in , ,

Principais tipos de projeto de arquitetura

Principais tipos de projeto de arquitetura

Entenda as diferenças para saber qual se encaixa em sua necessidade

A arquitetura é uma área que transita entre exatas, humanas e linguagens, principalmente as artes, pois os estudos que a envolvem não estão ligados apenas a cálculos e edifícios, mas à vida de quem transitará e conviverá nos ambientes.

Se for um projeto de banheiro, por exemplo, para uma casa que recebe idosos ou PCDs, alguns cuidados terão de ser levados em consideração, que poderão ser diferentes de uma casa em que não necessite.

Da mesma forma acontece quando se pretende ampliar o imóvel, pois o projeto pode mudar consideravelmente e precisa, também, estar dentro das leis municipais. Por isso, a importância de conhecer os tipos de projetos arquitetônicos.

Para que você entenda melhor, trouxemos para você as características de cada um e o que os diferencia.

Residencial

Como o próprio nome já diz, esse tipo de projeto se volta às moradias, podendo ser casas térreas, sobrados, casas de campo ou praia.

O arquiteto pode fazer a projeção partindo do zero, tendo de estudar terreno, condições climáticas, entre outros fatores decisivos para a construção ou reforma.

Comercial/Empresarial

Esse projeto é voltado para empresas e prédios comerciais com diversas salas.

Nesse tipo de construção, serão levados em consideração aspectos como a capacidade de público, necessidade de estacionamento, elevadores, saídas e escadas de emergência e uma maior proteção contra incêndios e raios.

Comercial/Empresarial

Lembrando que em caso de edifícios, o arquiteto só pode assinar projetos de até  quatro andares. Além disso, é preciso estar de olho se na cidade há rota de aviões, entre outros aspectos que a altura do imóvel possa interferir.

Varejo (comércio)

Também são projetos comerciais, porém, neste caso, não pensamos em prédios com escritórios, mas sim lojas, boutiques, restaurantes, nos quais o arquiteto terá de levar em consideração características como cores e fachada.

Existem diferentes estudos sobre cores e formas que para o setor varejista são essenciais, pois a depender da escolha de paletas, por exemplo, o cliente pode ser atraído a entrar no estabelecimento.

Além disso, existe todo um cuidado voltado para o acolhimento dos frequentadores do espaço, com atenção especial a aspectos como iluminação, disposição do som e decoração.

Saúde

Esse é um dos mais sérios projetos para se pensar, pois além de todo o cuidado com a quantidade de pessoas que transitam diariamente em hospitais, postos de saúde e clínicas, existe todo o cuidado com a segurança e higiene.

Estruturas resistentes, elétrica e hidráulica alinhadas às necessidades dos usuários e dos equipamentos, bem como janelas e espaços para ar-condicionado são essenciais, inclusive para evitar proliferação de vírus e bactérias.

Há também uma série de regulamentações que devem estar de acordo com as leis municipal, estadual e federal, referentes à capacidade, tamanho e ambientes obrigatórios.

Estatal

Para um projeto desse tipo, são geralmente abertas licitações que serão analisadas antes de aprovadas, haja vista que há um teto de gastos e um tempo para ser concluído o empreendimento.

Estatal

Como é uma demanda do poder público, pode ser um projeto que compreenda regras comuns a projetos de saúde, educação ou comerciais, por exemplo, dando origem a escolas, unidades de pronto-atendimento ou secretarias.

Educacional

Creches, escolas, centros culturais, universidades e cursinhos se enquadram nesse tipo de projeto.

Mais uma vez a segurança é um dos pontos que recebe maior atenção, mas além dela, a criatividade também precisa estar presente.

Mobília, formas e cores que estimulem a criatividade e concentração são sempre bem-vindas, adequando-se a cada ambiente que comporá o empreendimento.

Multifamiliar

Condomínios, resorts, hotéis, hostels e pensões são alguns exemplos de projetos multifamiliares. São construções que recebem famílias e, por vezes, podem transitar entre o comercial e o residencial, como no caso dos hotéis.

O arquiteto consegue fazer todos esses projetos?

O estudante de arquitetura tem uma gama de possibilidades para se especializar, desde fachadas de escolas ou igrejas a centros culturais, hospitais e até parques de diversão.

Responder a essa pergunta é difícil, pois existem diversos profissionais no mercado. No caso do cliente, é necessário alinhar os objetivos do espaço que será trabalhado com o tipo de projeto que deverá entrar em ação.

Pesquisar as especialidades do profissional ou do escritório ao qual pertence é muito importante, inclusive para ter uma noção do estilo de trabalho e o resultado de projetos anteriores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quais as especialidades da medicina veterinária

Quais as especialidades da medicina veterinária?

Como o cérebro muda ao aprendermos um novo idioma

Como o cérebro muda ao aprendermos um novo idioma?