in , , ,

Para que serve o Raciocínio Lógico e como trabalhá-lo?

Para que serve o Raciocínio Lógico e como trabalhá-lo

Você já se perguntou para que serve o raciocínio lógico? Desde a infância, somos incentivados a trabalhar com questões estratégicas, atividades de pensamento e outras tarefas que visam despertar o nosso raciocínio lógico. 

Mas muito além de somente fazer contas, essa competência pode nos ajudar em várias tarefas do dia a dia.

No artigo de hoje, saiba para que serve o raciocínio lógico e como trabalhá-lo com um aprendizado dinâmico. Continue a leitura!

O que é o raciocínio lógico?

Embora o raciocínio lógico esteja associado à matemática, podemos aplicá-lo em várias situações cotidianas. Por exemplo, quando estamos em um CFC com simulador, algumas atitudes básicas de segurança no trânsito são despertadas pela nossa lógica.

Por exemplo, quanto mais aceleramos, sabemos que fica mais difícil controlar o carro, então, maiores são as chances de acidentes. Por isso, temos que respeitar os limites de velocidade.

De forma simples, podemos classificar o raciocínio lógico como uma competência capaz de organizar e clarear as nossa ideias, diante de terminadas situações complexas.

Não é difícil aplicar a lógica. Inclusive, fazemos isso de modo natural, sem nos darmos conta. Por exemplo, quando recebemos um plano alimentar individualizado e temos que fazer escolhas em nossas refeições.

Ou seja, o raciocínio lógico nada mais é que a nossa capacidade de resolver problemas, a partir de informações que nos são dadas, em um determinado contexto. Ele serve para:

  • Interpretar as situações;
  • Solucionar problemas;
  • Escrever com propriedade;
  • Propor alternativas.

Atualmente, o raciocínio lógico é tão importante que desde cedo, na escola de recreação infantil, ele já é trabalhado com atividades lúdicas e brincadeiras.

10 dicas para trabalhar o raciocínio lógico

O raciocínio lógico é uma competência muito valorizada na vida pessoal e profissional. Por conta disso, é importante desenvolvê-lo em todas as fases do nosso desenvolvimento, através das atividades escolares, mas também em tarefas cotidianas.

Pensando nisso, separamos algumas dicas de como trabalhar o raciocínio lógico e aprimorar a sua habilidade de inteligência estratégica. Confira a seguir!

1 – Saia da zona de conforto

Quando tentamos algo novo, o nosso cérebro é estimulado e acabamos criando novas conexões neurais. Elas nos ajudam a melhorar o nosso raciocínio lógico, além de ser uma forma de nos desafiarmos a sair da zona de conforto.

Isso vale até para as pequenas coisas, como tentar um caminho alternativo para chegar em casa, usar novas salas para treinamento nas reuniões, experimentar um prato diferente, se arriscar em um hobbie, entre outras coisas.

O importante é sempre manter a sua mente ativa e em movimento. Desse modo, você será capaz de melhorar o seu raciocínio lógico de forma orgânica.

2 – Pratique exercícios físicos

Não é de hoje que se fala da importância dos exercícios físicos para a nossa saúde.

Mas além de contribuir para a redução das doenças cardiovasculares e aumentar a qualidade de vida, as atividades também estimulam o nosso cérebro, pois elas melhoram a oxigenação sanguínea – o que é ótimo para o raciocínio lógico.

A dica é escolher um exercício físico que você goste, como uma aula de fitdance para iniciantes, um esporte, ou uma atividade em grupo. Só não vale ficar parado!

3 – Treine a sua memória

Outra forma de estimular o raciocínio lógico é através da sua memória. Por isso, sempre que possível tente memorizar algumas coisas, como um número de telefone, a data de um aniversário, a placa de um carro.

Inclusive, um ótimo exercício é ter um calendário com espaço para escrever e tentar memorizar as suas tarefas do mês. Pode parecer loucura, mas aos poucos você perceberá como as atividades de memória são ótimas para o nosso cérebro.

Além disso, elas ajudam a reduzir o risco de desenvolvimento da doença de Alzheimer.

3 - Treine a sua memória

4 – Leia bastante

A leitura é um dos hábitos mais saudáveis para o nosso cérebro. Além de estimular os neurônios, ela é capaz de melhorar a nossa capacidade criativa e imaginativa.

Sendo assim, sempre que tiver a oportunidade, busque ler algo que gosta – seja um livro de ficção, um artigo científico, ou quando você pede a entrega de jornal com moto para ficar por dentro das notícias.

5 – Mantenha uma alimentação saudável

A alimentação também interfere muito na forma como o nosso cérebro trabalha. 

Quando você opta por refeições saudáveis, todo o seu organismo trabalha melhor. Com isso, era de se esperar que as suas capacidades cognitivas também fossem aprimoradas, incluindo o raciocínio lógico.

A dica é procurar por um acompanhamento médico ou com nutricionista para adaptar suas refeições, de acordo com as suas necessidades. Afinal de contas, cada corpo é único, por isso, as dietas devem ser personalizadas.

Também vale a pena fazer um check up básico, já que muitas doenças causam perda de memória e dificuldade de raciocínio. Às vezes, com um simples exame, você pode salvar a sua vida!

6 – Seja positivo

As pessoas pessimistas tendem a encontrar um obstáculo para cada solução oferecida. Com isso, elas acabam ficando inseguras, estressadas e ansiosas – sentimentos que prejudicam o funcionamento do cérebro e a capacidade de raciocínio lógico.

Pode parecer um papo meio místico, mas pensar positivo pode ajudar você a acalmar os nervos e, com isso, melhorar o seu raciocínio.

Ainda que não haja comprovação científica da relação entre o otimismo e a inteligência, é sempre melhor estar ao lado de uma pessoa positiva, do que alguém que está sempre reclamando da vida, não é mesmo?

7 – Tenha uma boa noite de sono

A privação do sono é um dos grandes males do mundo moderno. Com a rotina cada vez mais corrida, muitas pessoas se esquecem o quanto é importante dormir, pelo menos, 8 horas por dia para recarregar as energias.

Como resultado, vemos inúmeros casos de doenças por falta de descanso, além de quadros graves de estresse, burnout, ansiedade e depressão.

Tudo isso é bastante prejudicial para o seu raciocínio lógico e também para toda a sua saúde. Então, lembre-se: dormir é algo essencial na sua vida!

8 – Faça exercícios de ginástica cerebral

Você sabia que há uma ginástica própria para o cérebro? Pois é, além dos tradicionais exercícios físicos, há alguns métodos que são orientados para “malhar os neurônios”, tornando a sua mente muito mais saudável.

Normalmente, essas atividades incluem passatempos e jogos mentais. Inclusive, há alguns aplicativos especializados nesses exercícios, em que você pode desenvolver a sua memória, capacidade de resolução de problemas, tomada de decisão estratégia, etc.

Além de ser uma forma de se divertir, você também está desenvolvendo o raciocínio lógico.

9 – Tente a escrita à mão

Longe das telas dos computadores e smartphones, que já dominaram várias práticas de ensino, a boa e velha escrita à mão é uma grande aliada do nosso raciocínio lógico.

Isso já foi comprovado cientificamente, por um estudo realizado pelo Departamento de Psicologia e Neurociência da Universidade de Indiana.

Os pesquisadores detectaram, através de exames de ressonância magnética, maior atividade cerebral em crianças que escreviam com tinta e papel, em comparação com os indivíduos que só acompanhavam pelo computador.

Mesmo que você não dispense as teclas do seu celular, tente começar aos poucos. Você irá perceber o quanto a caligrafia é um ótimo exercício para o cérebro.

9 - Tente a escrita à mão

10 – Jogue os jogos de tabuleiro

Realmente a tecnologia proporcionou avanços incríveis para a humanidade, mas não há como negar que alguns velhos hábitos permanecem vivos e despertam o raciocínio lógico.

É o caso dos jogos de tabuleiro. Esses antigos passatempos são capazes de nos treinar para diferentes situações, além de estimular o pensamento estratégico. Fora que é uma ótima forma de brincar ao lado da sua família e amigos.

Mas dá sim para aliar a tecnologia com os jogos de tabuleiro. Hoje em dia, existem aplicativos, sites e programas que você pode jogar online.

É uma ótima maneira de conhecer novas pessoas e, ainda, fazer amigos na internet. Uma dica é optar pelos jogos tradicionais, como xadrez, dama e torrinha.

Conclusão

Você já parou para pensar o quanto o raciocínio lógico é importante para a nossa vida? Pode parecer algo à toa, mas tomamos decisões o tempo todo em nossa mente, mesmo que de forma inconsciente.

Por esse motivo, treinar o raciocínio lógico é uma maneira de manter a sua mente ativa e saudável, além de ajudar a reduzir o risco de doenças neurodegenerativas, que podem prejudicar o funcionamento do cérebro.

O artigo de hoje trouxe algumas dicas simples, mas que fazem toda a diferença na hora de treinar o seu raciocínio lógico.

Afinal de contas, com algumas brincadeiras e ao lado da diversão, dá sim para estimular o seu cérebro e desenvolver ainda mais a sua inteligência!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Qual a origem da música

Qual a origem da música?

Como surgiu o Uber?

Como surgiu o Uber?