in , ,

Você sabe a diferença entre furadeira e parafusadeira?

Você sabe a diferença entre furadeira e parafusadeira

Se você ainda não sabe a diferença que existe entre furadeira e parafusadeira veio ao lugar certo, pois aqui nós vamos explicar todos os detalhes dessas ferramentas.

Parece simples, mas existem algumas diferenças essenciais entre elas que merecem ser apontadas, para que assim você faça uma boa escolha.

Por isso, neste artigo, vamos explicar alguns aspectos importantes sobre o tema, incluindo quais são as diferenças entre uma furadeira e uma parafusadeira, bem como escolher a ideal para o tipo de serviço que você vai realizar. Acompanhe a leitura!

Afinal, qual a diferença entre a furadeira e a parafusadeira?

Agora, iremos explicar cada detalhe dessas ferramentas tão utilizadas. As furadeiras, mais comum nos lares, servem para fazer perfurações que irão fixar placas informativas para restaurantes, prateleiras, quadros, móveis em geral e objetos decorativos.

Além disso, elas são vistas como essenciais para a instalação de dispositivos de rede hidráulica e elétrica, e podem realizar furos em estruturas de concreto, alvenaria e até pedras.

Existem vários tipos de furadeiras e parafusadeiras, que podem ser encontradas na versão para hobby e para o uso profissional, o que as diferencia são as potências, velocidade, tamanho e tipo de mandril.

O mandril, assim como as brocas, que são as ponteiras disponíveis em formatos e espessuras diferentes, relacionam-se com as especificidades de cada material a ser perfurado. 

Ou seja, quanto mais resistente à superfície, mais terá que ser a força exercida sob a ela, por isso, a força da ferramenta é tão importante. 

Então, caso você precise de uma ferramenta para fazer uma instalação predial elétrica, é necessário verificar todos esses pontos.

Além disso, também existem as diferenciações entre furadeira de bancada, coluna ou pneumática. 

Essas especificações podem gerar dúvidas de qual furadeira comprar, por isso, vamos lhe ajudar a escolher a melhor de acordo com o que você necessita.

Como escolher a melhor furadeira?

Em primeiro lugar, você precisa definir se o seu uso será profissional ou apenas para um hobby, como  para fazer pequenos ajustes em sua casa.

Você precisa instalar um home theater em sala de cinema, pendurar um quadro decorativo ou perfurar alguma madeira?

As furadeiras de uso doméstico são mais voltadas para serviços leves e em ciclos menores. Nesse sentido, a ferramenta pode chegar até 600W de potência. 

Outra opção é utilizar uma furadeira que contenha a função impacto para serviços de alvenaria.

A furadeira semiprofissional, mais robusta que as outras, é também muito utilizada para uso doméstico, por possuir maior resistência e força, mas são superiores às furadeiras para entretenimento, e também podem ser utilizadas por um tempo maior.

Já a furadeira profissional foi desenvolvida para ser utilizada de forma contínua e sobre materiais mais pesados. Ela é mais usada em construcao comercial, para furar aço, madeira e até concreto.

Há ainda a opção de furadeira de bancada. Este é um equipamento para profissionais, como marceneiros, serralheiros, carpinteiros, entre outras profissões similares.

Entretanto, para serviços de alvenaria é necessário uma furadeira de impacto, pois esta permite que a broca gire e acabe dando alguns socos de leve sobre a superfície. Atente-se, pois nem todas têm essa função. 

As furadeiras sem impacto são excelentes para trabalhar com madeira e metal, ou seja, servem perfeitamente para fazer uma estrutura metalica cobertura, ideal para indústrias ou quadras de futebol.

Entenda mais sobre as parafusadeiras

Agora que ficou claro o uso das furadeiras, iremos explicar quais são os detalhes importantes para a escolha de uma boa parafusadeira. 

Fique tranquilo, pois assim como fizemos no tópico anterior, também iremos ajudá-lo a escolher a melhor ferramenta de acordo com o seu propósito.

Que as furadeiras são diferentes das parafusadeiras ficou claro, mas não é tão simples saber quais são exatamente os aspectos que as diferenciam.

As parafusadeiras, modernas e ergonômicas, são usadas para fixar, apertar ou desenroscar parafusos e rebites, sendo perfeitas para serem utilizadas em serviços de manutenção de persianas.

Entenda mais sobre as parafusadeiras

Por esse mesmo motivo também são usadas para montar móveis, objetos decorativos e outras instalações, visto que essa ferramenta promove uma maior fixação e firmeza do que uma chave de fenda.

Mas não se engane, pois tanto a furadeira quanto a parafusadeira possuem mais funções do que você imagina. 

Os modelos de impacto, podem substituir a função das furadeiras, servindo para fazer furos em diferentes superfícies, sendo necessário apenas trocar a broca. 

Ainda que sejam muito dinâmicas, é preciso levar alguns aspectos em consideração quando o assunto é comprar uma parafusadeira, sendo eles:

  • Aplicação;
  • Desempenho do aparelho.
  • Tipo de uso;
  • Tempo de uso.

A aplicação diz respeito a qual tipo de material você vai usá-la, se em madeira, metal, alvenaria ou concreto, e o desempenho da ferramenta está relativamente ligado à boa execução da parafusadeira.

O tipo de uso é sobre se você é um profissional ou ter a parafusadeira é apenas um hobby para fazer serviços mais simples, como os domésticos. Já o tempo de uso precisa ficar claro quantas horas a máquina ficará ligada.

Após considerar todos esses aspectos, a potência é o próximo assunto a ser levado em consideração.

Já que parafusadeiras de 3,5 volts, por exemplo, são indicadas para serviços leves como apertar a caixinha de tomada ou fazer manutenção de computadores, que são ações que mesmo que você queira, não conseguirá fazer com uma tesoura iris reta.

As que possuem 4,8 volts servem para fazer parafusamentos de até 6mm e manutenção de eletrodomésticos.

Para parafusar algo em madeira e metal, as parafusadeiras de 9,6 volts são as ideais, e a melhor parte é que elas têm capacidade de broca de 10mm e parafusos de 8mm.

Por fim, as parafusadeiras de 12 volts foram feitas para usar em madeira, metal, alvenaria e drywall, então se você precisar equipar um estúdio para ensaio, essa parafusadeira irá ser muito útil.

O que considerar ao comprar sua ferramenta?

Além de saber quais serão as aplicações, tipo e tempo de uso, outros fatores são necessários para que você faça uma boa escolha, como:

1 – O torque das furadeiras e parafusadeiras

O torque é um conceito físico, relativo ao movimento de rotação de um corpo após a aplicação de uma força sobre ele. 

Nas ferramentas que são rotativas, ele é conhecido por ser o responsável por controlar e aplicar a força que a máquina é capaz de efetuar durante suas atividades. Ademais, ele varia de acordo com a máquina.

As máquinas que possuem 3 nm de torque, que é um valor baixo, são indicadas para tarefas mais simples, como reparos domésticos.

Aquelas ferramentas que possuem torque médio de 30 nm e as de alto nível (50 nm ou mais), são ideais para atividades mais pesadas e profissionais, ou seja, são as máquinas de impacto que falamos anteriormente.

Algumas ainda carregam o seletor de torque, o que é uma opção muito moderna, em que você pode decidir o uso da força da máquina de acordo com a atividade que irá realizar.

2 – Design ergonômico

O conforto é essencial em qualquer operação, e é por esse motivo que este é um fator importante na escolha de sua ferramenta.

Grande parte das marcas acreditam que se preocupar com detalhes para trazer um design robusto é fundamental.

Além disso, uma empunhadura ergonômica proporciona a quem está usando conforto e segurança, evitando que a ferramenta escorregue da mão.

2 - Design ergonômico

3 – Bateria durável

Agilidade e praticidade são o resumo das parafusadeiras e furadeiras que são movidas à bateria.

A partir da verificação de quantos ampères as ferramentas suportam durante o uso é que você conseguirá escolher a melhor para seu uso, sem ser surpreendido por um aparelho descarregado. 

É interessante saber que ambas máquinas podem utilizar a mesma bateria, mas saiba que isso influencia na quantidade de torque, ou seja, quanto maior a amperagem, maior será a força.

4 – Controle de torque 

Como mencionado anteriormente, algumas máquinas possuem a função de controlar a quantidade de torque.

Mas para que isso ocorra de maneira segura, é necessário que haja um seletor que define o máximo e o mínimo de força que a ferramenta aplicará.

As regulagens menores são utilizadas para parafusos pequenos e materiais delicados, e as maiores, são utilizadas para parafusos maiores e materiais mais duros.

A regulagem de torque precisa ser feita antes de ligar a máquina, pois se você o fizer durante o uso, pode causar rachaduras nas paredes, danos ao parafuso e à máquina.

Todas essas especificações podem parecer confusas e desnecessárias, mas não são, pois qualquer produto que uma pessoa vai comprar tem que ser adequado ao que ela precisa.

Caso contrário, você terá uma frustração muito grande de ter gasto dinheiro e não obter o resultado esperado.

Além disso, ainda que pequenas, tanto a furadeira quanto a parafusadeira são máquinas que demandam cuidado e atenção, por isso, a dica final é que você não se esqueça dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Seja para uso doméstico ou profissional, é necessário que as luvas, óculos, e protetores de ouvidos estejam disponíveis para o uso. 

Conclusão

Agora, você está apto para comprar a melhor máquina, levando em consideração o tipo de trabalho a ser realizado, bem como as superfícies e materiais que serão perfurados. 

Por fim, temos a certeza de que após seguir as dicas deste artigo, você fará uma excelente escolha.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para que serve um KPI 

Para que serve um KPI? 

Entenda mais sobre customer experience

Entenda mais sobre customer experience