in , ,

Quais são os tipos de cirurgia bariátrica

Quais são os tipos de cirurgia bariátrica

Cada vez mais brasileiros têm recorrido à cirurgia bariátrica para o tratamento da obesidade, doença que afeta uma parcela da população nacional.

Estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou que 41,2 milhões de adultos do país estão obesos. 

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), a demanda pelo procedimento cirúrgico cresceu consideravelmente nos últimos anos.

Entre 2011 e 2018, a realização de cirurgias aumentou quase 85%. Já no ano de 2019, o total de cirurgias chegou a 63.969, alta de 7% em comparação a 2018.  

Mas apesar do aumento da demanda, a SBCBM afirma que a cirurgia bariátrica ainda é pouco acessível no país. Do total de procedimentos realizados em 2019, apenas 12.568 foram feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o que corresponde a menos de 20%. 

De acordo com o Secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Carlo Gorinchteyn, aproximadamente 5,2 mil pessoas estão na fila para a realização do procedimento pelo serviço de saúde pública de São Paulo.

A informação foi dada por ele durante a participação no Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, realizado em novembro. 

Na ocasião, Gorinchteyn adiantou que, no próximo ano, serão implantadas diretrizes, como convênios com hospitais, para dar celeridade aos processos. 

Quais são os tipos de cirurgia bariátrica

Tipos de cirurgia 

Há diferentes tipos de cirurgia bariátrica, e todas elas são feitas pelo cirurgião geral ou cirurgião do aparelho digestivo.

De acordo com o Ministério da Saúde, o procedimento é indicado para pessoas que apresentam o Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40 e doenças associadas, como hipertensão, diabetes, colesterol alto, esteatose hepática, hérnia de disco, dentre outras. 

O método mais usado no Brasil e no mundo é a gastroplastia com derivação intestinal, que consiste na redução de parte do estômago, que é grampeado e conectado ao intestino.  

Outras técnicas cirúrgicas são a banda gástrica, realizada a partir da inserção de um anel de silicone inflável na região superior do estômago, e a gastrectomia vertical, procedimento mais recente em que há o corte de parte do estômago. 

A cirurgia bariátrica pode ser aberta ou realizada por laparoscopia. Ao optar pelo primeiro método, o Ministério da Saúde alerta que o paciente precisará de um tempo maior para a cicatrização dos pontos, além do uso temporário de cinta ou faixa abdominal. 

No período pós-cirúrgico, é necessária a realização de uma dieta líquida que, posteriormente, é substituída por alimentos pastosos e, em seguida, por uma alimentação branda. 

Tipos de cirurgia 

Como tratar a obesidade 

A obesidade pode desencadear uma série de problemas de saúde, por isso, o tratamento deve ser realizado com orientação especializada, que pode envolver diferentes profissionais como nutricionista, endocrinologista, educador físico, ortopedista e fisioterapeuta, conforme o quadro apresentado. 

Há muitos casos em que é possível melhorar as condições de saúde, sem a necessidade de realização da cirurgia bariátrica.

A indicação para o procedimento deve ser feita pelos profissionais que orientam o paciente no tratamento da obesidade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Melhores dicas para deixar seus estudos eficazes

Melhores dicas para deixar seus estudos eficazes

5 dicas para aprender online 

5 dicas para aprender online