in , , ,

6 dicas para perder o medo na hora de dirigir

6 dicas para perder o medo na hora de dirigir

Saber dirigir praticamente se tornou uma necessidade geral para as pessoas, uma vez que é uma maneira de exercer a liberdade e de ter privacidade nos deslocamentos necessários a se fazer. 

A atividade permite que uma pessoa saia de um lugar e vá para outro em seu próprio automóvel, sem ter que pagar pelo serviço, esperar ou dividir com outras pessoas, como acontece com os transportes coletivos.

Atualmente, o processo para tirar carteira de motorista categoria b, que é a destinada para carros, engloba a realização de um exame médico e psicotécnico, de uma prova escrita seguindo as ordens dos órgãos responsáveis e de um exame prático de direção. 

O futuro condutor precisa, primeiramente, selecionar uma autoescola de seu agrado, fechar o pacote geral de serviços, como os exames e as aulas futuras, e em seguida agendar a data dos exames que precisam ser realizados. 

Com a aprovação neles, ele precisa voltar à instituição com o seu certificado para liberar o ingresso às aulas teóricas de direção, o chamado CFC (Curso de Formação de Condutores), que será o responsável por ensinar a teoria da direção e de tudo relacionado. 

Tendo esse passo completo, ele deve levar seu certificado para a autoescola e marcar sua prova teórica.

Se aprovado, será liberado para iniciar suas 20 aulas práticas obrigatórias, em que o estudante aprende ativamente como conduzir um carro. 

Quando elas terminarem, o futuro motorista precisará marcar a prova prática, na qual deverá seguir um percurso definido pelos órgãos responsáveis, sem cometer infrações consideradas como graves. Se passar nessa fase, receberá a sua permissão para dirigir. 

Ou seja, o processo para garantir a habilitação de motorista pode ser um pouco demorado, mas é garantia que, quando terminado, haverá diversos benefícios ao condutor e às suas necessidades. 

O grande obstáculo

Considerado um dos grandes empecilhos para diversas pessoas, tanto habilitadas quanto iniciantes, é o medo de dirigir.

Ele pode criar um bloqueio no condutor, impedindo-o de acessar todas as vantagens de ter um carro e utilizá-lo. 

Dessa forma, para entender como destruir esse impedimento, é preciso conhecer suas principais causas, sendo que as mais comuns são:

  • Ansiedade ou medo patológico;
  • Insegurança pela sensação de risco ao conduzir um veículo;
  • Traumas de experiências anteriores, como acidentes ou perdas;
  • Excessiva preocupação com os riscos;
  • Receio de envolver-se em acidentes.

O grande obstáculo

Essas são algumas das causas mais conhecidas e que podem afetar um número maior de condutores, sendo importante o motorista adotar algumas práticas para perder essa insegurança, que vamos mostrar no tópico a seguir.

Como eliminar o medo

Existem algumas ações que podem ajudar um condutor a eliminar o medo de dirigir, obtendo ótimos resultados e auxiliando a correr menos riscos no trânsito. Elas serão analisadas a seguir:

1. Busque ajuda de profissionais

Assim como muitas pessoas chamam um chaveiro 24hrs quando ficam com problemas nas fechaduras, quando a mente está com problemas, é necessário pedir ajuda de um psicólogo. 

Os psicólogos são profissionais formados e que têm capacidade para ajudar a resolver problemas de seus pacientes relacionados à saúde mental.

Portanto, quando o medo impede uma pessoa de realizar uma atividade desejada, eles são os melhores para auxiliar.

Ele conseguirá fazer com que o condutor controle o lado emocional durante a atividade, mantendo o equilíbrio mental e permitindo que o motorista crie gatilhos para conduzir o veículo com calma pelo percurso.

2. Treine a direção

É muito importante tentar agir. Se o medo te impede de entrar em um carro como motorista, entre nele e realize a atividade aos poucos.

Se ele impede que seja o condutor, dirija em locais sem movimentação e vá aumentando progressivamente.

Não é preciso voltar a dirigir de um dia para o outro, mas de forma que o medo seja superado aos poucos, para que, no futuro, a pessoa possa ser uma condutora consciente e que consiga dirigir com atenção, sem correr riscos de acidentes. 

Para isso, pode-se contratar um instrutor para habilitados, que o ajudará a relembrar como dirigir e a seguir todos os passos corretamente, aumentando a qualidade de prevenção da atividade em geral. 

A melhor maneira de superar um medo é enfrentá-lo, fazendo com que o condutor entre no carro e tente dirigir. Tenha calma, mas faça.

Dessa forma, é possível entender que os medos são apenas imaginários e não podem te afetar se você não deixar.

Portanto, inicie com pequenas atividades, como apenas tirar o carro da garagem, depois vá aumentando, conforme eles forem sendo superados, como dar uma volta em um quarteirão até ir até um destino real. 

3. Cuide de sua mente

A mente é o local onde o medo está concentrado e o ponto que influenciará a repercussão dele e as ações a serem tomadas. Portanto, é necessário que ela esteja calma e tranquila quando você for utilizar o carro.

Desse modo, ela não assustará o condutor com qualquer movimento, impedindo-o de causar acidentes e piorar o seus traumas. A calma é a base da direção. 

Além disso, é preciso manter o pensamento nas ações que estão acontecendo naquele momento, o que deve ser feito naquela situação, sem ficar imaginando ocorrências hipotéticas, pois pode prejudicar o processo.

Comprovando isso, quando um especialista vai fazer uma apresentação em uma sala de palestra, ele precisa pensar no que falará e não nas perguntas que podem ser feitas, caso contrário, ficará nervoso e pode prejudicar todo o projeto. 

Lembre-se que se, em certos momentos, a ansiedade pode ser muito forte e te impedir de realizar qualquer atividade, mas é possível parar o carro para respirar, como forma de relaxar e se recuperar para conduzir com segurança.

4. Certifique-se da qualidade do veículo

Um ponto muito importante para superar o medo é cuidar da manutenção do veículo que será utilizado, garantindo que ele terá qualidade no momento da direção e não surpreenderá o motorista por problemas.

Quando uma pessoa que já superou seu medo decide se deslocar por grandes distâncias, é fundamental realizar uma revisão automotiva para viagem, assegurando que ele não terá problemas que podem voltar a causar medo nele, por conta de uma situação estressante. 

É válido destacar que essa checagem deve ser feita em qualquer carro e de qualquer pessoa, mas, principalmente, nos de pessoas com medo, para impedir que elas passem por situações que podem fazer o trauma retornar ou piorar. 

4. Certifique-se da qualidade do veículo

5. Faça cursos

Quando se tratar de um condutor novo, ele pode fazer uma aula de volante para iniciantes, como uma forma de reforçar o que aprendeu, tirar suas dúvidas e treinar a direção com segurança, garantindo uma melhor evolução, pois os perigos são menores. 

É uma maneira de ver o processo que será realizado e entender todas as situações com calma, além de realmente colocar em prática seus aprendizados e entender como o carro funciona, conectando-se com ele e diminuindo o medo. 

Além disso, motoristas mais experientes também podem fazer aula de direção para habilitados como uma maneira de rever o conteúdo, entender novas regras e criar uma segurança do que deve ser feito, mantendo-se sempre atualizado. 

É por meio das aulas que o condutor conseguirá superar suas inseguranças e entender os pontos que o prejudicam, conseguindo entender exatamente o que precisa fazer e conseguindo superar tais medos.

É fato que, ao adquirir mais experiência e tempo de treinamento, isso pode diminuir o medo e as inseguranças de realizar uma atividade, visto que ele consegue compreender o que o prejudica e percebe que são apenas coisas da mente.

Outro benefício que essas aulas conseguirão ensinar é mostrar como agir em momentos de muita insegurança e ansiedade, permitindo que o motorista descubra o que fazer e consiga reproduzir essas situações no trânsito. 

6. Diminua os problemas

Quando uma pessoa com medo passa a conduzir um carro, é de extrema importância que o número de possibilidades de problemas surgirem seja reduzido ao mínimo.

Isso porque, se ela passar por situações estressantes, as ações podem não ter efeito e ainda prejudicar. 

Então, mantenha toda a documentação em dia e guardada, como o documento do carro, o laudo de transferência veicular, a permissão para dirigir, a carteira de motorista, as luzes funcionando, o motor conservado, tudo para evitar surpresas. 

Lembre-se que essa dica não deve se aplicar apenas a pessoas com medo de dirigir, mas sim para qualquer motorista, uma vez que a falta dessas ferramentas pode implicar em infrações de trânsito.

Conclusão

Saber dirigir pode facilitar a vida de qualquer pessoa. Essa habilidade exige um processo mais longo de preparação, mas tem o objetivo de garantir que o condutor formado se enquadre em todas as especificações para segurança no trânsito.

Quando surge o medo de dirigir, é preciso seguir algumas dicas, como as citadas no decorrer deste artigo, para garantir que essa barreira seja quebrada e, como motorista, você consiga aproveitar as praticidade da direção.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Medicina conheça algumas especializações para você investir

Medicina: conheça algumas especializações para você investir

5 benefícios do vinho

5 benefícios do vinho