in , ,

Como fazer reeducação alimentar sozinha para emagrecer

Como fazer reeducação alimentar sozinha para emagrecer

Para fazer uma reeducação alimentar, você vai ter que ter foco, motivação e disciplina. Pois, você vai ficar o tempo todo tentada a voltar a ter uma alimentação cheia de alimentos que são prejudiciais a sua saúde.

Como por exemplo, alimentos muito gordurosos, como frituras e alimentos como refrigerantes e fast-food.

Existem vários motivos que podem levar você a querer fazer uma reeducação alimentar. Talvez seja por motivo de emagrecer por finalidades estéticas.

Ou então, até mesmo por recomendação médica se você tem problema de saúde como hipertensão, pressão alta, colesterol alto, ou diabetes e você precisa fazer uma reeducação alimentar para solucionar esses problemas.

O não importa motivo, no início vai ser bastante difícil você controlar a sua vontade de comer alimentos que não são saudáveis.

Mas, com passar do tempo se você tiver foco e persistência, se alimentar saudável, vai ficando cada vez mais fácil e você vai gostando cada vez mais de ter uma alimentação saudável.

Dietas restritivas vs Fazer reeducação alimentar.

Fazer uma reeducação alimentar é mais importante do que você fazer dietas restritivas que estão na moda. Pois, no caso da reeducação alimentar, é uma coisa que você deve levar para sua vida toda.

Você deve a vida toda sempre buscar uma alimentação saudável, você até pode comer de vez em quando alguns alimentos que você quiser, como refrigerantes, pizza.

Mas, desde que seja com moderação e poucas vezes na semana e como consciência.

Sempre quando começa o ano novo, as pessoas prometem que vão emagrecer e que vão ter uma alimentação mais saudável. Mas, em poucos meses acabam desistindo.

Para que isso não aconteça com você, nesse artigo separamos os 10 dicas para você seguir e conseguir fazer reeducação alimentar e conseguir emagrecer ou ter mais saúde e qualidade de vida.

1- Faça 6 refeições por dia

O mais importante para você emagrecer, é você está em déficit calórico, que é você consumir menos calorias do que você ingere.

Não importa quantidade de refeições que você faz durante o dia, o mais importante é que somando todas as calorias de todas elas você ainda esteja em déficit calórico.

Sabendo disso, é muito importante que você faça 6 refeições por dia ao invés de 3 refeições. Você sempre deve fazer lanches entre o café da manhã e o almoço e entre o almoço e a janta.

Pois, esses lanches vão ajudar a controlar sua fome, e isso é muito importante.

Pois, quando você passa muito tempo sem comer, você fica com fome e com isso o seu metabolismo desacelera, quando isso acontece, você acaba gastando menos calorias.

O café da manhã é a refeição mais importante do dia, pois quando você toma o seu café da manhã, o seu metabolismo volta a funcionar normalmente.

Pois, quando você passa muito tempo sem se alimentar (a noite toda) o seu metabolismo desacelera e quando você toma seu café da manhã com alimentação adequada, com um pouco de proteína, carboidratos fibras e lactobacilos, o seu organismo volta a repor as energias perdidas.

Desse modo, você tem mais energia para começar o seu dia.

1- Faça 6 refeições por dia

2- Fracione as suas refeições.

Você deve fazer várias refeições por dia, pois assim, seu metabolismo sempre vai trabalhar de forma acelerada.

E você não vai passar muito tempo sem sentir fome. Quando você passa muito tempo sentindo fome, você acaba exagerando em alguma refeição.

3- Consuma vitaminas e minerais.

Como bastante vegetais e legumes, pois eles são ricos em minerais, vitaminas e fitoquímicos importantes para manter a nossa saúde, principalmente para fortalecer o seu sistema imunológico e melhorar suas funções vitais.

Muitas vitaminas têm funções importantes como melhorar a memória, melhorar a visão e deixar seu corpo funcionar de uma forma melhor.

Coma bastante vitaminas e minerais essenciais, ou seja aqueles que o seu corpo não produz. Você tem que repor esses micronutrientes essenciais através da sua alimentação.

Coma de 3 a 5 frutas por dia, pois elas são ricas em vitaminas e minerais essenciais para o nosso corpo, frutas são ótimas para você comer nos seus lanches, principalmente frutas praticas como banana e maçã. Veja também, 5 frutas para emagrecer e seus principais benefícios.

4- Evite alimentos ricos em frituras e com muito açúcar.

Esses alimentos são muito prejudiciais a sua saúde, eles facilitam o aparecimento de doenças como, diabetes, câncer, pressão alta e colesterol ruim alto.

E uma coisa que pode te ajudar, é você saber todos os malefícios que esses alimentos trazem para a sua vida. Pois, assim você fica com um pouco mais de receio de comer esse tipo de alimento.

Como você já sabe que eles fazem mal, você acaba sentindo menos vontade de consumir esses alimentos, como por exemplo, refrigerantes e frituras…

5- Prefira alimentos integrais.

Inclua na sua alimentação, alimentos como, pão integral e arroz integral, pois eles são ricos em fibras e tem menos açúcar na sua composição.

E como eles são ricos em fibras, eles dão mais saciedade e controlam mais a sua fome.

6- Procure fazer receitas gostosas e diferentes ao fazer a sua reeducação alimentar.

É possível você fazer vários tipos de pratos diferente utilizando os mesmos alimentos, utilizando alimentos saudáveis como, por exemplo, você pode fazer alimentos que são fritos mais utilizando azeite de oliva que é um tipo de óleo mais saudável.

Existe uma infinidade de pratos que você pode fazer para ter uma alimentação saudável e não sofrer tanto comendo alimentos sem gosto, ou mal preparados.

Isso é uma excelente estratégia para ter uma reeducação alimentar sem sofrer tanto. E um dos programas de reeducação alimentar que faz muito sucesso atualmente é o programa receitas para secar em 30 dias.

Pois, ele é focado em você fazer uma reeducação alimentar para emagrecer utilizando receitas saudáveis, mas de forma gostosa, que você pode utilizar no seu dia a dia para emagrecer.

7- Mastigue sem pressa.

Quando você mastiga bem os alimentos, e devagar, você tem uma saciedade maior.

Pois, isso vai facilitar a sua digestão, porque você vai mandar os alimentos mais triturados para o seu estômago. Desse modo, o seu estômago vai fazer uma absorção melhor desses nutrientes.

7- Mastigue sem pressa.

8- Pense nos benefícios que ter uma reeducação alimentar pode trazer a você, antes de você fazer seu prato.

Antes de fazer uma refeição, você deve pensar como vai ser boa sua vida depois que você tiver conseguido emagrecer ou então quando você conseguir ter mais disciplina e tiver uma alimentação mais saudável.

9- Não procure fazer dietas restritivas para emagrecer muito rápido.

Evite fazer dietas que fazem você passa horas e horas sem se alimentar e consumindo pouquíssimas quantidades de calorias.

Pois, quando você faz isso, ou seu corpo entende isso como se fosse uma ameaça.

Desse modo, ele acaba armazenando gordura como forma de proteção, você pode até ter uma rápida perda de peso, mas pode ser perda de massa muscular.

E, além disso, quando você faz dietas muito restritivas, você acaba sofrendo muito, com isso as chances de desistir são maiores.

10- Pense nos benefícios que você vai ter, ao fazer uma reeducação alimentar

Outra dica muito importante é você saber os benefícios que uma alimentação mais saudável vai trazer a sua vida.

Seja para ganhar mais saúde, ou para ganhar mais estética, você também acaba tendo mais disposição e vários benefícios.

Pois, seu corpo começa a funcionar de forma melhor.

Muitos alimentos que são ricos em gorduras boas têm a função de aumentar a produção natural de testosterona, que é um hormônio que existe tanto no corpo dos homens como no corpo das mulheres.

Esse hormônio tem várias funções importantes para o nosso corpo, como por exemplo, aumento da produção de massa muscular, aumento da queima de gordura, aumentar sua libido, aumento da disposição e força.

Você acaba tendo vários benefícios e principalmente para os homens. Pois, quando os homens vão ficando mais velhos, eles acabam tendo uma diminuição na produção desse hormônio.

Mas, se você consumir alimentos ricos em gorduras boas, como abacate, amendoim, gema de ovo e azeite de oliva extra virgem.

Com isso, você aumenta a produção natural de hormônios e principalmente se você fizer alguma atividade física de alta intensidade, como pedalar em ritmo acelerado ou então fazer treinos de musculação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 vantagens de fazer cursos online

5 vantagens de fazer cursos online

Melhores Livros de marketing digital

Melhores Livros de marketing digital