in , ,

O que é Job Rotation?

O que é Job Rotation

A prática de job rotation tem sido cada vez mais aplicada em empresas como uma melhoria na estruturação da empresa, principalmente em períodos mais recentes. 

Também conhecida como on the job, esta é uma importante ferramenta para atualizar seus colaboradores.

Com as constantes alterações no mercado de trabalho, muitos profissionais de RH notaram a necessidade de colaboradores mais generalistas, que sejam capazes de atuar em diversas frentes ao invés de estar em apenas uma área.

Entretanto, para conseguir capacitar seus funcionários para exercer diversas funções diferentes, é fundamental que você enquanto empresa use de os meios para que eles sejam capazes de aprender todo o caminho de produção.

Para conseguir efetuar esse tipo de transformação, é utilizado o conceito de job rotation

Por isso, vale a pena contratar os serviços de uma sala comercial por hora para criar treinamentos e praticar o desenvolvimento de seus colaboradores para esse processo de rotação.

Aqui, muitas empresas têm aproveitado para ampliar o conhecimento e o aprendizado de seus colaboradores, sobretudo as novas aquisições.

Isso porque alguns funcionários mais antigos têm um pouco mais de resistência para a mudança, então é melhor começar a capacitar a equipe mais jovem para que você consiga resultados mais expressivos com esta mudança.

Esse tipo de recurso é muito utilizado com o onboarding, uma técnica que busca encaixar um novo colaborador na equipe de forma natural e bem construída.

Nestes casos, é importante que o novo funcionário passe pelo máximo possível de áreas, conhecendo e identificando todo o trabalho realizado pela empresa.

Assim, ele não só terá consciência de todo o processo da empresa, como pode acabar apresentando algum novo talento, algo que se destaque de suas funções ordinárias.

Algumas funções, como a de um oftalmologista pediátrico, precisam de uma especialização para exercer a função, mas outras áreas podem ser facilmente rotacionadas.

Este processo de rotação de funções é muito comum em programas de estágio e em trainee. Isso porque estes novos colaboradores estão ávidos pelo aprendizado, buscando compreender cada detalhe que se passa na empresa.

Por isso, é importante que seu negócio consiga oferecer o máximo possível de experiências para estes funcionários, aproveitando a sede de conhecimento para criar um profissional habilidoso e versátil, que pode acabar se tornando indispensável para a empresa.

Por conta desse tipo de processo, muitas empresas têm mantido cada vez mais projetos de estágio e de trainee, selecionando os melhores da turma para a efetivação e início da vida profissional dentro da empresa.

Inclusive, a organização pode adquirir uma nova linha de computador novo para a empresa, e aproveitar para colocar seus colaboradores para testar suas experiências em outras áreas.

Por que fazer rodízio de funções?

Existem diversas vantagens no processo de utilização de job rotation em sua empresa. Além de permitir um ambiente muito mais amplo para os profissionais atuarem, a companhia acaba adquirindo novos talentos e potenciais em seus colaboradores.

Para um negócio, uma das principais vantagens é identificar os pontos fortes de seus colaboradores e realizá-los onde eles possam produzir de forma melhor. Esse tipo de ação consegue gerar resultados muito mais positivos para ambos os lados.

Por exemplo, uma empresa de pintura residencial precisa de diversas pessoas em diferentes áreas para funcionar corretamente. Quanto mais cada colaborador conhecer do processo da empresa, melhor.

Por que fazer rodízio de funções?

Quando você consegue implementar corretamente este modelo em sua empresa, elimina a necessidade de treinamentos internos exaustivos e longos, uma vez que a prática vai sendo aplicada a cada dia.

Dessa forma, todos os seus colaboradores acabam compreendendo o funcionamento completo da empresa, e conseguem tornar-se mais produtivos, uma vez que compreendem seu posicionamento na estrutura hierárquica da companhia.

Além disso, é possível unir áreas que têm pouca comunicação entre si. Através do job rotation, os colaboradores de um determinado setor passarão mais tempo em outros, identificando suas principais necessidades e como trabalhar de forma mais integrada.

Esse tipo de validação é essencial para melhorar a produtividade de um modo geral, uma vez que você acaba fazendo diversas áreas diferentes trabalharem junto, como:

  • Marketing;
  • Vendas;
  • Produção;
  • Gestão.

Todos os setores acabam trabalhando de forma mais unificada, gerando muito menos atrito entre as áreas e uma maior colaboração, o que auxilia na melhora do clima organizacional da empresa.

Por isso, a ideia de adquirir uma mesa grande para escritório é ótima para garantir espaço para o funcionário se preparar com tranquilidade para exercer a nova função.

O job rotation, entretanto, não é uma técnica que visa beneficiar somente a empresa. O colaborador também tem diversos benefícios com a aplicação desta prática.

A primeira delas é o acúmulo de experiência. O funcionário que passa pelo exercício de trocar de funções é constantemente tirado de sua zona de conforto, garantindo um conhecimento muito maior da empresa.

Esse tipo de ação também permite que o colaborador amplie sua visão estratégica, uma vez que conhecerá diversos setores e poderá começar a  perceber possibilidades de melhoria em cada uma delas.

Um funcionário que tem um conhecimento amplo sobre a empresa está apto a tomar qualquer posição, inclusive cargos de gestão. É importante ter em mente que uma das melhores estratégias de crescimento profissional é se destacando em seu setor.

Esse tipo de atividade acaba permitindo que o colaborador explore todos os seus potenciais, alcançando novas e interessantes experiências para conseguir bons resultados para a empresa. 

Com isso, um funcionário acaba ganhando muito mais experiência e qualidade no trabalho.

Como aplicar o job rotation?

Embora existam inúmeros benefícios para esta prática, a implementação passa por alguns desafios que requerem a atenção da equipe de gestão e de RH para que seja possível aplicar as atividades, com muito mais certeza de que suas ações terão bons resultados.

O olhar sem cautela e a ativação do job rotation sem um preparo adequado pode anular a efetividade da ação e até mesmo prejudicar o processo, por isso, é importante ter muito cuidado.

1 – Analise seus recursos

Um dos primeiros passos para tomar com relação a essa prática é tomar cuidado quando você for alocar um novo recurso em uma determinada posição. Como gestor, é preciso fazer isso com cuidado, para que consiga estruturar o processo.

Além disso, é fundamental ter em mente que você precisa analisar todos os recursos que foram movimentados em um determinado período. A única forma de compreender se as ações estão gerando bons resultados é através da análise.

Por isso, é importante que você consiga aproveitar o melhor possível dessa estratégia, identificando todos os pontos positivos e aqueles que precisam de melhora, conseguindo realocar corretamente seus recursos para aumentar sua produtividade.

2 – Atribua mentores

Algumas pessoas são excepcionais em um determinado setor. Muitas vezes, esse tipo de destaque deve ser recompensado, e você pode acabar perdendo a possibilidade de uma produtividade maior se mover este colaborador para outra área.

Pensando nisso, você pode aplicar o conceito de mentoria dentro das atividades de job rotation.

Isso permite que não só sua empresa, como uma academia de hidroginástica explore as capacidades de um funcionário em particular, mas facilite a transição de outros profissionais.

O mentor, neste caso, atua como uma espécie de professor, auxiliando os primeiros passos dentro de uma determinada área.

2 - Atribua mentores

3 – Manutenção do aprendizado

Parte do job rotation é justamente o aprendizado de diversas áreas do trabalho. Entretanto, se toda a equipe está em rotatividade, é preciso aprimorar as técnicas de ensino para otimizar o tempo em que um colaborador compreende a área de atuação.

Quanto mais for possível utilizar a automação e outros recursos tecnológicos para apresentar os conceitos do trabalho, melhor. Hoje em dia, existe a possibilidade de criar cursos em vídeo e texto, permitindo a visualização em projetor de vídeo portátil e que tenha uma absorção muito mais rápida das ações.

A tecnologia é um passo importante para que se consiga explorar na totalidade os recursos do job rotation. Isso porque a parte mecânica do trabalho acaba sendo realizada por ferramentas de automação, como a inteligência artificial.

O que o colaborador precisa aprender é muito mais no campo da produção e criação do que em realizar movimentos repetitivos, o que garante uma liberdade maior para que o funcionário consiga explorar seus potenciais.

4 – Adapte o ambiente de trabalho

Você precisa ter uma companhia adaptada a essa realidade para conseguir explorar melhor os conceitos de job rotation. O principal elemento é a adaptação que toda a empresa passa para começar a aplicar esse tipo de metodologia.

Você não pode simplesmente alocar profissionais de um setor para outro aleatoriamente. Boa parte desse processo se resume a um excelente planejamento e a possibilidade de um engajamento maior entre sua equipe.

É preciso integrar os conceitos de job rotation na cultura de sua empresa, para que todos os colaboradores se empenhem em criar um ambiente adequado para a propagação desse tipo de conhecimento.

Considerações finais

Aprender a otimizar sua equipe é uma das principais estratégias para manter-se competitivo no mercado. Através de técnicas como o job rotation, um negócio é capaz de otimizar seu quadro de funcionários e explorar muito mais suas capacidades.

Existem diversas técnicas que você pode utilizar para aplicar a rotação de seus colaboradores, como a instalação de um banner informativo explicando o processo, por exemplo.

Além de descobrir os pontos fortes e talentos de seus colaboradores, ainda acaba com uma equipe muito mais qualificada, uma vez que eles terão aprendido todo o processo de produção da empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Como fica a cicatriz do lifting facial?

Como fica a cicatriz do lifting facial?

WhatsApp Marketing como é feito

WhatsApp Marketing: como é feito?