in ,

Como elaborar meu primeiro currículo?

Como elaborar meu primeiro currículo

O currículo (ou CV) é uma ferramenta importante para quem deseja encontrar uma oportunidade de emprego, em qualquer área. Tanto profissionais experientes quanto os que estão começando agora precisam deste documento.

Ele é conhecido por qualquer pessoa que esteja no mercado de trabalho e tem como objetivo mostrar para as organizações qual é o perfil profissional dos candidatos.

É por meio dele que a corporação vai avaliar as qualificações profissionais de um indivíduo, se ela se encaixa nas necessidades da empresa, os cursos complementares que possuem e os lugares onde já trabalhou.

Para entregar todas as informações que as empresas desejam e ter um currículo completo, é necessário saber elaborá-lo e quais informações devem ser incluídas. Apesar de ser algo simples, há quem se sinta um tanto perdido nesse momento.

Isso também se deve à insegurança e ao medo de não elaborar um currículo que realmente chame a atenção do recrutador. No entanto, você precisa colocar a mão na massa, sendo necessário aprender o quanto antes.

Para te ajudar, neste artigo, vamos mostrar a importância de ter um bom currículo, o que os recrutadores costumam avaliar e dar algumas dicas para você elaborar um ótimo documento. Confira!

A importância de um bom currículo

Um currículo bem estruturado é a melhor forma de se destacar e chamar a atenção do recrutador, possibilitando que você seja convidado para entrevistas. Entretanto, para chegar lá, é necessário saber como impactar o recrutador.

O currículo precisa ser completo e objetivo, e manter o foco tem um conteúdo de qualidade, que mostre quais são as competências profissionais do titular e outras informações importantes, como:

  • Nome completo;
  • Endereço e telefone;
  • Escolaridade e cursos complementares;
  • Experiências profissionais.

Por exemplo, se a vaga é para especialista em acupuntura, o currículo precisa mostrar quais atributos profissionais o candidato tem para preencher o cargo.

Além de ser completo, o CV também precisa ser objetivo e estar de acordo com a oportunidade, caso contrário, fica difícil ser convocado para fazer uma entrevista.

Só que, muito além de mencionar o nome das empresas onde você já trabalhou e o cargo que exerceu em cada uma delas, também é essencial falar sobre as funções e responsabilidades de cada uma.

Além disso, todas as informações precisam ser verdadeiras, pois as empresas podem querer testar algumas habilidades, como fluência em determinado idioma.

Seu currículo precisa contar com uma estrutura simples e eficiente, com introdução, objetivo, formação, experiências e qualidades.

Mas, além de saber elaborar o seu currículo, é muito importante entender o que os recrutadores avaliam nesse documento, algo comum em qualquer companhia, como em um restaurante especializado em alimentos veganos.

O que os recrutadores avaliam no CV?

É interessante pensar na impressão que os recrutadores têm em relação aos currículos que recebem, mas eles precisam de um tempo para ler os documentos, o que, segundo pesquisas, não leva mais do que 6 segundos.

O que os recrutadores avaliam no CV?

Isso significa que você tem pouco tempo para causar uma boa impressão e mostrar que é o candidato adequado para determinada vaga, e dentre os principais aspectos que eles avaliam, estão:

O valor do currículo

O objetivo do recrutador é encontrar um currículo atrativo e que desperte o interesse. Por essa razão, é necessário ter muita atenção ao falar sobre sua vida profissional.

O interesse deles está em suas habilidades e experiências, além de que maneira elas agregaram valor e impactam sua vida.

Você pode apresentar essas informações por meio de números, quantificando suas conquistas, mostrando as principais atividades realizadas e os resultados que obteve com elas, assim, o recrutador vai compreender o seu valor.

Foco do candidato

A principal informação do seu currículo deve ser seu objetivo profissional. Procure adaptar esse campo a cada vaga que você se candidatar, evitando generalizações. 

Isso pode mostrar para o recrutador que você não tem foco e está um pouco perdido na carreira.

Ao invés de mencionar, por exemplo, a área administrativa, seja mais específico e mencione uma atividade específica, como gerente comercial. Dessa forma, você transparece confiança e mostra que se identifica com a área.

Apresentar simplicidade

Se você enviou o currículo para um escritório especializado em arquitetura comercial, por exemplo, possibilite uma leitura simples e fácil, utilizando frases curtas.

Ao mesmo tempo, tenha cuidado com erros ortográficos de digitação. Para evitar esse problema, peça a ajuda de alguém ou envie seu currículo para ser lido por duas pessoas diferentes, podendo ser um amigo ou familiar.

Quanto à formatação, é fundamental que ela seja leve e garanta uma imagem profissional ao seu currículo.

Função atual

Os recrutadores também prestam muita atenção à sua função atual, pois ela ajuda a identificar as competências do concorrente, o papel que vem desempenhando e os resultados que pretende alcançar.

O objetivo é compreender a posição do candidato e os cargos que interagiu ao longo da vida. A função ainda mostra ferramentas que essa pessoa, possivelmente, sabe utilizar.

Tanto uma empresa de avaliação de imóveis rurais quanto qualquer outra procura analisar essas características em um currículo, por isso, você precisa saber elaborá-lo do jeito certo.

Dicas para criar um bom currículo

Se você está procurando seu primeiro emprego ou quer se colocar no mercado, é fundamental saber elaborar um bom currículo. As principais dicas para isso são:

1 – Escolher uma boa foto

Diversas pessoas não sabem se devem ou não incluir uma foto no currículo, visto que há anos isso era uma exigência, entretanto, atualmente, não é mais necessário.

No entanto, se você quiser, precisa tomar cuidado com o tipo de fotografia que vai colocar. O ideal é que ela seja de alta resolução e com fundo branco. Não envie selfies ou fotografias descontraídas.

Assim, para preencher uma vaga em uma empresa especializada em decoração de balão, envie uma foto 3×4, com uma expressão formal.

2 – Ser bastante objetivo

As companhias mais renomadas costumam receber dezenas de currículos diariamente, o que significa que o recrutador precisa analisar muitos candidatos.

Currículos com 2 ou 3 páginas acabam tomando muito o tempo dos recrutadores, além de, geralmente, não corresponderem às vagas.

Ao elaborar o seu documento, coloque se no lugar do recrutador e facilite o trabalho de leitura. Em outras palavras, acrescente apenas aquilo que seja realmente importante para determinada vaga.

2 - Ser bastante objetivo

3 – Coloque as informações essenciais

Todo currículo precisa contar com informações referentes à escolaridade, experiências profissionais e cursos. O primeiro passo para isso é não mentir, pois todos os dados do seu currículo podem ser confrontados durante uma entrevista.

Lembre-se de que, muitas vezes, a avaliação da empresa, como um buffet corporativo, vai muito além da sua qualificação, e algo que todas apreciam, são pessoas idôneas e de confiança.

É necessário incluir os seus dados pessoais, como nome, data de nascimento, endereço, estado, cidade e telefones de contato.

Fale sobre seu objetivo profissional de maneira sucinta e resumida. Evite metas pessoais e não mencione seus planos e sonhos profissionais. Estes são detalhes que você pode conversar com o recrutador durante a entrevista.

Exponha suas formações mais recentes, como graduação e pós-graduação, indicando se elas já foram concluídas ou se ainda estão em andamento.

Além disso, sua carreira e experiência profissional são essenciais, a começar pela mais recente e indo até a mais antiga.

Primeiro você deve colocar o nome da empresa, seguida pelo cargo e falando brevemente sobre as atividades exercidas.

Essas informações não devem ultrapassar 3 linhas para cada empresa que você mencionar. Quanto aos cursos e qualificações, fale apenas sobre aqueles que fazem diferença para a vaga.

Toda organização, como uma de serviço funerário, aprecia cursos de idiomas, conhecimentos em informática e treinamentos relacionados à sua área de atuação.

4 – Não incluir pretensão salarial

Não é recomendável falar sobre sua pretensão salarial em seu currículo, pois dependendo da sua exigência, você pode ser descartado antes mesmo da entrevista.

Muitas organizações costumam mencionar o salário ao anunciar a vaga, caso contrário, o ideal é conversar com o recrutador durante o processo seletivo.

5 – Cuidar dos erros de ortografia

Os erros de ortografia podem simplesmente eliminar um candidato, como palavras escritas erradas e pontuação incorreta.

Apesar de ser algo simples, isso pode te eliminar, portanto, antes de se candidatar para uma vaga de chaveiro 24h, revise o texto do seu currículo e também peça para outra pessoa ler o conteúdo para você.

Conclusão

O currículo é uma ferramenta muito importante para se candidatar às vagas oferecidas pelas organizações. Ele funciona como o primeiro canal de contato entre o profissional e o recrutador, por isso, precisa ser bem elaborado.

É dessa forma que é possível atrair a atenção das empresas e demonstrar sua capacidade de preencher as oportunidades que elas oferecem. Com as nossas dicas, você vai elaborar um documento impecável e que vai contribuir com sua vida profissional.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Influenciadores digitais Tudo sobre a nova profissão no mundo digital

Influenciadores digitais: Tudo sobre a nova profissão no mundo digital

Tenha seu curso em gestão sem sair de casa Entenda mais

Tenha seu curso em gestão sem sair de casa: Entenda mais