in , , , ,

Proteção no trabalho: saiba como manter a segurança de seus funcionários

Proteção no trabalho saiba como manter a segurança de seus funcionários

Veja o que as empresas precisam fazer para garantir a segurança no ambiente de trabalho!

Para manter um bom ambiente de trabalho, uma empresa precisa garantir diferentes fatores: uma infraestrutura adequada, boas metodologias para organizar o trabalho, regras de convivência entre todos que compartilham o espaço (físico ou virtual) e respeito à vida pessoal de cada funcionário e colaborador.

Outro ponto essencial é a segurança no trabalho. A maioria das pessoas associa isso somente a profissões de risco mais evidente, como construção civil, bombeiros, indústria química, entre outros. 

Mas, na verdade, todo trabalho oferece riscos, já que o escritório precisa ter boas instalações e estar limpo, além de conter equipamentos de segurança.

Os aparelhos utilizados pelos funcionários devem estar em bom estado, entre outros exemplos.

Política de segurança e manual 

O primeiro passo é definir uma política de segurança dos trabalhadores e preparar um manual para deixá-la clara para todos os envolvidos na realização de atividades profissionais.

É essencial que essa política de segurança seja discutida por todos e definida a partir de critérios técnicos e científicos.

Profissionais da segurança devem ser envolvidos nas discussões, assim como os próprios funcionários, que utilizam aqueles espaços e equipamentos diariamente e podem trazer questões importantes. 

Os trabalhadores precisam entender bem a importância de manter essa política de segurança no cotidiano.

Por isso, é preciso que eles recebam treinamento e atualização para saberem como realizar as suas funções de forma segura. 

É preciso contratar profissionais qualificados para oferecer bons treinamentos e verificar se as regras estão sendo aplicadas e como os funcionários avaliam as regras adotadas, se elas estão sendo eficientes para manter o ambiente de trabalho seguro.

Política de segurança e manual 

Equipamentos de segurança

Outro passo primordial para garantir a segurança no trabalho é investir em bons equipamentos de segurança.

Para cada profissão, existem tipos específicos de equipamentos de proteção individual (EPIs). Não são apenas profissionais de saúde que precisam deles para trabalhar.

As empresas devem se manter atualizadas sobre quais os equipamentos mais seguros e modernos existentes no mercado para manter a qualidade dos serviços prestados.

Para organizar o uso e a manutenção dos EPI’s, é recomendado manter um painel onde avisos e lembretes fiquem fixados em um local facilmente acessível a toda a equipe.

Sinalização dos ambientes

Outra medida essencial é sinalizar bem os ambientes que oferecem mais riscos à equipe. Algumas características desses espaços são: conter muitas máquinas pesadas, uso de substâncias perigosas, áreas muito elevadas, etc.

Sem a orientação correta, pessoas não autorizadas e que não receberam o treinamento podem se colocar em risco ao circular nesses ambientes.

Para evitar isso, sinalize bem quem pode circular nesses espaços e em que condições.

Sinalização dos ambientes

Comissão de Prevenção de Acidentes 

Mesmo com todo o planejamento, é fundamental organizar uma comissão de prevenção de acidentes.

O objetivo desse grupo é garantir a segurança e a qualidade de vida no trabalho, além de manter o diálogo entre toda a equipe.

Essa comissão deve ter representantes de diferentes perfis profissionais (funcionários, colaboradores e lideranças), utilizando uma linguagem acessível e dando espaço a todos nas reuniões.

Essa comissão é essencial se houver algum acidente: ela deve aplicar as políticas desenvolvidas pela empresa no que se refere à segurança, verificar as causas do acidente e propor o que deve ser feito para reduzir os impactos e evitar novas ocorrências.

Essa comissão também é importante para desenvolver um trabalho preventivo — levantar e analisar todos os riscos existentes no ambiente de trabalho.

Fios desencapados, equipamentos antigos e de alta circuitaria em localização errônea, falta de sinalização, locais elevados sem a segurança necessária, além da utilização de substâncias inflamáveis ou químicas perigosas.

Para cada um deles, a comissão deve propor soluções para evitar que eles se transformem, de fato, em acidentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas para manter o departamento pessoal motivado

Dicas para manter o departamento pessoal motivado

Como a taxa Selic influencia o mercado imobiliário Descubra agora! 

Como a taxa Selic influencia o mercado imobiliário? Descubra agora!