in ,

Passo a passo para voltar para o mercado

Passo a passo para voltar para o mercado

Muitas pessoas sonham com a vida de aposentado, mas mesmo depois de alcançarem a almejada aposentadoria, percebem que querem continuar na ativa. 

Também há quem não possa parar de trabalhar, seja como uma forma de completar a renda, ou somente para manter a cabeça ocupada.

Por esses motivos, milhares de aposentados buscam por novas oportunidades, porém não sabem como voltar ao mercado de trabalho e conseguir uma recolocação profissional. Aliás, isso pode ser bastante desafiador.

De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de trabalhadores com 60 anos ou mais pulou de 382 mil para 557 mil no Rio Grande do Sul (RS). A mesma realidade pode ser constatada em outros Estados também.

Isso porque a expectativa de vida dos brasileiros cresceu muito. Segundo o IBGE, hoje o brasileiro médio vive cerca de 74,6 anos. Para quem se aposentou aos 60, significa uns bons anos ainda com capacidade de se manter na ativa.

Porém, há muitas dúvidas de como voltar a trabalhar depois de ter aposentado. Seja qual for a sua motivação, você pode começar com a leitura deste artigo, que vai trazer dicas e o passo a passoa para voltar para o mercado de trabalho, depois de se aposentar.

Ficou interessado(a)? Então, acompanhe a leitura!

1 – Procure se atualizar sobre as principais tendênciasProcure se atualizar sobre as principais tendências do mercado

Hoje em dia, as mudanças são muito rápidas, ainda mais com os avanços da tecnologia e o contínuo progresso da internet. Por isso, é importante que os aposentados se atualizem sobre as principais tendências do mercado.

Por exemplo, muitos síndicos usam um aplicativo para condomínio para controlar as tarefas administrativas. Isso é só uma das inúmeras possibilidades que os recursos tecnológicos oferecem.

Além do mais, é importante não só se manter atualizado quanto às evoluções da tecnologia, mas também aprender novas técnicas e métodos do segmento profissional, como os conhecimento na área do empreendedorismo.

É possível encontrar bons cursos inteiramente online e até mesmo gratuitos sobre as tendências do mercado e empreendedorismo. Assim, você pode dedicar um tempo para estudar e conseguir uma boa oportunidade no mercado.

2 – Avalie a possibilidade de abrir um negócio próprio

Seja pelo cenário de crise econômica no Brasil, ou pela dificuldade de encontrar emprego após uma certa idade, os aposentados podem avaliar o investimento de um negócio próprio.

Aliás, muitas pessoas quando se aposentam sentem falta de uma ocupação e acabam descobrindo novos talentos, que antes ficavam adormecidos.

Por exemplo, você pode descobrir que sente enorme prazer em fazer pintura de fachadas e trabalhar com serviços de acabamento para casas. Assim, é possível usar o que antes era um “hobbie” como uma atividade principal para a geração de renda.

Ou, então, você também pode empreender dentro de uma área que já conhece e tem experiência. 

Assim, caso você tenha trabalhado por muitos anos em uma loja de portões eletrônicos, pode abrir um empreendimento voltado à manutenção de porta de enrolar de alumínio ou algum segmento relacionado.

De qualquer modo, é importante buscar informações sobre como ser um empreendedor. Para isso, consulte os cursos online e faça um planejamento detalhado do seu negócio, com os objetivos, metas e necessidades de investimento.

3 – Mantenha o seu currículo em dia

Apesar de não ser fácil encontrar uma oportunidade de trabalho após a aposentadoria, algumas empresas dão preferência para profissionais que são especialistas em uma determinada área ou possuem um currículo recheado de experiências.

Por conta disso, se você é um engenheiro com qualificação em redes hidráulicas, com conhecimento aprofundado em motobomba centrífuga, por exemplo, é importante colocar esses detalhes no seu currículo.

Os candidatos mais experientes são vistos com bons olhos por muitos negócios, já que esses profissionais têm uma grande bagagem de conhecimento, além de que não almejam tanto uma promoção, crescimento a curto prazo dentro da empresa, ou até mesmo cargos de gestão.

4 – Faça cursos de reciclagem da sua profissãoFaça cursos de reciclagem da sua profissão

De novo com a evolução tecnológica, muitas profissões passaram por mudanças drásticas na forma de trabalho, com a introdução de novos equipamentos, componentes e acessórios. Isso é notável, por exemplo, nas áreas de engenharia.

Uma solda a frio é feita de forma bastante diferente, com o auxílio de ferramentas de ponta, que realizam um trabalho de maior qualidade, de forma mais rápida e com redução de custos.

Por isso, se você tem uma profissão que passou por mudanças nos últimos anos, vale a pena procurar por cursos de reciclagem (ou de atualização). Eles podem ser encontrados facilmente na internet, inclusive algumas modalidades oferecem certificação.

E engana-se quem pensa que só porque os cursos são online o ensino é de má qualidade. Ao contrário, eles são tão bons quanto os presenciais e ainda têm a vantagem da flexibilidade de estudo, já que o aluno pode estudar quando, como e onde quiser.

5 – Seja um profissional autônomo

Para quem não quer abrir um negócio próprio, mas também não deseja continuar trabalhando para outras pessoas, a solução pode ser o trabalho como profissional autônomo. Inclusive, existem até aplicativos voltados para a contratação dessas pessoas.

Entre as alternativas para o trabalho autônomo, destacam-se:

  • Motorista de aplicativo;
  • Trabalho com marketing;
  • Serviços gerais;
  • Manutenção de equipamentos.

Por exemplo, você pode encontrar um serviço de reparo de bomba hidráulica diretamente pela internet e ganhar por cada atividade realizada.

Em alguns casos, a plataforma ou aplicativo exige uma parcela dos lucros, no entanto, a vida de autônomo pode ser muito favorável para quem é aposentado, já que é possível escolher os próprios horários de trabalho.

A internet pode ser uma grande aliada para os profissionais autônomos. Sendo assim, caso você ainda tenha receio ou dúvidas de como usar plataformas digitais, busque estudar mais sobre o funcionamento da internet e, se necessário, faça cursos gratuitos online.

Não pode ter medo de arriscar e mostrar suas dúvidas. Quanto mais esclarecimento, mais fácil você poderá encontrar novos trabalhos e ter uma renda extra.

6 – Procure por trabalhos sazonais

O mercado de trabalho sempre oferece vagas de emprego em determinadas épocas do ano, em especial nas datas festivas (Natal, Ano Novo, Dia das Mães). 

Esta pode ser uma oportunidade para ganhar um dinheiro extra, sem precisar se dedicar por longos períodos de tempo.

Para isso, busque atualizar suas competências e experiências, procurando uma vaga que tenha a ver com o seu perfil.

Por exemplo, caso tenha experiência em venda de produtos elétricos, pode ser interessante procurar uma vaga temporária em uma loja especializada na comercialização de chave fim de curso.

Mas não se esqueça que mesmo em trabalhos sazonais, é importante manter um currículo atualizado e se manter atento às tendências do mercado.

7 – Procure uma consultoria especializadaProcure uma consultoria especializada

Se mesmo depois de atualizar o seu currículo, realizar cursos e buscar novos aprendizados você ainda sente dificuldade para voltar ao mercado, uma solução pode ser procurar por agências de consultoria especializada no recrutamento, seleção e encaminhamento de profissionais com mais experiência.

Vale a pena contar para os consultores sobre suas preferências de trabalho, de acordo com a vivência que teve ao longo dos anos. Se possível, fale sobre casos de sucesso ou tenha um portfólio com seus trabalhos, como o resultado de uma manutenção de válvula globo.

As empresas de consultoria também podem te ajudar em outros trâmites, como em dúvidas jurídicas, aconselhamento de carreira e recomendações de cursos online para que você se atualize sobre as tendências do mercado.

Conclusão

Conquistar a aposentadoria é o sonho de muitas pessoas, especialmente para quem trabalhou duro durante muitos anos. 

No entanto, depois de se aposentar, é comum sentirmos falta do trabalho ou, devido ao baixo preço da aposentadoria, precisarmos de uma renda extra para pagar as contas.

É devido a isso que alguns aposentados buscam recolocação profissional ou uma oportunidade de voltar ao mercado de trabalho.

Há muitas maneiras de encontrar uma forma de continuar ativo, contudo, é fundamental se manter atualizado sobre as principais tendências, já que muitas funções passaram por verdadeiras transformações tecnológicas, com o avanço da internet e as modernas inovações.

Mesmo assim, voltar ao mercado de trabalho não precisa ser um “bicho de sete cabeças”. Aliás, é possível buscar a atualização e enriquecer ainda mais o seu currículo com os cursos online disponíveis na internet.

E quem busca uma inspiração para começar o negócio próprio depois de aposentar, é interessante buscar por cursos voltados ao empreendedorismo. 

Dessa forma, dá para descobrir como montar um planejamento adequado, alinhando os seus objetivos pessoais e profissionais na abertura da sua empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entenda o que faz um agente comunitário

Entenda o que faz um agente comunitário

Por que é necessário aprender outros idiomas?

Por que é necessário aprender outros idiomas?