in

Dicas para melhorar a experiência de aprendizado

Dicas para melhorar a experiência de aprendizado

Todo aprendizado é importante para a formação do aluno, contribuindo para que ele se desenvolva como indivíduo e como profissional. 

Não à toa, é cada vez mais comum que os profissionais ampliem o seu conhecimento constantemente, investindo em cursos de pós-graduação e de mestrado, por exemplo.

Isso ocorre porque as informações são elementos que se atualizam constantemente, dado o avanço da ciência e das tecnologias.

Dessa forma, se antes uma nova descoberta demorava para ser estudada e aplicada, hoje essa realidade é totalmente diferente. 

Nesse sentido, desenvolver o projeto de um novo modelos de perfil u dobrado pode ser muito mais simples e rápido.

Mas, é importante lembrar que todo aprendizado exige empenho. 

Além disso, muitas vezes os estudantes encontram dificuldades de concentração ou de entendimento, de acordo com o tipo de material que está sendo estudado. 

Por isso, diferentes métodos são elaborados para ajudar nessa etapa, sendo que eles podem ser fundamentais para a fixação e a absorção de diversos assuntos e de suas particularidades. 

Desde técnicas de memorização até de leitura dinâmica, é preciso conhecer o que pode ser utilizado durante o seu aprendizado, para que você consiga atingir as suas metas diárias de estudo e de conhecimento. 

Há quem prefira estudar em grupo, ou ouvindo música, e quem precise de silêncio para se concentrar. Do mesmo modo, a depender do assunto, pode ser que o estudante consiga fazer uma leitura até em ambientes com muita movimentação.

De qualquer maneira, conhecer dicas que podem melhorar o processo e a experiência de aprendizado é importante, não é mesmo? 

Por isso, para saber quais são as principais, siga na leitura deste artigo e alcance um bom desempenho nos estudos. 

Diferentes caminhos para o aprendizado

Não faz muito tempo que a única forma possível de cursar uma graduação era de modo presencial. 

Atualmente, é possível encontrar os mais diversos tipos de cursos pela internet, com certificação válida: os famosos EAD (educação a distância).

De fato, a tecnologia trouxe uma série de vantagens para a rotina de quem precisa se especializar na sua área, assim como para quem tem o desejo de adquirir um novo conhecimento.

Os temas são os mais variados: quem busca por um curso de idiomas pode encontrar plataformas cada vez mais interessantes, do mesmo modo que quem deseja aprender técnicas de restauração de piso de madeira pode buscar por um curso online.

Dessa forma, para adquirir conhecimento hoje, é possível:

  • Se matricular em cursos presenciais;
  • Se inscrever em cursos online;
  • Acompanhar podcasts;
  • Assistir a vídeos no YouTube;
  • Baixar ebooks ou arquivos de leitura;
  • Entre outros métodos.

Materiais e formatos não faltam. Por isso, é importante que o aluno conheça diferentes caminhos para o seu aprendizado, de modo a conseguir encontrar o meio mais interessante para otimizar os estudos e ampliar sua inteligência. 

5. Ensine o que você aprendeu para alguém

Dicas para melhorar o seu aprendizado

Levando em consideração que a rotina das pessoas é cada vez mais corrida, tendo que lidar com o trabalho, deslocamentos e as necessidades da casa e dos cuidados pessoais, é importante descobrir técnicas que ajudem no aprendizado. 

Há três elementos de grande importância nesse processo: a retenção, a memória e a transferência. 

Isso quer dizer que o que foi aprendido precisa ser retido na sua memória, depois esse conteúdo tem que ser relembrado, para que seja aplicado em diversas situações. 

Assim, um profissional que esteja estudando sobre solda exotérmica, por exemplo, pode aplicar esses três elementos para garantir uma melhor absorção do material de estudo.

Além disso, algumas dicas podem ser fundamentais para ajudar no seu processo de aprendizado, conforme veremos a seguir. 

1. Estimule a sua memória

Trabalhar a memória é indispensável para um bom estudante. Afinal, ler uma apostila não é a garantia de que você tenha absorvido o conteúdo que está nela. 

Por isso, busque por cursos ou livros que ajudem você a investir em técnicas que permitam a lembrança e fixação do que foi aprendido, para garantir maior eficiência no aprendizado. 

2. Faça anotações

O famoso professor de cursinhos universitários, Pierluigi Piazzi, sempre dizia aos seus alunos sobre a importância de fazer anotações e desenhos, que pudessem contribuir para o aprendizado do conteúdo que está sendo passado em uma aula presencial ou vídeo.

Isso porque escrever sobre o que está sendo ensinado pode ser uma maneira eficaz para que o aluno entenda o que está sendo dito, já que ele vai anotar o que for mais importante, e poderá visualizar no papel todas as informações relevantes sobre o assunto. 

Assim, para desenvolver um novo modelo de valvula 3 vias, o estudante pode facilmente pensar e fazer rascunhos durante o processo, que ajudarão na finalização do seu trabalho posteriormente. 

3. Leia materiais de apoio e busque referências

Melhorar a experiência de aprendizado vai muito além de ler somente o material que foi disponibilizado pelos professores. 

É preciso ter curiosidade e iniciativa de buscar por conteúdos de apoio e por referências, que ajudam a montar um cenário bastante completo sobre o assunto que está sendo estudado. 

Com isso, além de expandir a sua capacidade de pesquisa e de obtenção de conhecimento, o aluno conseguirá obter novas informações que possam ajudá-lo a entender o assunto de modo integral.

4. Aposte em diferentes tipos de materiais

Se você está estudando a composição de uma lâmpada de led para piscinas, por exemplo, uma dica importante para melhorar o processo de aprendizado é a de buscar por diferentes formatos de materiais. 

Em vez de só fazer leituras de livros e apostilas, que tal procurar vídeos ou podcasts sobre o assunto, que podem ser grandes auxiliares para tornar o entendimento de um tema mais fácil e dinâmico.

Nesse sentido, a internet é uma ferramenta indispensável. 

Afinal, ao fazer uma pesquisa rápida no Google, é possível encontrar diversos conteúdos de qualidade, e fazer uma seleção bastante variada de formatos, que vão ajudá-lo a ter uma experiência completa.

5. Ensine o que você aprendeu para alguém

Quem nunca ouviu dizer que a melhor maneira de aprender um conteúdo é explicá-lo para alguém? 

Essa pode ser uma espécie de técnica para melhorar a sua memória, já que ao falar sobre o que você leu, é possível organizar as suas ideias. 

Os seminários, tão presentes no ensino médio, são uma forma interessante de fazer com que os alunos fixem o conhecimento aprendido naquele momento, ao fazer uma apresentação para todos os colegas. 

Mesmo para o ensino superior, ou para cursos livres, a dica permanece: fale sobre o que você estudou sobre braquete safira para outra pessoa e veja o quanto isso pode ser benéfico para o seu aprendizado. 

Diferentes caminhos para o aprendizado

6. Busque experiência prática

Os estágios presentes na graduação são importantes para que os formandos possam conhecer na prática como vão atuar no sua área, conhecendo as facilidades e os desafios da profissão. 

Mas mesmo para quem faz cursos livres, colocar em prática todo o conhecimento adquirido pode ser fundamental para ajudar no aprendizado. 

Um exemplo simples disso é o de quem se inscreve para obter a carteira de motorista. 

Uma das etapas do processo é passar por um curso teórico, mas o conhecimento experimental e o aprendizado de dirigir só é adquirido com as aulas práticas de direção.

Do mesmo modo, um arquiteto poderá aprender muito mais sobre como fazer um jardim decorado ao colocar em prática o que foi estudado na faculdade. 

7. Não decore as respostas, mas absorva o conteúdo

Uma parte de todo aprendizado depende de que se decore alguns elementos. A tabuada é um exemplo clássico disso. 

Porém, essa nem sempre será a técnica mais apropriada para obter conhecimentos. 

É preciso entender o que está sendo dito ou lido, para que o conteúdo seja construtivo para o estudante. 

Afinal, pode ser que um aluno decore a resposta de uma questão, mas se ela é elaborada de outra maneira, ele pode ser prejudicado e não saber responder corretamente.

Nesse sentido, para uma melhor experiência de aprendizado, é fundamental que se entenda o que está sendo ensinado, para que o conhecimento seja de fato adquirido. 

8. Faça pausas e alimente-se bem

Estudar é importante, mas como qualquer outro tipo de atividade da rotina, pode ser cansativo. 

Assim, muitas vezes levar uma leitura adiante mesmo que se esteja exausto pode ser perda de tempo, já que o aluno não ficará o que foi lido. 

Por isso, não deixe de fazer pausas durante o aprendizado, ajudando a refrescar a mente. Com isso, é possível retornar depois com maior empenho. 

Uma refeição balanceada também é importante para os estudantes, de modo que é recomendado estar bem alimentado para ajudar nos períodos de estudo. 

E claro, consumir uma colher de chocolate durante o aprendizado pode ser necessário, não é mesmo?

As dicas abordadas neste conteúdo podem ser uma ótima maneira de contribuir para a experiência de aprendizado, gerando melhores resultados e um excelente desempenho na obtenção de novos conhecimentos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como a dislexia pode ser enfrentada

Como a dislexia pode ser enfrentada?

Dislexia você sabe o que é

Dislexia: você sabe o que é?