in ,

Como começar a trabalhar com estética facial?

Como começar a trabalhar com estética facial

A estética facial vem se tornando cada vez mais importante na visão dos indivíduos, uma vez que é considerada uma necessidade para o bem-estar pessoal, afinal, estamos falando de uma área que define a personalidade e aparência de alguém. 

Portanto, fazer uma visita aos profissionais especializados nesse ramo é uma possibilidade para aumentar os cuidados com a saúde da pele do rosto, prevenindo demais problemas.

Sendo assim, é imprescindível escolher uma clínica de estética de confiança, para que todos os procedimentos desejados e necessários sejam realizados com segurança e não causem problemas futuros decorrentes de uma má execução do tratamento.

Afinal, o que é estética facial?

A estética facial é uma área da saúde responsável por tratar e cuidar da pele do rosto, utilizando-se de aparelhos tecnológicos para auxiliar no tratamento de diversos incômodos na região da face, deixando-a mais bonita e harmoniosa. 

Como o rosto possui uma área consideravelmente ampla, é preciso levar em conta cada uma das regiões, avaliando o tratamento específico e eficiente para aquele local e todas as suas características para manter a sua boa aparência.

É importante destacar que existem grandes diferenças entre a visita a um dermatologista e a um esteticista, uma vez que eles possuem diferentes tratamentos e objetivos, sendo muito importante compreendê-las para a sua utilização de acordo. 

O médico dermatologista também realiza a função de investigar a causa do incômodo estético, que tem a possibilidade de estar relacionado a fatores hormonais e genéticos. Em outras palavras, ele investiga a situação da saúde do paciente como uma imagem geral.  

Diferentemente do esteticista, que fica responsável por tratar os problemas da pele, cabelos e unhas, mas de forma superficial, sem se concentrar nas causas desses incômodos, ou seja, seu tratamento é mais voltado para o problema em si.

Dessa forma, é possível definir alguns tratamentos e seus responsáveis. Logo, manchas de pele, pintas, caroços, ferimentos, acne, oleosidade, mudanças na cor da derme, excesso de pele, rugas e linhas de expressão e harmonização são deveres dos dermatologistas. 

Já a limpeza de pele profunda e especializada, cravos, tratamentos para linhas de expressão e melhora na oleosidade da pele ficam como responsabilidades dos esteticistas, mais especificamente, esteticistas faciais. 

O que fazer para se inserir na estética facial?

Seja a partir da mudança de carreira ou entrada no mercado de estética facial, é muito importante conhecer algumas ações que podem ser aplicadas e conseguem auxiliar quem deseja se inserir nesse ramo

É importante ressaltar que o mercado de estética e beleza é bem aquecido, ou seja, existem diversas oportunidades de entrada e de desenvolvimento, o que também acaba gerando alta concorrência.

Dessa maneira, torna-se imprescindível criar um planejamento para esse processo, investindo em qualificação e especialização, valorizando a oportunidade de fazer as pessoas se sentirem seguras e confiantes de fazerem o tratamento com você. 

Nesse sentido, vale destacar que, inicialmente, pode até ser interessante contratar uma terceirização de recepcionista especializada para ter o auxílio de alguém que pode amparar o serviço e já conhece sobre essa gestão.

Nesse contexto, a seguir, acompanhe uma análise de algumas práticas que são essenciais para quem deseja iniciar o investimento e entrar no mercado de estética facial.

O que fazer para se inserir na estética facial?

1 – Entenda o contexto

Antes de mudar de nicho ou iniciar em um novo, é vital definir qual o motivo para essa ação e todo o seu contexto. Existem diversas respostas, desde aumentar a lucratividade, aproveitar a oportunidade e insatisfação com o trabalho atual.

Independentemente da resposta, isso funcionará como o provedor de um objetivo para todas as próximas ações daquele indivíduo, além de uma maneira de criar um caminho de acordo com o que ele deseja.

O mesmo vale para quando uma pessoa deseja mudar de seu trabalho atual para fazer reformas comerciais. Ao definir que seu objetivo é fazer o que gosta, ela passará a se esforçar para sempre se aperfeiçoar e se tornar melhor, aproveitando todo o serviço.

2 – Invista no conhecimento

Quando se está entrando em um mercado completamente novo, há pouca bagagem por experiência adquirida para atrair os consumidores do produto ou serviço, o que obriga o profissional a mostrar ao máximo que é capacitado para o trabalho. 

Na área da estética, isso só acontece com a realização de cursos específicos, visitas a eventos que tratam do assunto e aquisição geral de informações sobre o assunto e as novas técnicas e tecnologias implementadas no trabalho. 

Por exemplo, para um novo profissional, seria interessante visitar um congresso de harmonização facial feminina como uma oportunidade de criar contatos no ramo, conhecer os novos produtos e aprender mais sobre as aplicações em geral. 

Sendo assim, quanto mais conhecimento um indivíduo adquire, mais credibilidade e segurança ele passará aos clientes, compensando o fato de estar entrando naquele momento no mercado e de possuir pouco ou nenhum tempo de experiência.

Além disso, esse tópico é fundamental para o próprio ingresso, fora a questão de adquirir clientes, uma vez que não é possível simplesmente iniciar o trabalho ou abertura de uma clínica se não se sabe quais as técnicas indicadas, quais equipamentos seguros e mais. 

Para isso, existe a possibilidade de realização de um curso técnico em estética, o qual possui um nível médio, mas possuindo foco no mercado de trabalho, capacitando o profissional sobre a realização de certos procedimentos, como limpeza facial. 

No entanto, se for o desejado, também existe a possibilidade de cursar estética em geral como uma graduação de nível superior, o que fornecerá mais recursos e possibilidades para atuação em maiores cargos, o que é mais indicado para estética facial. 

Sem a existência de uma dessas qualificações, não é possível atuar no mercado e nem passar segurança para os possíveis clientes, uma vez que nem o próprio profissional sabe especificamente o que está fazendo. 

Por exemplo, um funcionário que realiza limpeza de estofado, mas não sabe como realizar o processo em um sofá significa que ele não está preparado para o serviço, pois ele não tem ideia do que fazer e mais. O mesmo serve para a estética, é preciso ter formação.

3 – Analise e entenda o mercado

Após a criação de uma base sobre as próprias ações referentes ao serviço a ser realizado, é preciso que seja feita uma análise e um estudo do mercado e da demanda, pois essa será a forma de encontrar meios de se destacar em meio à concorrência. 

Assim, por exemplo, uma empresa de aluguel de salas possui alta concorrência, com todos oferecendo o mesmo serviço. Desse modo, ela deve entender que as outras possuem um atendimento demorado, podendo utilizar esse ponto como seu diferencial. 

Ou seja, ela pode investir nesse quesito, passando para os clientes um atendimento rápido e eficaz, fazendo com que eles encontrem um motivo para escolhê-la em meio à gama de opções disponíveis. Isso deve acontecer com qualquer negócio. 

3 - Analise e entenda o mercado

Portanto, além de mostrar os seus pontos de destaque, é importante entender os desejos de seus clientes, permitindo a entrega dos serviços que eles desejam adquirir, servindo como uma atividade muito mais assertiva. 

É importante conhecer quais procedimentos estão em alta procura pelos clientes, quais deles têm menos profissionais qualificados, investindo-se em um estudo de mercado que torna as estratégias as mais desejadas pelo público possível. 

Isso porque, um exemplo, se uma loja de uniformes personalizados entende que os seus consumidores estão procurando por roupas mais formais, ele investirá nisso, pois as vendas serão maiores, agradando mais os clientes e favorecendo seu desenvolvimento. 

4 – Invista no marketing 

O investimento no marketing é fundamental para qualquer profissional ou empresa, mas, ao ingressar em um novo mercado, ele se torna obrigatório para que futuros clientes passem a conhecer e se interessar pelo seu serviço. 

Para isso, as redes sociais surgem como uma ótima oportunidade, além de outros meios da internet, mas sem esquecer as opções offline, como a distribuição de panfletos ou cartões de visita.

Dessa maneira, é possível conhecer um número significativo de pessoas que já estão no meio, criando contatos, cultivando um bom networking e possibilitando o marketing boca a boca, que é fundamental no início. 

Esse último ponto porque, se um cliente testou um serviço de limpeza e se sentiu satisfeito com ele, o recomendará diretamente para os seus conhecidos, aumentando a credibilidade da afirmação, uma vez que o testou e gostou do trabalho. 

Procedimentos mais comuns nesse ramo

Na área da estética facial, existem inúmeros procedimentos realizados e todos com grande demanda. 

Contudo, existe uma pequena seleção que acaba recebendo maior destaque e com alta procura, que vão desde a famosa harmonização facial, peeling e aplicações de argila em geral, além de:

  • Micropigmentação;
  • Jato de plasma;
  • Eletrocautério;
  • Ultrassom microfocado;
  • Microagulhamento;
  • Luz pulsada;
  • Carboxiterapia.

Esses são apenas alguns exemplos dos procedimentos com procura alta no momento, mas os procedimentos podem variar consideravelmente com o tempo, devido às novas técnicas que surgem.

Considerações finais

A estética facial é uma área responsável por cuidar do bem-estar e da qualidade facial, garantindo qualidade de vida e a sensação de agradabilidade perante essa região, apresentando diversos procedimentos permitidos e realizados com alta variabilidade. 

Sendo assim, para profissionais ingressando nesse mercado, é imprescindível o conhecimento de algumas ações e suas consequências para que todo o processo seja realizado com tranquilidade e assertividade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilize o excel para organizar sua vida financeira

Utilize o excel para organizar sua vida financeira

Técnicas para organizar um evento de sucesso

Técnicas para organizar um evento de sucesso