o jato de plasma, por exemplo.

A indicação da metodologia é feita com base no grau de envelhecimento e de flacidez das pálpebras e nos desejos do paciente quanto a jovialidade do olhar.  Saiba mais a seguir sobre o que causa a queda das pálpebras e como a blefaroplastia sem corte pode colaborar na resolução da condição. 

Causas da flacidez das pálpebras

A idade é o principal fator para a queda das pálpebras. Com o passar dos anos a produção de colágeno, componente responsável pela sustentação da pele, diminui fazendo com que ocorra o enfraquecimento da musculatura e o acúmulo de gordura. 

Associado a isso está a falta de cuidados regulares, como uso de protetor solar e dermocosméticos, que colaboram para que a região apresente aquela pele sobressalente. 

A queda das pálpebras pode ser ainda uma condição genética do paciente, sendo denominada de ptose palpebral. Independentemente do que causou a condição, é importante salientar que existem tratamentos cirúrgicos e não cirúrgicos de correção da condição. 

Blefaroplastia sem cortes

Uma das metodologias que têm conquistados os pacientes é a blefaroplastia sem corte. Realizada por intermédio de aparelhos como o laser CO2 e/ou jato de plasma, a técnica é minimamente invasiva e feita em consultório. 

O resultado, que é a melhora do aspecto das pálpebras caídas rejuvenescendo o olhar, costuma aparecer a partir da quarta sessão. O tempo do tratamento (número de sessões) depende de cada caso e só pode ser informado pelo profissional de medicina estética. 

Blefaroplastia sem cortes

Como é feita a blefaroplastia não cirúrgica?

Em consultório o cirurgião plástico pode optar pelo Laser fracionado ou pelo jato de plasma. O laser, por exemplo, causa pequenas lesões nas camadas mais profundas da pele estimulando assim a produção de colágeno para cicatrização. Isso causa um efeito rejuvenescedor efetivo. O tratamento é efetivo nas pálpebras superiores e inferiores.  

O jato de plasma consiste em um aparelho que injeta gás composto de átomos que gera plasma artificial e chega as camadas mais profundas da pele incentivando a produção de colágeno.  Tanto o laser quanto o plasma são bem recomendados para blefaroplastia sem corte, e costumam dar resultados a partir da quarta sessão, em média. 

Blefaroplastia tradicional 

A blefaroplastia tradicional é feita por meio de intervenção cirúrgica. Com o paciente anestesiado ou sedado, o cirurgião plástico faz uma incisão nas pálpebras, remove a gordura e pele excedente e sutura. A cicatriz é imperceptível e o tempo de recuperação é de 30 dias, em média. 

É importante ressaltar que tanto a blefaroplastia sem corte como a cirúrgica exigem do paciente cuidados posteriores para que a condição não retorne. Ou seja, os cuidados com a pele devem ser constantes e de preferência acompanhados por um dermatologista. 

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

8 passos para organizar seu guarda-roupa

8 passos para organizar seu guarda-roupa

Como fica a cicatriz do lifting facial?

Como fica a cicatriz do lifting facial?