in ,

O que significa o conceito lifelong learning?

O que significa o conceito lifelong learning

Aprender a conhecer, a fazer, a conviver e a ser são os pilares desse conceito

Em um mundo globalizado como o nosso, ter conhecimento sobre diferentes áreas e temas é um grande diferencial, principalmente quando percebemos que o mercado profissional tem se tornado cada vez mais concorrido e exigente.

Nesse sentido, um conceito relativamente novo, mas que tem se incorporado a esse modus operandi global, é o de lifelong learning ou educação continuada.

Ele está relacionado à busca contínua por conhecimento e prática, para além daqueles adquiridos na escola ou na faculdade — como buscar cursos online.

A ideia é de que todos nós, independentemente da faixa etária, gênero, classe social, podemos aprender coisas novas e aperfeiçoar aquilo que já sabemos.

Como resultado, teremos uma bagagem de conhecimento teórico e prático muito maior, abrindo novos caminhos e possibilidades à nossa frente.

O que é lifelong learning?

Na tradução literal para o português, lifelong learning significa “aprendizado ao longo da vida”.

Na prática, trata-se de uma mentalidade que entende que nós, humanos, não somos seres prontos e, por isso mesmo, podemos sempre aprender algo novo.

Essa mentalidade vai contra, por exemplo, à ideia de que para entrar no mercado de trabalho você só precisa ter um diploma de ensino superior.

Isso não significa que o estudo, seja ele a nível fundamental, médio ou superior, não seja necessário — muito pelo contrário!

Na verdade, o conceito de lifelong learning entende que a educação e o aprendizado são elementos que podem e devem ser aprimorados ao longo de toda a nossa existência.

Isso vai se refletir em vários aspectos da nossa vida, com destaque para o desenvolvimento vocacional e profissional. 

Para a Lifelong Learning Council Queensland (LLCQ), organização internacional que representa o lifelong learning, tal conceito é baseado nos seguintes pilares:

O que é lifelong learning?

Aprender a conhecer

De maneira simples, trata-se da busca pelo conhecimento. É ter curiosidade sobre o mundo à nossa volta, refletindo e buscando respostas para as nossas perguntas. É também ter pensamento crítico na busca pelo conhecimento.

Aprender a fazer

A prática também aparece como base importante, ajudando no desenvolvimento de técnicas e habilidades. Desafios, tarefas rotineiras e responsabilidades também entram nesse leque.

Aprender a conviver

Essa parte está ligada à necessidade de conexão entre as pessoas, feita através da interação e do convívio diário. Tal pilar entende que essas conexões também são capazes de promover a troca de conhecimentos.

Aprender a ser

O último pilar está atrelado à criação de autorresponsabilidade a respeito do aprendizado conquistado e ao desenvolvimento de autonomia para aprender.

Aplicando o lifelong learning na prática

O interessante é que existem diferentes formas de se colocar na prática o conceito de lifelong learning. Conheça alguns exemplos a seguir.

Faça cursos de qualificação

Um ótimo exemplo de aplicação do conceito de lifelong learning na prática é a busca e realização de cursos de qualificação.

Isso implica em uma ampliação de conhecimentos relacionados à sua área de trabalho, por exemplo, de modo mais específico e detalhado.

Como resultado, você se torna um profissional com maior conhecimento teórico e técnico sobre a sua área de atuação. Além, é claro, de te deixar muito mais seguro na hora de tomar decisões importantes.

Faça cursos de qualificação

Frequente ou assista palestras

Outra forma de adquirir conhecimento é frequentando ou assistindo palestras sobre assuntos que lhe sejam caros, isto é, importantes para você — independentemente de ser algo voltado ou não para a questão profissional.

Muitas vezes, o palestrante traz exemplos de situações que fazem parte das nossas próprias vivências, facilitando o entendimento acerca do tema abordado.

Mas, além disso, expõem alternativas e até mesmo soluções para alguns dos problemas que enfrentamos no nosso cotidiano. 

Atente-se às tendências de mercado

De modo geral, há uma exigência cada vez maior para os profissionais que desejam se manter em boas posições no mercado de trabalho.

Isso implica na necessidade de maior atualização de habilidades e percepção de tendências na sua área.

Buscar conhecer as novas tecnologias e jamais se opor àquilo que surge como novo são atitudes de quem entende que o mundo está em constante transformação e, por isso, é preciso que nós nos adaptemos a ele.

Aprimore as suas habilidades

Por último, mas não menos importante, busque identificar e aprimorar as suas habilidades pessoais e profissionais.

Lembre-se também de fazer o mesmo com seus pontos fracos, de modo que eles também sejam aperfeiçoados e superados.

Com tudo isso você poderá aplicar o conceito de lifelong learning para a sua vida e, enfim, colher todos os benefícios da educação continuada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gestão escolar saiba mais sobre o assunto!

Gestão escolar: saiba mais sobre o assunto!

Saiba como incorporar o aprendizado à rotina de lazer das crianças

Saiba como incorporar o aprendizado à rotina de lazer das crianças