in , , ,

Dicas para vender produtos ao público infantil

Dicas para vender produtos ao público infantil

O marketing direcionado ao público infantil é, de longe, um dos mais difíceis em termos de público-alvo. Primeiramente, são muitas as restrições legais a respeito do que se pode e do que não se pode fazer no Brasil, existindo extensa regulamentação a esse respeito.

Em segundo lugar, não basta convencer o próprio público-alvo a adquirir o produto, como por exemplo os brinquedos educativos: os pais, também, precisam concordar com a aquisição do produto para os seus filhos. Portanto, é necessário que você demonstre os benefícios do seu produto para a criança.

Muito embora falemos sobre as dificuldades inerentes à venda de produtos para o público infantil, nem tudo está perdido. Confira aqui dicas muito úteis para ter sucesso neste ramo, considerando o que é permitido pelas leis brasileiras.

Faça um bom marketing!

Ter êxito no mundo das vendas passa, necessariamente, por ter uma boa estratégia de marketing. É preciso atrair a clientela e dar a conhecer a sua marca, bem como o seu produto oferece boas experiências para o seu cliente.

Mas, diante de toda a carga negativa e toda a condenação encerrada na publicidade infantil, será que vale a pena fazê-lo?

Pois, sim, vale a pena. Sobretudo porque o marketing não se trata de enganar o cliente em hipótese nenhuma – exceto em se tratando de uma marca pouco afeita à honestidade, o que certamente não passa pelo seu projeto.

Como construir uma boa publicidade para o meu produto?

O ponto fundamental na publicidade de um produto infantil é mostrar como ele é positivo para a criança no que se propõe. Falaremos a respeito disso mais adiante, porque trata-se de algo muito importante, maior do que toda a estratégia de vendas!

Ademais, é preciso que o produto, também, faça uso de uma estética toda própria para o universo infantil, despertando o interesse na marca e na aquisição do próprio bem.

Faça, portanto, uma publicidade lúdica sobre o seu produto, apelando bastante para o uso de imagens, desenhos e frases que remetam ao universo infantil. Mostre como o seu produto, além de necessário, é sinônimo de felicidade e recreação.

Restrições na publicidade para o público infantil

Antes de mais nada, para melhor orientá-lo nas dicas, é preciso que você conheça o que pode e o que não pode fazer na publicidade para o público infantil. Sobretudo porque todo produto precisa de algum tipo de marketing para ser conhecido e ter sucesso.

Como acima dissemos, a publicidade infantil é simplesmente indispensável para o seu sucesso. Essa, aliás, é a primeira dica!

Ao construir sua estratégia de marketing, contudo, você precisa considerar o seguinte:

  • É proibido usar nela verbos imperativos, como “compre”. Lembra daquela propaganda de chocolate onde crianças hipnotizadas repetiam “compre”? Pois, isso não pode mais ser feito. Tome cuidado com a linguagem usada!
  • Ela não pode ser feita quanto a produtos alimentícios não-saudáveis, que induzam à má-alimentação ou causem obesidade.
  • Você jamais poderá passar a ideia de que a criança é inferior às outras por não ter seu produto. Seu marketing tem de ser propositivo, e não passar a ideia de constrangimento!
  • Você também não pode bolar uma estratégia que passe por negar a autoridade dos pais. Os dois públicos-alvo, pais e filhos, precisam decidir juntos pela aquisição do seu produto.
  • É definitivamente proibida a venda casada de produtos infantis, por lei. Lembre-se disso.

Tendo todas essas estratégias em mente, elabore uma poderosa campanha para atrair o seu cliente e difundir a sua marca! Afinal, quem não é visto, não é lembrado.

Restrições na publicidade para o público infantil

Esteja pronto para demonstrar os benefícios para o público infantil

Esta é uma tecla que, en passant, batemos algumas vezes nestas dicas, e agora trataremos com maior profundidade.

A principal preocupação de um pai é com o desenvolvimento dos seus filhos, seja físico, seja mental ou motor, seja da personalidade, seja do aprendizado. Pais zelosos e preocupados não deixarão que seus filhos façam uso de algo que não lhes seja bom.

Por isso, é importante que você demonstre com clareza, nas propagandas, na embalagem, ou nas redes sociais – caso você opte por elas como um canal de comunicação – como o seu produto é bom para o público infantil.

Vamos para alguns exemplos?

  • Se o seu produto é alimentício, é importante destacar como ele facilita um desenvolvimento físico saudável, ou como ele se destaca de outros produtos industrializados, como não contém conservantes, dentre outras possibilidades.
  • Em se tratando de um jogo ou um livro, ele ajuda no aprendizado e colabora com o desempenho escolar, para além de ajudar a ampliar o universo, alimentando a curiosidade e a criatividade da criança.
  • Por sua vez, se você pretende vender cursos de idiomas, o aprendizado de outras linguagens é positivo para a vida e para o futuro, além de dar novas perspectivas culturais para a criança.

Ressalte, sempre, os aspectos positivos para a criança, de modo que os pais não vejam o seu produto apenas como um gasto, mas como um bem e um investimento.

Desperte interesse lúdico não apenas no público infantil, mas nos pais

Todos nós temos, nas nossas lembranças de infância, um produto que era a nossa preferência absoluta e que nos remete àquele tempo bom. Pode ser uma marca de achocolatado, uma marca de pasta de dente… Sempre há algo que nos leva de volta!

É muito positivo, enquanto estratégia de venda, que você lembre aos pais do tempo em que eles foram crianças. Desta forma, ao reaquecer o saudosismo e o vínculo afetivo dos pais com um tipo de produto, você ganha um grande aliado junto ao público infantil.

Em se tratando de brinquedos educativos, por exemplo, é bastante válido que você o torne interessante para o uso em conjunto com a família. Afinal de contas, em algum momento o pai, a mãe ou a avó terá de brincar com a criança; que o faça, portanto, com alegria!

Essas, portanto, são as dicas mais importantes a serem consideradas para quem trabalha com produtos direcionados ao público infantil. São receitas de sucesso implementadas pelas empresas que mais crescem na área, e servem para todos os negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Passo a passo sobre a inclusão de alunos com deficiência visual

Passo a passo sobre a inclusão de alunos com deficiência visual

Quais são as áreas que um especialista em segurança do trabalho pode atuar

Quais são as áreas que um especialista em segurança do trabalho pode atuar?