in

Como a eletrostática pode queimar o seu projeto ou equipamento eletrônico

Como a eletrostática pode queimar o seu projeto ou equipamento eletrônico

Tudo o que alguém não quer ao montar seu sistema arduíno é ter que lidar com um curto em suas peças e assim perder parte ou todo do seu progresso no protótipo.

Os componentes eletrônicos internos são geralmente bastante frágeis e qualquer pessoa que já trabalhou com eletricidade sabe como ela pode ser instável e prejudicial não só ao ser humano, mas para também os eletroeletrônicos que funcionam com ela.

Mas frequentemente quando falamos de eletricidade e corrente elétrica, já pensamos imediatamente em um raio ou uma descarga muito forte.

Poucos conhecem o potencial mal que uma descarga minúscula como a energia estática pode ocasionar.

Mas não se preocupe! A maioria dos eletrônicos que funcionam de modo mais complexo utilizam capacitores eletrolíticos em seu interior que evitam esses danos.

Quer conhecer mais? Leia abaixo nosso artigo sobre capacitores eletrolíticos!

O que é e como funciona a eletrostática ou energia estática?

A todo momento nosso corpo está trocando informações e vários processos com o ambiente ao nosso redor, desde bactérias e até outras reações químicas.

É impossível um homem que não se relacione de alguma forma com o ambiente, e o mesmo vale para a eletricidade e energia.

Energia estática é uma dessas milhares de informações que trocamos com o ambiente.

Nosso corpo, como todas as coisas que existem, é constituído pelos átomos. E os átomos contém nêutrons e elétrons.

Quando nosso corpo está com excesso ou falta de elétrons (negativo ou positivo) ao tocar com alguma superfície nossos átomos tentarão se equilibrar trocando energia com ele.

É nesse momento em que podemos sentir um choque ao tocar na maçaneta da porta ou tocar em alguém.

O que é e como funciona a eletrostática ou energia estática?

Como controlar a eletrostática em equipamentos elétricos?

Ao trocar energia elétrica com algum componente eletrônico essa troca pode ser em demasiado violenta e causar algum dano no material.

Para se ter uma ideia, nosso corpo pode gerar uma carga de 12 mil volts com essa troca de energia, mas para danificar um microchip, por exemplo, basta 10 volts.

Para evitar esse dano que circuitos mais sensíveis utilizam o capacitor eletrolítico.

O que é o capacitor eletrolítico e quais tipos

Um capacitor eletrolítico é uma das formas que um circuito, seja uma placa mãe ou um modelo arduino, utiliza para evitar um curto pela eletricidade estática.

Um capacitor é um componente capaz de armazenar essas pequenas descargas elétricas, seja ela positiva ou negativa como já explicamos.

Esse capacitor eletrolítico é formado por dois metais condutores com uma camada de isolante, e conforme acumula eletricidade ele também a libera de forma segura para que nenhum componente em sua placa ou arduino seja danificado

O que é o capacitor eletrolítico e quais tipos

Capacitor: características para considerar no seu projeto

Um capacitor eletrolítico existe em diversas formas. Existem os menores, os maiores, os feitos de alumínio ou tântalo, ou até mesmo nióbio.

Esses capacitores têm fins específicos e cada um considera diferentes fatores ao barrar a eletricidade e evitar problemas para seu projeto arduíno.

Capacitores de tântalo e alumínio são geralmente mais utilizados porque são menores em comparação com os de outros materiais, e suportam a mesma resistência de eletricidade.

E no geral é sempre bom se informar sobre os valores de eletricidade que seu projeto pode sofrer ao escolher um capacitor.

Esses objetos podem variar em: taxa de falhas, tensão suportada em energia contínua ou alternada, tamanho, vida útil, e outros fatores que devem ser estudados previamente antes da sua escolha.

Aproveite e saiba mais sobre a tecnologia que dando o que falar, impressora 3d

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 dicas para um bom plano de negócios

3 dicas para um bom plano de negócios

Confira 10 formas de engajar o time de funcionários do seu negócio

Confira 10 formas de engajar o time de funcionários do seu negócio