in , ,

Prótese dentária: 5 curiosidades

Prótese dentária 5 curiosidades

A prótese dentária é uma alternativa moderna e inteligente para quem precisa repor um ou mais dentes. 

A perda de um dente pode ocorrer por várias razões, como um acidente ou falta de cuidados com a higiene bucal.

Quando um dente cai, não é apenas a estética que pode ser prejudicada, mas também a autoestima e a parte funcional da mastigação. 

Em outras palavras, a pessoa que passa por isso, além do constrangimento ao sorrir, tem mais dificuldades para se alimentar.

As próteses são, de fato, a melhor solução para esse tipo de problema, pois além de devolver autoestima e facilitar todo o processo de mastigação, ela ainda permite que o paciente volte a sorrir com segurança.

Se você precisa de prótese dentária, mas se sente um pouco inseguro em relação a esse procedimento, leia este artigo. 

Aqui você vai entender um pouco mais sobre o assunto e verá que esta é a melhor solução para o seu caso.

Pensando nisso, neste texto, vamos explicar o conceito de prótese dentária, falar um pouco sobre os seus tipos e mostrar algumas curiosidades sobre o assunto. 

Portanto, se você tem dúvidas e quer saber mais, leia conosco até o final.

O que é prótese dentária

Uma pessoa pode perder um ou mais dentes por conta de alguma doença, como a periodontite ou por algum acidente. 

Nesses casos, o dentista recomenda a colocação de uma prótese para devolver a mastigação correta do indivíduo.

Ao visitar o consultório de um dentista que entregou o cartão de visita pessoal, e optar pela prótese dentária, você terá uma solução que estabelece a harmonia do sorriso e corrige deficiências estéticas.

Isso é importante porque a ausência de um dente pode prejudicar a função mastigatória, o que acarreta uma série de problemas em todo o trato digestivo. E a prótese dentária pode substituir qualquer dente.

Mas, além de entender o que é prótese, também é importante entender o conceito de implante. 

Apesar de esses dois recursos terem a mesma função, que é repor os dentes, eles passam por processos diferentes.

O implante substitui a raiz do dente para repor o que foi perdido, mas ele precisa de uma prótese para que a reabilitação seja total. 

Em outras palavras, o implante não é capaz de cumprir a função de um novo dente. É com o auxílio da prótese dentária que sua função será totalmente recuperada. 

Por outro lado, a prótese pode funcionar de maneira independente, como uma alternativa menos invasiva para dentes faltantes.

Você pode conferir esta e outras explicações em relação à prótese e ao implante em um folder de apresentação de um consultório odontológico. 

Portanto, para que você fique por dentro do assunto, no próximo tópico, vamos mostrar os tipos.

O que é prótese dentária

Conheça um pouco mais sobre os tipos de próteses

Quando falamos em próteses dentárias, nos referimos a diferentes tipos, portanto, o paciente precisa passar por uma avaliação antes de fazer o procedimento.

É assim que o dentista vai encaminhar o melhor tratamento e reparar os problemas que a falta de dentes vem provocando. 

Sendo assim, os tipos são:

  • Prótese total removível;
  • Prótese parcial removível;
  • Prótese parcial fixa;
  • Próteses sobre implantes.

A prótese total removível também é conhecida como dentadura e é mais utilizada por pessoas da terceira idade, que se encontram com a saúde bucal mais fragilizada. 

Ela substitui de um até todos os dentes feita com base na anatomia da arcada do paciente.

Quando entram em uma sala privativa do dentista, algumas pessoas têm receio desse tipo de prótese, pois acreditam que ela pode cair a qualquer momento, mas isso não é verdade.

Hoje em dia, a tecnologia envolvida nesse processo é muito mais segura e a remoção é importante para facilitar a higienização com pasta de dente específica.

Além disso, a prótese total removível pode ser convencional, para quem não possui nenhum dente.

A overdenture, recomendada para, no mínimo, 2 implantes para a sua retenção; e o tipo protocolo, que precisa de 4 implantes para ser parafusada.

A parcial removível é recomendada quando o paciente possui alguns dentes e não precisa extrair nenhum elemento. 

Mas, para ser usada, é necessário considerar o estado de saúde dos dentes, vocês serviram como uma base protética.

A prótese parcial fixa pode ser feita com coroas ou pontes, e ela é recomendada para casos diferentes. 

A ponte é indicada para pacientes que não perderam muitos dentes, pois a prótese consegue utilizar 2 elementos como suporte.

Os elementos são usados como adjacentes ao espaço edêntulo para sua fixação. Quanto às coroas, são indicadas para pessoas que perderam somente parte do dente e não dente todo.

É um tipo de prótese dentária flexível que devolve a anatomia do dente, englobando todas as suas faces dentárias. Sua função é restabelecer a estética e a função de um dente que sofreu perda de massa coronária.

Por fim, a prótese sobre implantes precisa de implantes dentários, instalado sobre o osso da maxila ou mandíbula, funcionando como substitutos das raízes naturais.

Trata-se de um suporte para prótese que será parafusada ou encaixada na peça, sendo alternativa a mais escolhida, pois traz mais segurança para o paciente em relação à aparência e à fixação.

Independentemente do tipo de prótese que você colocou, isso não significa que você não terá problemas futuros se não houver higiene bucal.

Pessoas que utilizam aparelho dental, por exemplo, precisam utilizar uma escova de cerdas macias para limpar a prótese após as refeições. 

A mesma recomendação se aplica para os usuários de próteses, devendo, inclusive, escovar a língua e a gengiva.

A escovação da prótese também deve ser feita com sabão neutro para evitar a abrasividade da pasta de dente.

As pessoas que utilizam próteses removíveis devem retirá-las para fazer o procedimento de limpeza, enxaguando em água corrente, para remover todos os resíduos alimentares.

O processo de higienização deve se repetir antes de dormir e a prótese deve ser colocada em repouso por um período de 6 a 8 horas em uma solução de limpeza ou água filtrada.

Curiosidades sobre as próteses dentárias

Existem algumas curiosidades em relação às próteses dentárias que você precisa conhecer. São elas:

1. Fala e mastigação não são prejudicadas

A mastigação e a fala não são prejudicadas, pois o paciente pode ter um pouco de dificuldade para comer durante o período de adaptação.

Entretanto, com o tempo, a capacidade de mastigar alimentos mais duros vai se normalizando.

1. Fala e mastigação não são prejudicadas

2. A alimentação é feita como sempre

Além disso, os alimentos mais consistentes não precisam ficar fora da sua dieta, entretanto, é importante ter alguns cuidados.

Com o auxílio de um aparelho de radiografia odontologica, o dentista vai avaliar o seu caso, para saber qual é o melhor tipo de procedimento para você.

É necessário tomar alguns cuidados, por exemplo, evite morder alimentos com dente da frente, pois isso pode provocar dor e acelerar a perda óssea. 

Isso está relacionado à pressão provocada por alimentos mais duros.

3. Sorriso igual ao de outras pessoas

Também é um mito acreditar que o seu sorriso será igual ao de outra pessoa que também utiliza prótese.

Visto que elas são feitas sob medida, a partir de uma soldagem que reproduz a cavidade bucal de cada pessoa.

As peças são elaboradas com dentes disponíveis em diferentes tonalidades, formatos e tamanhos, para que você possa se adaptar perfeitamente. 

E é o dentista o responsável por planejar e executar a prótese que atenda às suas necessidades.

4. Consultar o dentista com regularidade

Também é importante fazer visitas periódicas ao dentista, mesmo depois de remover todos os dentes e colocar uma prótese.

Quando você se cura de uma pneumonia, por exemplo, não significa que você não precisa voltar ao médico e fazer alguns exames com equipamentos medicos basicos, com o dentista é a mesma coisa.

Você precisa visitá-lo regularmente, tendo em conta que a estrutura óssea muda constantemente, o que exige ajustes na prótese para que ela se mantenha fixa.

5. É importante cuidar da prótese

Esse recurso é bastante resistente e feito para aguentar as demandas diárias do paciente, mas não significa que seus novos dentes são inquebráveis.

De modo geral, as próteses dentárias podem durar de 5 a 8 anos, mas isso vai depender da sua rotina de cuidados, utilizando produtos próprios para dentadura e uma escova com cerdas macias para mantê-la sempre limpa.

O dentista vai recomendar, em alguns casos, o uso de alguns remédios, caso precise deles, basta solicitar por meio de um delivery de medicamentos.

Conclusão

Portanto, as próteses dentárias, em seus diferentes tipos, são a solução perfeita para devolver a função mastigatória, o sorriso perfeito e a autoestima das pessoas.

Você só precisa cuidar bem delas, para preservar o tratamento e assim prolongar a sua saúde bucal, tão importante para o seu bem-estar e para o funcionamento do seu trato digestivo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Andar de bicicleta conheça 7 benefícios para a saúde

Andar de bicicleta: conheça 7 benefícios para a saúde

Conheça 10 tipos de churrasqueiras

Conheça 10 tipos de churrasqueiras