in

O que seguir depois de fazer o curso de odontologia?

O que seguir depois de fazer o curso de odontologia

A odontologia oferece um amplo leque de atuações de emprego, fazendo com que o curso seja um dos mais procurados no país.

Exibiremos aqui todas as ramificações e principais áreas de atividade do curso.

O que é odontologia

Odontologia é a profissão responsável por cuidar da saúde bucal das pessoas. Para se tornar um dentista profissional, o curso de odontologia fornece ao estudante a teoria, prática de atuação na área, além de um conteúdo especializado focado totalmente na área da odontologia. 

O profissional formado, depois de já saber o que é odontologia, possui a expertise e total competência para avaliar, diagnosticar disfunções, e indicar ao paciente o tratamento correto para fazer com que resgate a saúde do paciente de maneira valiosa.

Mas para se tornar um dentista, o aluno deve-se estudar muito. O profissional da odontologia, se dedica completamente aos cuidados e tratamentos dos dentes, dos ossos da face e da boca em geral.

Para exercer a função de dentista, é necessário se aprofundar plenamente nas áreas da Saúde e Ciências Biológicas para se sobressair também nas aulas práticas.

O que é odontologia

Quais as áreas para atuar depois de concluir curso de odontologia?

Citadas acima as profissões e as especializações na qual a odontologia oferece, mostraremos agora quais são as 7 áreas de atuação que o profissional poderá escolher assim que concluir o curso. 

  • Cirurgia: Como cirurgião-dentista, terá as seguintes opções de atuações em setores como de extração, curativos na região ou reparos. E além dos cuidados nos dentes, tende a preocupar-se com as gengivas, bochechas, lábios e maxilar.
  • Endodontia: Na endodontia, os cuidados ficam nas partes internas dos dentes, como raízes. Além de avaliar se existe algum comprometimento e quais as causas, o profissional será responsável por tratamento de canal.
  • Odontologia do trabalho: Essa é uma das áreas da odontologia com mais versatilidade, pois o profissional poderá trabalhar com negócios de vários ramos. Nela exige que cuide da saúde bucal dos profissionais que trabalham nesta tal empresa, evitando doenças,e com principal objetivo de manter em dia a saúde bucal dos funcionários.
  • Ortodontia: A ortodontia engloba cuidados com os alinhamentos dos dentes. Além de colocar aparelhos dentários por questão de estética, auxilia o paciente a comer, respirar e até a dormir melhor.
  • Implantodontia: o profissional tem como função, o implante de prótese, além de auxiliar o paciente ao longo do uso. O uso da tecnologia tem ganhado espaço cada vez mais nessa área.
  • Odontologia estética: Nesta função o profissional trabalha com clareamentos, uso de lentes de contato dentais, aplicação de novas técnicas, etc. A odontologia estética traz preocupação com a beleza do paciente, e garantia na estética.
  • Odontopediatria: Cuidado com bebês, crianças e adolescentes inclui prevenção, tratamentos e acompanhamento do crescimento dos dentes. Fazendo com que o profissional tenha cuidado com a saúde bucal do paciente desde cedo para ter um desenvolvimento saudável.

O que seguir depois de fazer o curso de odontologia?

Por ser o segundo curso mais procurado da área da saúde, ficando atrás somente da medicina, a odontologia é uma das profissões mais bem pagas do país e o campo de atividade do trabalho é bem amplo em todas as regiões.

O curso de odontologia é um bacharelado feito de forma presencial com duração de cinco anos. É disponibilizado em faculdades públicas e privadas e devido a nota de corte ser um pouco acima, a disputa é bem competitiva.

O que seguir depois de fazer o curso de odontologia?

O interessado automaticamente tem que se preparar bem e se dedicar muito para conquistar a vaga.

A área de atuação é grande em todos os cantos do país para quem pretende atuar na Odontologia.

Os profissionais têm várias opções de oportunidade no serviço público, podendo escolher também clínicas especializadas, hospitais públicos ou particulares, empresas privadas, ou até mesmo abrir seu próprio consultório odontológico.

Conforme o Conselho Federal de Odontologia (CFO), existem hoje 19 especialidades na área de odontologia que estão a ser utilizadas pelos profissionais. Saiba quais são essas especialidades e como cada uma atua:

  • Saúde Coletiva: atua de forma preventiva com planos de saúde, em cooperativas e no planejamento de programas, junto com assistência social.
  • Odontopediatria: cuida e auxilia na saúde bucal de crianças e adolescentes.
  • Odontologia do Trabalho: onde a saúde bucal está em risco, devido a atividade profissional.
  • Odontologia Legal: elabora exame e perícia judicial e faz atestados e laudos técnicos.
  • Prótese Dentária: trata de reposição de tecidos bucais e casos como perda de dentes.
  • Dentística: reestrutura as funções dos dentes e as formas.
  • Endodontia: cuida de alterações na raiz e na polpa dos dentes.
  • Disfunção: trata anormalidades nos músculos da mastigação.
  • Implantodontia: implanta próteses dentárias e pinos para restaurar espaços ausentes de dentes.
  • Cirurgia e Traumatologia: responsável por identificar traumatismos, além de lesões e anomalias na boca, no rosto e em todos os órgãos do sistema de mastigação. Além de procedimentos como enxertos, cirurgias, transplante e implante.
  • Radiologia: atua com diagnósticos em problemas na boca, no rosto e nos maxilares por meio de raios X.
  • Patologia Bucal: diagnostica, previne e trata de doenças bucais de outras especialidades.
  • Periodontia: trata dos ossos que dão sustentação aos dentes e da gengiva.
  • Estomatologia: diagnostica e trata doenças da boca.
  • Ortodontia: altera a mordedura e a posição dos dentes com aparelhos.
  • Ortopedia Funcional:  trata do funcionamento dos maxilares, e soluciona o das arcadas.
  • Odontogeriatria: cuida da saúde bucal do idoso.
  • Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais: atende pacientes com necessidades especiais em situação de risco ou que apresentam psicopatologias ou patologias físicas.
  • Prótese Bucomaxilofacial: projeta e reabilita próteses de dentes danificados ou perdidos em pessoas com malformação facial.

Vale a pena ressaltar que, dentro de cada especificação, há formas diferentes de serviços e atendimentos. Em alguns casos, os consultórios atendem somente de forma particular, recebendo os pacientes em casos mais graves e instantâneos.

Em outros atendem através de plano odontológico, que neste caso, pro cliente seria mais viável devido ao custo benefício mais em conta. Tudo isso varia de acordo com a necessidade do paciente e com a forma em que o consultório atende.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que é preciso fazer para aparecer na mídia

O que é preciso fazer para aparecer na mídia?

Estudante 5 dicas na hora de estudar cálculo

Estudante: 5 dicas na hora de estudar cálculo