in , ,

Odontologia: entenda os benefícios da profissão

Odontologia entenda os benefícios da profissão

É muito comum termos dúvidas a respeito de qual profissão escolher. No entanto, algumas áreas ganham destaque, como é o caso da odontologia, devido às ótimas perspectivas de atuação no mercado e reconhecimento profissional.

Para termos uma ideia, o Brasil é o país que concentra o maior número de profissionais de odontologia, com mais de 280 mil cirurgiões-dentistas em atividade. Por ano, as faculdades formam mais de 11 mil dentistas.

Mesmo assim, a procura é grande. Tanto que esse segmento de mercado cresce cada vez mais, não só com a procura dos pacientes, mas também os serviços indiretos envolvidos.

Segundo uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a odontologia é a segunda carreira mais rentável no Brasil. Em primeiro lugar, ainda está a Medicina. No início de carreira, a média salarial do dentista pode variar de 2 a 6 mil reais.

Um exemplo dessa rentabilidade refere-se à indústria de produção de acessórios para dentistas, como alicate de dentista, cadeiras para consultórios, entre outros.

Ou seja, é uma profissão que oferece muitas vantagens para quem deseja começar na área, ou mesmo trabalhar em setores adjacentes.

Atualmente, cerca de 70% dos dentistas brasileiros estão nas regiões sul e sudeste, com destaque para o Estado de São Paulo, com mais de 47 faculdades de odontologia.

Por esse motivo, o artigo de hoje vai mostrar os benefícios da profissão de dentista e como é o mercado de odontologia. Assim, você terá uma nova perspectiva para escolher a sua carreira profissional. Acompanhe a leitura!

O que é a odontologia?

O profissional formado em odontologia, isto é, o dentista, lida com várias atividades de intervenção bucal, incluindo correção dentária, limpeza e saúde dos dentes, cirurgias e até mesmo procedimentos estéticos.

Inclusive, há dentistas que trabalham lado a lado com profissionais do ramo da estética, realizando preenchimento facial bigode chinês com botox, sendo mais uma possibilidade de atuação na área.

Percebe-se que o campo de trabalho é amplo, tendo um crescimento ainda maior com o surgimento de novos procedimentos e tecnologias odontológicas, que permitem o aprimoramento das atividades profissionais.

Hoje em dia, a área oferece diversas especializações em muitos segmentos, sendo fácil para o profissional encontrar um bom posicionamento no mercado.

Nesse sentido, caso a intenção do dentista seja trabalhar com estética, por exemplo, é possível se aprimorar em vários tratamentos, como uso de luz pulsada rosto, indo para um mercado em ascensão.

Contudo, se a preferência é por atividades mais tradicionais, focadas na saúde bucal, também há espaço para outras especializações, como a pediatria odontológica, periodontia, entre outras.

Quais as principais especializações da odontologia?

Fora os tradicionais tratamentos contra cáries e a restauração de dentes, o profissional de odontologia pode se especializar em diversos segmentos, sem deixar de lado a sua formação como cirurgião dentista.

Quais as principais especializações da odontologia?

A seguir, separamos algumas das principais especializações da odontologia para você conhecer um pouco mais sobre a profissão. Confira!

  • Periodontia: tratamento de gengiva e osso de sustentação dos dentes;
  • Endodontia: tratamento das raízes dos dentes;
  • Ortodontia: reposicionamento dos dentes e próteses;
  • Odontopediatria: tratamento para crianças;
  • Odontologia para pacientes especiais: focado em cuidados rígidos;
  • Cirurgia bucomaxilofacial: tratamento de traumas nos ossos e tecidos;
  • Implantodontia: reabilitação funcional e estética com perda dos dentes;
  • Odontologia hospitalar: atenção aos pacientes internados.

Essas especialidades permitem que o profissional possa atender tanto em consultório próprio, quanto em clínicas, hospitais, ou até mesmo em parcerias com outras organizações (por exemplo, escolas, no caso da odontopediatria).

O primeiro caso é mais comum. Tanto que vários profissionais, logo após formados, começam a fazer cotação de equipamentos para consultórios, como compressor odontológico silencioso, acessórios, etc.

Onde trabalhar como dentista?

Quem resolve ingressar na faculdade de odontologia não precisa ficar com essa visão fechada de consultórios. Como dissemos, apesar de ser uma opção comum, o dentista pode atuar em várias frentes.

Abaixo, conheça algumas alternativas para atuar no mercado de trabalho.

1 – Serviço público

O setor público é uma das áreas mais promissoras e com ótimas oportunidades de trabalho para a odontologia. 

Aqui, é possível atuar em frentes de políticas públicas da saúde, ainda mais com a ampliação de programas voltados para a higiene bucal, como o Saúde da Família.

Além disso, os dentistas também podem atuar nas unidades militares e em bases de atendimento à população. Há ainda os cargos disponíveis para dentistas atuantes em órgãos de vigilância sanitária e de auditorias.

O setor público também permite que o dentista possa atuar em conjunto com investigações policiais, já que é possível coletar provas em braquete porcelana, ver formato das arcadas dentárias, entre outros procedimentos.

De acordo com o Ministério da Saúde, a rede pública emprega cerca de 30% dos dentistas do país, com foco em unidades básicas, centros de especialidade odontológica e hospitais.

Uma das grandes vantagens de trabalhar no setor público é a segurança financeira. No entanto, as jornadas costumam ser mais intensas, em comparação aos consultórios.

Além do mais, é preciso saber lidar com a ausência de equipamentos e materiais na rede pública. Muitas vezes, falta notebook novo para melhor atuação do dentista, sendo necessário contornar essas problemáticas.

2 – Ensino e pesquisa

A área de odontologia também tem ótimas oportunidades para ingressar no ensino e na pesquisa, principalmente para quem deseja continuar os estudos.

Há muitas vantagens desse tipo de atuação, começando pelo salário, bonificações e o reconhecimento do seu trabalho. No entanto, é preciso percorrer uma longa jornada, já que tornar-se um pesquisador é algo que demanda muito aprimoramento.

3 – Empresas

A indústria de produtos odontológicos também oferece ótimas oportunidades para os dentistas atuarem como gestores, consultores e até mesmo assistentes comerciais.

Assim como no setor público o salário também é excelente, mas o profissional não conta com a segurança e estabilidade.

No entanto, dependendo de quanto o dentista crescer na organização, ele pode ser reconhecido como a “cara” da companhia, ou seja, uma espécie de carimbo empresa que atesta a qualidade dos produtos. Sendo assim, torna-se difícil perder um cargo dessa altura.

4 – Consultórios

Os consultórios são bastante tradicionais por conta da flexibilidade de trabalho que oferecem aos dentistas.

O profissional pode escolher o melhor horário para trabalho, porém, os ganhos também são diferentes a cada mês.

Mas há a autonomia de não precisar lidar com chefes, além da possibilidade de montar um negócio do jeito que você sempre sonhou – escolhendo até os mínimos detalhes, como uma luminária led escritório, por exemplo.

Como é o curso de odontologia?

O curso de odontologia segue o método tradicional de ensino, porém, ele também se baseia em percursos que envolvem pesquisa e extensão. Afinal de contas, é preciso preparar os alunos para as tendências do mercado, além de oferecer experiências práticas.

O principal objetivo é proporcionar aos alunos uma formação completa, para que eles tenham qualidade no exercício profissional.

Em geral, o curso tem a duração de 4 anos, envolvendo disciplinas de anatomia bucomaxilofacial, farmácia e imunologia, saúde coletiva, anestesiologia, próteses, além de matérias gerais na área da saúde e biologia.

As aulas práticas são fundamentais para a formação do cirurgião-dentista, já que os alunos precisam aprender como manusear uma série de materiais, incluindo pastas de zinco, ligas metálicas, porcelanas, brocas, entre outros.

Além disso, é importante preparar os estudantes para o dia a dia da profissão, para que eles tenham familiaridade com os materiais, equipamentos, acessórios, bem como o próprio relacionamento com os pacientes.

Como é o curso de odontologia?

Quais são as características de um bom dentista?

O dentista precisa lidar com muitas competências, que vão além do conhecimento técnico acerca dos procedimentos de saúde bucal.

Isso porque o profissional precisa lidar diretamente com os pacientes e, muitas vezes, saber como acalmá-lo durante alguns procedimentos.

Além disso, o dentista precisa ter autoconfiança. Afinal de contas, ser responsável pela saúde dos outros pode resultar em medo e insegurança, mas com a prática, é possível melhorar esse sentimento, tornando o atendimento mais eficiente.

Outra característica importante do dentista é a empatia. Essa é uma competência que deve permear todos os profissionais da saúde, uma vez que eles lidam diretamente com situações incômodas, dores e problemas graves das pessoas.

Portanto, saber escutar e ajudar os pacientes da melhor maneira possível é essencial para ser reconhecido como um bom dentista.

Conclusão

Você está pensando em cursar odontologia? Se sim, saiba que é uma carreira que vale muito a pena, diante das ótimas perspectivas da área e as oportunidades de atuação no mercado – sem contar a média salarial, que é bastante satisfatória.

O artigo de hoje trouxe um panorama geral da profissão, mostrando onde você pode atuar e quais os benefícios de atuar na área.

Dessa forma, você poderá escolher o segmento que mais agrada as suas expectativas!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Entenda os benefícios de cozinhar

Entenda os benefícios de cozinhar

Barista entenda como funciona a área

Barista: entenda como funciona a área