in , ,

A importância de aprender outro idioma

A importância de aprender outro idioma

No começo do século XX, o filósofo Wittgenstein apresentou o conceito que norteia um mundo globalizado, que não chegou a conhecer, e que deixa clara a importância de aprender outro idioma

Tornar-se fluente em outra língua deixou de ser um luxo ou um privilégio de uma pessoa erudita para se tornar uma necessidade absoluta. 

Afinal, poucos querem depender de um tradutor caso consiga passar suas férias em outro país.

Além disso, com a internet, o conteúdo não tem fronteiras e não saber um segundo idioma pode impedir o acesso a produções artísticas, livros e até mesmo atrapalhar a possibilidade de amizades com pessoas de outras culturas. 

No próprio cotidiano, ao ir a um supermercado ou comprar uma vitamina, que diferença faz poder ler um rótulos em inglês, que muitas vezes trazem informações que foram omitidas ou mal traduzidas para o português. 

O aspecto profissional é diretamente impactado também, pois, caso a vaga desejada não peça o conhecimento de outra língua, será um diferencial oferecer no currículo a possibilidade. 

Pode ser que um alto executivo que busca um motorista para atendê-lo não exija que fale outro idioma, mas certamente ficará impressionado com a oportunidade de contratar um motorista particular bilíngue

Tudo é linguagem 

Estamos em comunicação o tempo todo com outros seres humanos. Desde o nascimento, um bebê já se comunica por meio do choro e expressões, assim como pesquisas apontam que já entende quando falam com ele desde a barriga.

A comunicação, feita desde desenhos em cavernas, possibilitou que a espécie humana evoluísse e se construísse em sociedade.

Portanto, aprender novo idioma é se munir de mais ferramentas para poder se comunicar.

Assim como dito no início, a linguagem e seus limites determinam até onde vai seu mundo. 

Por isso, é correto dizer que aprender e aprimorar um novo idioma abre fronteiras em todos os sentidos, não somente profissionais. 

Além disso, aprender outro idioma também é entrar em contato com todos novos conceitos daquela cultura, uma vez que o falar é apenas um dos aspectos que traduz os elementos de um povo. 

Da mesma forma que “saudade” é uma palavra que só existe em português e refere-se a um sentimento específico, saber outra língua também é compreender outras filosofias e meios de vida.

Há palavras de uso corporativo que são utilizadas em inglês porque referem-se a institutos que foram importados no Brasil e para os quais ainda não encontramos sinônimos em nosso vernáculo que traduzem a ideia. 

É possível aprender não somente com livros e aulas, mas também com a convivência com pessoas que falam a língua.

Isso garante não somente o aprendizado em si mas também a ampliação da sua capacidade de se conectar com os outros.

Tudo é linguagem 

Inclusive, ao conviver com pessoas que falam outro idioma, compreende-se melhor o contexto no qual as palavras são usadas. 

Não se corre o risco de, ao fazer convites personalizados para uma festa de aniversário, por exemplo, se escrever “Happy anniversary” (que refere a feliz aniversário de um evento, data comemorativa ou relacionamento, como casamento, namoro, entre outros).

Ao invés de “Happy Birthday”, expressão que significa “feliz aniversário”. 

Conhecimento: a melhor herança para seu filho

Com a necessidade cada vez maior de oferecer melhores e mais variados conhecimentos no mercado de trabalho, os pais têm se preocupado em preparar seus filhos para o futuro, não somente com boas escolas.

É sabido que a capacidade de aprender qualquer coisa é maior quanto menor a idade da criança. 

Tendo isso em vista, a escolha por uma creche bilíngue pode ser o diferencial para que seu filho tenha maior facilidade para o idioma. 

Além disso, pesquisas apontam que ouvir outra língua além do idioma materno amplia níveis cognitivos e fortalece as habilidades linguísticas do indivíduo para toda a vida, até mesmo para se comunicar na fala do país de origem. 

A vontade de todo pai de oferecer o melhor para sua família também se traduz em boas escolhas em termos de educação. 

Algumas opções feitas na infância trazem benefícios para toda a vida, como a prática de esportes e o conhecimento de idiomas. 

Assim, aula de inglês infantil são boas alternativas para garantir o contato com o idioma e o aprendizado precoce.

A pronúncia certa e sem sotaque pode ser garantida com o ensino na infância, tanto quanto a compreensão ao escutar o idioma. 

No momento de realizar a escolha da instituição que garantirá o ensino de outra língua a seu filho, é interessante buscar um catálogo de empresas que tenha os principais pontos de cada uma, além de valores.

Nunca é tarde para aprender, invista em você

Um novo idioma tem espaço na vida de qualquer pessoa, em qualquer idade. Há estudos comprovando aumento considerável na renda daqueles que oferecem mais de uma língua no currículo. 

Ainda assim, é difícil tendo família, emprego fixo e diversas atividades na correria do dia-a-dia encontrar tempo para se deslocar para uma escola e ter aulas. 

Nesse cenário, a melhor opção pode ser aulas em ensino a distância (EaD). 

Antes vistas com desconfiança, os cursos em EaD ganham cada vez mais adeptos, em razão de sua praticidade e de inegável qualidade.

Não é preciso muito para começar e colocar no currículo “inglês – nível iniciante” já pode garantir uma vaga. 

Para isso, é necessário apenas algum tempo livre, um computador e internet de qualidade que possa transmitir bem seu curso, além de uma boa dose de força de vontade. 

Separe um tempo diário para o estudo e a realização das tarefas. 

É importante comunicar a família que, naquele período, você precisa de dedicação absoluta e combinar acordos para que não atrapalhe a rotina de sua casa.

Perceba quais momentos são mais tranquilos e tente encaixar seu estudo. 

Outra dica interessante é sempre ter com você material para estudar. Assim, é possível aproveitar todos os momentos para tirar seu sonho do papel. Leve um livro ou apostila na mochila ou bolsa e aproveite enquanto espera o ônibus ou na fila do banco. 

Todo momento é ideal para aquele que se tornar a melhor versão de si mesmo e isso inclui estar em constante aprendizado. 

Não importa qual a sua ocupação, se aprimorar é sempre necessário. Ainda que, anos atrás, você tenha realizado curso de idiomas e tenha noções básicas para sentir que consegue “se virar”, nunca é demais buscar mais qualificação. 

Cursos online podem oferecer desde mais níveis no idioma para que você finalmente possa colocar “fluente” em seu currículo, como também opções de conversação com nativos para que o falar não seja mais um obstáculo. 

Nunca é tarde para aprender, invista em você

Ainda, com tantas opções no mercado, encontrar um curso que se conecte com as suas necessidades, como “inglês jurídico” ou “inglês para atendimento” é a chave para que seu investimento logo dê frutos. 

Como mencionado, em qualquer área, outro idioma é um diferencial. Se você trabalha com entrega de documentos, por exemplo, poderá encontrar serviços junto a multinacionais que dependam de atendimento bilíngue. 

É importante, entre tantas opções que a internet fornece em termos de cursos de idiomas, escolher uma escola com boas referências e que emita um certificado, para que haja a comprovação do estudo.

Mais que exigência de mercado, escolha para vida

Atualmente, para muitos recrutadores, a exigência de segundo idioma já é tão corriqueira que falam em terceira língua, para além do inglês.

Por mais experiência que o candidato apresente, a chave para contratação, por vezes, é outra língua. 

Especialmente para os que buscam recolocação profissional, além de cursos de atualização na própria área, um bom curso de idiomas pode trazer um brilho a mais para o currículo e garantir o sonhado emprego. 

Um aspecto buscado em profissionais, em um mundo globalizado, é a multiculturalidade e a capacidade de estabelecer relações. 

O conhecimento linguístico se insere nesse contexto como uma das ferramentas para se conectar com outra cultura. 

Para além da evidente relevância profissional, saber outro idioma pode abrir portas inesperadas e confere independência em diversos sentidos, como:

  • Possibilidade de acesso a outras culturas;
  • Facilidade para viajar;
  • Ler livros em versão original;
  • Oportunidade de fazer amizades com pessoas de outros países;
  • Saber pronúncia correta de nomes e palavras do cotidiano;
  • Maior acesso a tecnologia;
  • Mais domínio no contato com itens importados.

Não somente o conhecimento de outro idioma confere todas essas vantagens, como também, aprender, já mais velho, algo desafiador aumenta a autoestima e mostra que nunca é tarde para se aprimorar. 

Da mesma forma que ao aprender a ler, conseguir entender uma placa é motivo de emoção, compreender a mensagem de um banner horizontal escrito em inglês pode trazer lágrimas aos olhos de quem não se achava capaz. 

Há uma frase que diz: daqui um ano, você desejará ter começado hoje. E, seja qual for seu motivo para isso, essa máxima traduz o sentimento em relação a aprender um idioma novo. Não há motivo para esperar se sente que tudo exposto neste texto vale para você. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento comercial entenda como funciona

Atendimento comercial: entenda como funciona

Dicas de cuidados para hospedagem na pandemia

Dicas de cuidados para hospedagem na pandemia