in

Primeiros passos para quem deseja iniciar a vida profissional

Primeiros passos para quem deseja iniciar a vida profissional

Se você é estudante mas já está pensando em como construir uma carreira profissional sólida, saiba que essa é uma medida de grande importância. 

Isso porque, desde cedo, é fundamental que você comece a se planejar para o futuro, tendo no seu horizonte quais serão os passos que serão seguidos após a sua formatura no ensino médio. 

Ter dúvidas sobre em qual área seguir carreira é mais comum do que se imagina. Mas para que esse tipo de dilema não impeça você de tomar decisões assertivas, há uma série de recursos que podem ajudar na sua escolha. 

Saber com qual segmento você mais se identifica é indispensável para essa tomada de decisão. Afinal, é possível perceber, no passar dos anos escolares, em quais matérias você possui maior facilidade. 

Certamente, um profissional que atua com estação de tratamento de esgoto ete e gosta do que faz pode perceber uma afinidade maior com temas como o meio ambiente, ciências e biologia. 

Enquanto isso, um farmacêutico provavelmente teve maior identificação nas aulas de química, o que contribuiu para a sua escolha e formação na área em que trabalha.

Por isso, é possível dizer que os primeiros passos para quem deseja iniciar uma carreira profissional podem começar antes do que se pensava. Afinal, você terá uma jornada a ser percorrida até começar, enfim, a exercer a profissão escolhida. 

Para saber mais sobre o assunto e coletar dicas que podem ajudar nesse processo, siga na leitura deste conteúdo e consiga ter maior embasamento para a sua tomada de decisão.

Como se planejar para uma boa carreira profissional?Como se planejar para uma boa carreira profissional

É muito comum que os adolescentes que estão cursando o ensino fundamental ou médio ainda não tenham se imaginado em nenhum tipo de profissão. Mas esse é o momento ideal para começar a pensar e planejar uma boa carreira. 

Assim como há quem se imagine sendo um cirurgião dentista, também há quem prefira ser empresário e montar o seu próprio negócio de instalação de cerca elétrica

Independentemente de qual seja a área, é preciso se organizar e planejar quais passos devem ser seguidos para que o jovem consiga ter subsídios suficientes e tome as decisões corretas no tempo certo. 

Entre os elementos importantes dessa etapa estão:

  • A identificação pessoal com uma determinada área;
  • Fazer um teste vocacional;
  • A pesquisa sobre os cursos existentes;
  • Conhecer as melhores opções para seguir;
  • Entre outros pontos.

Identificação com uma área de atuação

Antes de sair apostando em vários tipos de formação, é indispensável que o jovem procure se identificar com um segmento, para então entender melhor sobre as suas opções. 

Se ele sabe como funciona uma sondagem a percussão, por exemplo, e se interessa por esse tipo de serviço, é importante que ele pesquise mais sobre o setor e entenda o que é preciso fazer para se formar nessa área. 

Fazer um teste vocacional

O teste vocacional sempre foi um ótimo meio para ajudar os jovens a descobrir a sua afinidade com possíveis profissões, ajudando-o a tomar a melhor decisão nesse aspecto da sua vida.

É possível encontrar algumas plataformas online que disponibilizam esse tipo de teste, porém, pode ser importante contar com a ajuda de um psicólogo que pode conduzir o estudante com uma análise individual e direcionada. 

Isso porque esse profissional pode auxiliar o jovem a entender melhor o segmento e conhecer as principais opções que ele tem dentro da área. Com isso, a tomada de decisão em relação à carreira pode ser muito mais proveitosa. 

Pesquisar os cursos existentes

Toda profissão exige uma formação técnica que possibilita a atuação do profissional de modo mais eficiente e adequado. 

Se um uma fábrica de quadro de comando eletrico precisa contratar funcionários para desenvolver novos produtos, certamente ela buscará por um engenheiro elétrico devidamente habilitado na área, para garantir a segurança e a qualidade dos seus itens. 

Por isso, se o jovem já sabe exatamente em que ele quer se formar, pesquisar os cursos da área para se preparar para o mercado de trabalho é fundamental para criar o seu planejamento. 

Conhecer as melhores opções

Se um estudante decidiu se tornar médico, ele deverá saber em qual especialidade ele quer obter o seu diploma, para que possa concluir os seus estudos adequadamente. 

Para isso, ele deve conhecer as opções que mais o agradam, além de escolher aquela que lhe traga melhores condições de atuação. 

Do mesmo modo, ao decidir ser empresário e criar o seu e-commerce, o proprietário precisa escolher se ele deseja criar um site especializado em artigos para o lar e vender capa para piscina, ou se ele prefere atuar no segmento de autopeças, por exemplo.

Conhecer as melhores opções dentro da sua área é uma das maneiras de planejar uma carreira bem sucedida. 

Como iniciar a sua carreira profissionalComo iniciar a sua carreira profissional

Depois de conhecer um pouco mais sobre como planejar uma boa carreira profissional, é fundamental saber como iniciar no mercado de trabalho, para ganhar experiência e maiores conhecimentos nesse período inicial. 

Toda essa preparação inicial é de grande importância para que o desenvolvimento dentro da sua área seja gradual e mais completo, ajudando inclusive a construir um networking para o futuro. 

Faça cursos profissionalizantes

Existem vários tipos de cursos profissionalizantes que podem contribuir para a formação do jovem. 

Entre eles, é possível mencionar: 

  • Contabilidade e finanças;
  • Marketing;
  • Administração;
  • Finanças;
  • Gestão;
  • Entre outros. 

Esse tipo de aperfeiçoamento pode ajudar tanto a quem quer começar um negócio de fabricação de toldo de policarbonato, como para um futuro advogado que planeja abrir  um escritório de advocacia

Isso porque essas são áreas importantes dentro de qualquer empresa, e podem ser de grande valor para a formação de um profissional com uma visão de mercado bastante ampla, que será valorizada dentro das empresas. 

Faça cursos livresFaça cursos livres

Os cursos livres também podem ser indispensáveis para quem quer ampliar as suas habilidades e poder utilizá-las em diversas frentes no seu trabalho. 

Vale lembrar que esse tipo de curso não exige formação mínima, e pode ser feito por qualquer pessoa que tenha interesse. 

Alguns exemplos são: idiomas, moda, tecnologia da informação, design, comunicação, gastronomia, estética, etc.

Com esse tipo de curso, é possível desenvolver conhecimentos mais técnicos, que podem ajudar o profissional a aprender a configurar uma central de alarme de incêndio endereçável, caso ele goste de tecnologia. 

Do mesmo modo, um curso de idioma como o inglês pode contribuir positivamente para a formação do profissional, e poderá ser utilizado futuramente em diversas etapas da vida profissional.

Faça uma graduação

Entrar na faculdade sempre foi o desejo de muitos jovens, que veem nesse tipo de ensino uma oportunidade de alcançar uma boa carreira. Os cursos de graduação podem ser iniciados após a conclusão do ensino médio. 

Para ingressar na faculdade, é preciso fazer um vestibular, onde os candidatos que obtiverem as melhores notas são selecionados para ingressar na graduação escolhida. 

A duração dos cursos de graduação podem variar de acordo com a área escolhida e com a instituição de ensino. 

Afinal, a grade curricular desses estabelecimentos são desenvolvidas internamente, seguindo uma base pré-definida do que deve ser cursado pelo estudante.

Assim, um engenheiro que queira atuar desenvolvendo peças industriais, como uma válvula de segurança, pode cursar uma graduação pelo período de 5 anos, em média.

Caso ele queira se especializar ainda mais, há cursos de pós-graduação e de mestrado, que trazem ainda mais peso para o currículo do profissional.

Tenha uma experiência profissional durante seus estudos

Um dos passos mais importantes para quem quer começar a sua carreira profissional é conseguir uma experiência dentro da área em que pretende atuar. 

Para isso, existem três tipos de programas principais: o de jovem aprendiz, os estágios e o trainee. 

O jovem aprendiz é um programa que tem como base a Lei 10.097/00, que capacita pessoas com idades entre 14 e 24 anos, com um contrato de duração máxima de 2 anos. 

Ele funciona como uma contratação normal, onde o funcionário recebe uma remuneração mensal e deve estar dentro de um cargo que tenha relação com o tipo de curso em que ele está matriculado.

Os estágios podem ser obrigatórios ou não, de acordo com a sua área. Há cursos na graduação, por exemplo, que exigem um cumprimento determinado de horas para que o estudante obtenha o seu diploma. 

Esse tipo de programa é importante para adquirir experiência, e o participante pode receber uma bolsa-auxílio, assim como benefícios para o transporte e alimentação. 

Já o programa de trainees recruta jovens recém-formados para atuação dentro de grandes empresas, onde ele poderá obter experiências importantes para a sua carreira. 

Nesses casos, o pagamento recebido é integral, assim como os outros direitos previstos no contrato CLT (como férias, 13º salário, etc). A duração de um trainee pode ser de até dois anos, e se o desempenho do profissional for bem avaliado, ele pode continuar na empresa. 

Depois de entender um pouco mais sobre como deve ser a preparação para a vida profissional, é possível que o jovem possa se formar adequadamente e, assim, conquistar um bom emprego no mercado de trabalho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Você gostou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

Comments

comments

Cursos em 2020

Quais são os temas mais em alta para cursos em 2021?

o que é feedback

O que é Feedback? Confira 3 Dicas!