in , ,

Construções sustentáveis pelo mundo

Construções sustentáveis pelo mundo

Com o aumento exponencial da população mundial nos últimos anos, a demanda por moradias tem se tornado cada vez mais frequente, evoluindo de forma proporcional com o número de companhias do ramo de construção civil.

Esse aumento de demanda tem como consequência um maior consumo de materiais de construção, como por exemplo ligas de aço, vergalhão, cimento Portland, água, areia, pedras, etc.

Segundo dados do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS), o setor da construção civil consome cerca de 1/5 da água nas cidades, 3/4 dos recursos naturais e aproximadamente 80 milhões de toneladas de resíduos por ano.

Tendo em vista que esse crescimento do consumo de recursos naturais influencia diretamente em impactos ambientais, o ramo da construção civil precisou se reinventar globalmente através das inovadoras construções sustentáveis.

O que é uma construção sustentável

Construções sustentáveis estão diretamente ligadas com o conceito de desenvolvimento sustentável.

De acordo com a organização brasileira WWF, uma organização promove desenvolvimento sustentável quando:

Supre necessidades da atual geração, garantindo também as exigências das gerações futuras;

Não esgota recursos para o futuro.

Esses conceitos foram desenvolvidos pela ONU durante a Comissão Mundial Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, com o propósito de discutir e sugerir meios de equilibrar o desenvolvimento econômico com a preservação do meio ambiente.

Conceitos como responsabilidade social e o reconhecimento da escassez de recursos naturais são cada vez mais valorizados dentro das grandes companhias, por serem causas de alto impacto social e influência de marca.

Características das construções sustentáveis

Com o avanço da tecnologia e a democratização do acesso à informação, o consumidor atual possui muito mais conhecimento sobre o impacto de suas escolhas e os efeitos que elas podem causar na sociedade ou até mesmo no meio ambiente como um todo.

Construções sustentáveis possuem um maior grau de aprovação por parte dos consumidores. 

Empresas que adotam práticas ecológicas em suas culturas acabam tendo uma competitividade mais duradoura, além de reduzirem riscos de multas e indenizações por crimes ambientais.

Esses tipos de construções possuem algumas características em comum. São elas:

Responsabilidade com o meio ambiente, evitando desperdícios através do conceito dos 3 R’s (redução, reutilização, reciclagem);

Garantia de qualidade de vida para os moradores e em alguns casos até mesmo vizinhos da construção;

Projetos capazes de tornar construção autossuficiente através de sistemas automatizados de (re)aproveitamento de recursos;

Sistemas não agressores ao meio ambiente, tendo como consequência um retorno financeiro.

Há mais de 20 anos o conceito de sustentabilidade chamou a atenção do mundo, devido às consequências alarmantes de um futuro não sustentável.

O Reino Unido criou o BREEAM, uma certificação do Building Research Establishment (BRE) que avalia e certifica construções sustentáveis através de selos de qualidade.

Materiais utilizados em construções sustentáveis

Atualmente existem diversos tipos de materiais ecológicos que são utilizados em construções sustentáveis.

Dentre eles, alguns tipos principais de materiais serão abordados abaixo. Confira a lista:

Lâmpadas LED

Lâmpadas LED

Sendo cerca de 25 vezes mais econômicas que as incandescentes, as lâmpadas LED (do inglês Diodo Emissor de Luz) convertem cerca de 60% da energia utilizada. 

Tendo um rendimento bem maior que as lâmpadas convencionais (de 5% a 10% de aproveitamento), as lâmpadas LED não esquentam como as comuns por não transformarem grande parte da energia em calor.

Painéis fotovoltaicos

Painéis fotovoltaicos

Fonte: Blog Blue Sol

Conhecidos popularmente como painéis solares, são responsáveis por diminuir ou até mesmo anular o consumo de energia de um estabelecimento através da transformação da energia solar em energia elétrica.

Através dessa conversão os painéis fotovoltaicos possuem capacidade de fornecer e armazenar energia elétrica para a construção.

Com isso, o consumo de energia de um local de instalação urbano é drasticamente reduzido, por fazer o relógio da caixa de energia de um poste girar no sentido inverso devido à geração de energia local.

Telhas e tijolos ecológicos

Sendo dois tipos de materiais que utilizam bastante recursos naturais em sua fabricação, as telhas e tijolos utilizam geralmente muita argila (quando são de cerâmica) em sua composição, estimulando a exploração desenfreada de jazidas deste mesmo recurso.

Telhas e tijolos ecológicos

Telhas ecológicas. Fonte: Pinterest

As telhas ecológicas mais conhecidas são feitas geralmente de fibras. Essas fibras podem ser de materiais como:

Bambu;

Madeiras (eucalipto, pinho, etc.);

Fibras mistas (ex.: madeira + coco);

Resina.

Telhas e tijolos ecológicos

Tijolos ecológicos. Fonte: Mercado Livre

Já os tijolos ecológicos são compostos de diversos tipos de materiais. Grande parte das vezes são feitos de materiais orgânicos. Alguns exemplos são:

Sobras de materiais de construção;

Tijolos de encaixe, dispensando o uso de argamassa em uma alvenaria;

Cinzas;

Solo-cimento.

Com isso, o consumo de energia de um local de instalação urbano é drasticamente reduzido, por fazer o relógio da caixa de energia de um poste girar no sentido inverso devido à geração de energia local.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

A informática no olhar do mercado de trabalho

A informática no olhar do mercado de trabalho

Como me preparar para cursar segurança no trabalho

Como me preparar para cursar segurança no trabalho?